Rondônia, - 04:25

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
PM maltês vai continuar no cargo até investigação sobre morte de jornalista estar concluída
Garantia do primeiro-ministro maltês surge três dias depois de ter admitido que também poderia demitir-se caso se apurasse algum tipo de relação entre si e o assassínio do jornalista Daphne Caruana Galizia, em 2017
Publicado Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, às 10:53 | Fonte LILIANA COELHO 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

GETTY IMAGES

Depois de três demissões esta semana na sua equipa, o primeiro-ministro de Malta Joseph Muscat garantiu que vai continuar no cargo até a investigação sobre o homicídio da jornalista Daphne Caruana Galizia, em 2017, estar concluída.

“Continuarei em funções até a investigação estar concluída. É esse o meu dever”, declarou o governante, três dias depois de ter admitido que também poderia demitir-se caso se apurasse algum tipo de relação entre si e o assassínio do jornalista.

O anúncio foi feito durante a madrugada desta sexta-feira após uma reunião de emergência com os membros do seu gabinete que se prolongou pela noite fora para discutir se se devia dar um indulto a um empresário que foi detido na semana passada por suspeitas de ser o autor moral do homicídio da jornalista Daphne Caruana Galizia.

Foi decidido, por unanimidade, que não será dado um perdão presidencial ao empresário Yorgen Fenech, que tinha apelado a um indulto comprometendo-se a dar mais informações sobre alegados cúmplices no crime. “Deixei a decisão final com os meus colegas, que decidiram que não seria apropriado dar o indulto”, declarou o primeiro-ministro maltês no final da reunião.

Em plena crise política, demitiram-se na terça-feira o chefe de gabinete do primeiro-ministro maltês assim como o ministro do Turismo, Conrad Mizzi e o ministro da Economia, Chris Cardona.

Daphne Caruana Galizia, de 53 anos, era uma conhecida jornalista que investigava casos de corrupção que envolviam políticos e empresários em Malta. Morreu em outubro de 2017 após terem sido colocados explosivos no seu automóvel.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Polícia suíça acredita ter identificado dois espiões russo em Davos
Os dois homens - que apresentaram passaportes diplomáticos - diziam ser canalizadores de férias, mas o longo período em que se mantiveram num resort de luxo levantou suspeitas ...


Remédios já existentes podem ajudar no tratamento de câncer
Novos medicamentos para o tratamento de câncer, talvez, já estejam por aí...


Deputado iraniano oferece três milhões de dólares a quem matar Trump
Um político de Kerman, a terra natal do general iraniano Qassem Soleimani morto num ataque aéreo norte-americano, anunciou a recompensa em nome dos três milhões de habitantes da província...


Brasileiros e colombianos se unem para recolher lixo na praia de Deerfield Beach
No último domingo (19), um grupo de brasileiros e colombianos – liderado por Fabrício Nobre, pela escritora Danny Bastos e pelas colombianas......

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE