Rondônia, - 12:40

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Notícias da Amazonia
Após programa na TV RECORD, MPE determina criação de força-tarefa para Coari
O documento foi assinado, nesta segunda-feira (12), pela procuradora-geral de Justiça, promotora Leda Mara Nascimento Albuquerque
Publicado Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, às 09:19 | Fonte D2 AM Amazônia 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

(Foto: Arquivo GDC/Danilo Mello)

O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, está preso por aliciamento de menores e seu filho é o atual prefeito da cidade 

 A procuradora-geral de Justiça do Ministério Público do Estado (MPE-AM), Leda Mara Nascimento Albuquerque, determinou, nesta segunda-feira (12), que fosse criada uma força-tarefa para apurar os crimes de corrupção em Coari (a 363 quilômetros a oeste de Manaus). A determinação foi assinada um dia após o programa ‘CÂMERA RECORD’, da TV RECORD, ter veiculado uma matéria de cunho nacional sobre os mandos e desmandos da família Pinheiro, naquela cidade.

De acordo com a Portaria nº 2259/2019, Leda Mara estabelece que o grupo de trabalho terá como objetivo “atuar nos feitos judiciais e extrajudiciais das 1ª e 2ª Promotorias de Justiça da Comarca de Coari”. Ainda segundo o documento, a força-tarefa deverá ser coordenada pelo promotor Weslei Machado Alves e composta pelos promotores Leonardo Tupinambá do Valle, Fabrício Santos Almeida, Fábia Melo Barbosa de Oliveira e Gabriel Salvino Chagas do Nascimento.

Conforme a portaria, o prazo estabelecido pela procurado-geral de Justiça do Estado para que os trabalhos sejam concluídos é de 60 dias.

Escândalo

O ex-prefeito de Coari, Adail Pinheiro, e seus familiares foram tema de uma reportagem especial exibida, neste domingo (11), no programa ‘CÂMERA RECORD’, da TV RECORD. A matéria apresentou esquema de corrupção que, segundo o programa, retirou milhões dos cofres públicos da cidade que é rica em petróleo.

Adail Pinheiro, atualmente, cumpre pena após condenação por corrupção e aliciamento de menores no município de Coari. Atual prefeito da cidade, Adail Filho, filho dele, é acusado de desviar dinheiro público para os amigos, e a irmã dele, a médica Mayara Pinheiro, foi eleita deputada estadual, nas Eleições de 2018, sendo a mais votada no Amazonas.

Bruno Mazieri





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Investigados por cobrarem propinas em obras em rodovias do AP viram réus na Justiça Federal
Ex-gestores e empresários são suspeitos de manterem esquema. Obras não eram fiscalizadas como deveriam, segundo a PF. Operação Pedágio foi deflagrada em junho...


Homem é assassinado com tiro no peito durante discussão em fazenda
Crime aconteceu em São Bento do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. Suspeito fugiu e não foi localizado pela polícia...


Idosa morre com suspeita de dengue grave no interior do Acre e Saúde investiga caso
Exame, que sai em até 15 dias, deve confirmar causa da morte. Se confirmada, essa vai ser a segunda morte por dengue grave em menos de um mês em Cruzeiro do Sul, interior do Acre...


Energia é restabelecida após pane na linha de transmissão em Tucuruí
O abastecimento foi normalizado nesta terça-feira por volta das 6h17. Sete municípios ficaram sem energia...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE