Rondônia, - 08:13

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Três orcas em cativeiro na Rússia transportadas rumo à libertação
Os animais estavam destinados a serem vendidos para o estrangeiro, nomeadamente parques aquáticos na China
Publicado Quinta-Feira, 11 de Julho de 2019, às 11:57 | Fonte Expresso – Portugal 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

DMITRY YEFREMOV/GETTY IMAGES

Três orcas mantidas em cativeiro durante meses em tanques no extremo oriente da Rússia foram esta quinta-feira carregadas em camiões especiais com vista à libertação, noticia esta quinta-feira a AFP.

A divulgação, em fevereiro, de fotografias de 11 orcas e 93 belugas amontoadas desde 2018 em pequenas piscinas perto da vila de Nakhoda, a 200 quilómetros de Vladivostok, desencadeou uma vaga de protestos internacionais.

Os animais estavam destinados a serem vendidos para o estrangeiro, nomeadamente para parques aquáticos na China. No final de junho, um primeiro grupo de duas orcas e seis belugas foi transportado a cerca de mil quilómetros e deixado em liberdade no ambiente natural no mar de Okhotsk, no Oceano Pacífico.

Os três mamíferos retirados esta quinta-feira dos tanques deverão conhecer a mesma sorte. Segundo a agência francesa, os mergulhadores intervieram nas piscinas, onde usaram redes para içar as três orcas e colocá-las a bordo dos camiões dotados de aquários.

Gritos de outros cetáceos mantidos noutros tanques foram audíveis. A imprensa não foi autorizada a entrar na instalação. Quando da primeira operação de libertação, os especialistas denunciaram a ausência de uma observação independente.

De acordo com os cientistas, o grupo de orcas deveria ter sido libertado em conjunto porque se relacionou durante a detenção. Mas o Instituto de Oceanografia da Rússia, que supervisionou as libertações, considerou esta possibilidade muito onerosa.

Uma petição no site change.org a exigir a libertação dos animais recolheu mais de 1,5 milhões de assinaturas, entre as quais as de celebridades como o ator norte-americano Leonardo DiCaprio.

A Rússia é o único país no mundo a autorizar a captura e a venda de orcas e de belugas para aquários, uma prática controversa tornada possível graças a falhas jurídicas que as autoridades prometeram corrigir.

LUSA
 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Irã anuncia prisão de 17 espiões dos Estados Unidos
O Irã anunciou nas últimas horas a prisão de 17 iranianos que estariam trabalhando como espiões para a CIA, a agência de inteligência dos Estados Unidos......


Boris Johnson é o novo primeiro-ministro britânico
O ex-ministro do Exterior britânico Boris Johnson foi eleito nesta terça-feira (23) como sucessor da premiê Theresa May na liderança do Partido Conservador......


FocusEconomics prevê estagnação económica em Angola este ano
Segundo a FocusEconomics, o crescimento angolano estará em baixa devido ao aumento das importações e da queda do setor petrolífero. Em 2020, prevê-se um aumento de 1,6% do PIB....


Coreia do Sul acusa Japão de violar lei internacional
Governo japonês restringiu exportações de tecnologia ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE