Rondônia, - 07:20

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Notícias da Amazônia
Cerca de 100 pessoas caminham pelo fim da violência contra a mulher, em Manaus
O evento, realizado mundialmente, ocorreu na manhã deste domingo (8), no Complexo Turístico da Ponta Negra
Publicado Segunda-Feira, 9 de Dezembro de 2019, às 09:39 | Fonte D2AM 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

(Foto: Divulgação)

Em Manaus, caminhada pelo fim da violência contra a mulher reuniu cerca de 100 pessoas

 Com o objetivo de chamar atenção para o fim da violência contra a mulher, o Grupo Mulheres do Brasil, em Manaus, realizou uma caminhada, na manhã deste domingo (8), no Complexo Turístico da Ponta Negra, zona oeste da cidade. O evento é mundial e ocorre de maneira simultânea, tanto no Brasil quanto no exterior.

Na capital amazonense, cerca de 100 pessoas participaram da caminhada. De acordo com a líder do grupo em Manaus, Fabiana Souza, o objetivo é trazer para as ruas os números alarmantes de violência contra a mulher.

“Hoje, a cada duas horas, uma mulher é morta no Brasil, e nós precisamos dar um basta. Então, nós trouxemos pessoas de outros núcleos e grupos, que se juntaram ao Grupo Mulheres pelo Brasil para fazer essa caminhada. Inclusive pessoas que passaram por essa situação de violência”, disse.

Além da ação realizada neste domingo, o grupo costuma se reunir mensalmente, levando conhecimento, educação e empreendedorismo. “Trabalhamos, também, com uma maneira de acolhimento para que ela se sinta mais segura para denunciar, se manter economicamente, até para sair desse ciclo com o agressor”, acrescentou.

A deputada estadual Joana Darc (PL) participou da caminhada e destacou a importância de falar sobre o assunto, para orientar e chamar atenção da sociedade.

“Inclusive, aqui nós conversamos com a família de uma jovem de Tefé, que sofreu violência. As pessoas estão detidas, mas tem a necessidade de provas. Ou seja, aqui na capital acontece muito a violência (contra a mulher), mas no interior acontece muito mais. Então, isso aqui é importante: mulheres e homens falando que isso não é legal, que é crime e deve ser punido”, afirmou.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Justiça Federal decreta prisão preventiva de quarteto que transportou 3,5 kg de cocaína dentro do corpo em Belém
O quarteto foi detido em flagrante no Aeroporto Internacional de Belém, durante voo com destino a Caiena, capital da Guiana Francesa...


Conjunto Boas Novas recebe ação socioambiental
A ação foi promovida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) ...


Festival Imagem-Movimento vai exibir mais de 40 filmes de graça em Macapá; confira sessões
Programação inicia no domingo (26) e acontece ao longo de uma semana na capital ...


Mulher é atropelada na estrada AM-010
A vítima morreu no local; o motorista do veículo, não identificado, não prestou socorro ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE