Rondônia, - 00:06

 

Você está no caderno - Porto Velho
Porto Velho
Semusa intensifica combate à dengue, zika e chikungunya
Os meses de novembro a maio são considerados o período epidêmico para as doenças transmitidas pelo mosquito
Publicado Segunda-Feira, 2 de Dezembro de 2019, às 18:45 | Fonte Prefeitura de Porto Velho 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Comdecom

O cronograma de atividades educativas da gestão Hildon Chaves para fortalecer a saúde preventiva no município de Porto Velho está priorizando neste período, o combate ao mosquito Aedes aegypti que transmite a dengue, a zika e chikungunya.

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, está realizando diversas ações que visam alertar à população para que neste período de chuva e calor sejam eliminados todos e quaisquer recipientes que possam acumular água.

Segundo a secretária municipal de saúde, Eliana Pasini, os agentes de combate à endemias estão orientando para que a comunidade ajude a evitar a proliferação do vetor com a entrega de material explicativo e sacolinhas de lixo para veículos.

Entre as orientações transmitidas ao público, está o cuidado para que as embalagens de presentes, de alimentos, latas e garrafas neste tempo chuvoso não se tornem possíveis criadouros do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Todos contra o mosquito

A Sala Nacional de Coordenação e Controle (SNCC) do Ministério da Saúde orientou estados e municípios a realizarem atividades para instruir as comunidades sobre a importância da prevenção e combate ao Aedes aegypti.

Porto Velho, além de seguir a orientação, tomou outras medidas, como por exemplo, garantir melhores condições de trabalho para os servidores que atuam nessa área.

O prefeito Hildon Chaves entregou recentemente uniformes para agentes de combate a endemias do Departamento de Vigilância em Saúde da Semusa.

A mobilização nacional visa mostrar que a união de todos, governo e população, é a melhor forma de derrotar o vetor, principalmente nos meses de novembro a maio, considerados o período epidêmico para as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Neste período, o calor e as chuvas são condições ideais para sua proliferação.

Comdecom





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Porto Velho


Procurador-Geral do MPRO participa de reuniões em Brasília e do I Congresso de Enfrentamento à Corrupção do CNMP
O Procurador-Geral de Justiça, Aluildo de Oliveira Leite, participou na tarde desta terça-feira (10/12) da última reunião ordinária do......


Comarca São Miguel do Guaporé promove palestra sobre abandono intelectual de crianças e adolescentes
A importância da família para a formação dos indivíduos foi o tema da palestra proferida pela psicóloga Thayssa de Oliveira......


Quatro homens são presos com 14 identidades falsas para aplicar golpes em Vilhena, RO
Dentro do carro ocupado pelos suspeitos, polícia encontrou indícios que o grupo cometia golpes em Porto Velho. Quarteto foi enquadrado nos crimes de associação criminosa e uso de documento falso...


Fofão está internado no Santa Marcelina e pede ajuda
O autônomo Claudenor Silva Nascimento, 41 anos, conhecido por ´Fofão´ na zona Leste da cidade, enviou hoje pelas......

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE