Rondônia, - 05:22

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Tribunal da Escócia rejeita suspensão do Parlamento britânico
O governo britânico, no entanto, anunciou que irá recorrer da decisão na Suprema Corte de Londres
Publicado Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, às 11:49 | Fonte Renova Mídia 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação/ Internet

O mais importante tribunal civil da Escócia declarou, nesta quarta-feira (11), ilegal a suspensão do Parlamento do Reino Unido.

A medida de suspender a atividade dos parlamentares foi tomada pelo premiê britânico Boris Johnson com o intuito de impedi-los de tentar barrar a saída do país da União Europeia sem um acordo na data atualmente prevista, que é em 31 de outubro.

A decisão escocesa anula uma sentença anterior do mesmo tribunal, que tinha afirmado que o primeiro-ministro não havia infringido a lei ao suspender o Parlamento.

Porém, a decisão do Tribunal não afetará de imediato o fechamento da Casa, que teve seu último expediente na segunda-feira (9).

Tarciso Morais





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Coronavírus já matou mais pessoas na China do que a SARS no mundo todo
O surto de coronavírus já foi comparado várias vezes à epidemia de SARS .......


Migrações: Salvini insiste que defendeu Itália ao bloquear migrantes no Mediterrâneo
Ex-ministro italiano alega que é uma loucura a sua possível comparência perante os tribunais, questionando quanto custa em dinheiro demonstrar que é um criminoso. Matteo Salvini, líder do partido de extrema-direita Liga, afirma não ter medo de expl...


Um ano e meio depois, Áustria volta a baixar limite de velocidade nas autoestradas
Limite de 140 km/hora tinha sido imposto em agosto de 2018, mas volta agora aos 130 km/hora. Ministra do Meio Ambiente anunciou a decisão...


Províncias separatistas do leste da Ucrânia com estatuto indefinido cinco anos após os acordos de Minsk
Após a anexação da península da Crimeia pela Rússia em março de 2014, não reconhecida pelas instâncias internacionais, iniciaram-se os confrontos nas regiões de Lugansk e Donetsk...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE