Rondônia, - 21:12

 

Você está no caderno - Artigos
Rondônia dá exemplo ao País
Novo Hospital de Pronto Socorro une autoridades e políticos
 Para esses, a dica é: parem de ler agora mesmo! Porque, na verdade, o que vai se falar é de algo extraordinário, muito positivo, que está acontecendo por esses lados da Terra de Rondon
Publicado Sábado, 8 de Junho de 2019, às 14:49 | Fonte Sérgio Pires 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Reprodução

Sérgio Pires

Péssima notícia! A coluna abre nesta sexta, avisando aos que gostam de saber  só de coisas ruins, que vivem torcendo pelo pior; que adoram conflitos e guerras; que querem ver o circo pegar fogo, que aqui, hoje,  eles não vão ter o que ler.  Para esses, a dica é: parem de ler agora mesmo! Porque, na verdade, o que vai se falar é de algo extraordinário, muito positivo, que está acontecendo por esses lados da Terra de Rondon. Como há uma galera que odeia boas notícias e prefere tragédias, mortes, violência, sangue exposto; que apaga incêndio com gasolina, ler algo positivo pode não fazer bem. Porque a quinta-feira foi histórica.

 

No Palácio do Governo (o nome foi mudado para Rio Madeira, mas o povão só chama de CPA, como era chamado quando construído, nos tempos de Ivo Cassol), num encontro entre o Governador do Estado; o presidente da Assembleia Legislativa; o presidente do Tribunal de Contas; pelo menos mais onze deputados estaduais e uma dezena de meia de jornalistas, não se ouviu uma só má notícia. Todos, sem exceção, se uniram pela construção do novo hospital de Pronto Socorro da Capital. Marcos Rocha chorou, de alegria. O secretário de saúde Fernando Máximo chorou várias vezes, comemorando. Laerte Gomes, que está se mostrando um Presidente diferenciado da Assembleia, não só anunciou apoio financeiro ao projeto, como já agiu, avançando o assunto na prática, ao levar, pronto, um anteprojeto (aprovado antecipadamente por unanimidade, pelos 24 deputados) que criará o Fundo Heuro, para captar recursos públicos e privados para o novo hospital. Edilson Silva, o dedicado presidente do TCE/RO, que deu um exemplo nacional, abrindo mão de uma verba de 75 milhões de reais, economizada em 10 anos, doando-a para o Pronto Socorro e para o Iperon, também só tinha palavras de apoio, solidariedade, união de esforços de todos.

 

Os olhos da classe política rondoniense, ao menos em nível de Estado, saíram de todos os aspectos negativos que poderiam estar encarando, para se concentrar em algo que será muito bom para o povo rondoniense. Anda bem que por aqui ainda temos esse tipo de informação positiva para comentar. É sinal de que nem tudo está perdido...  Aos pessimistas, aos que adoram coisas ruins para comemorar; aos que acham que quanto mais coisas negativas existirem, melhor será e que ainda leram até aqui, uma palhinhas de más notícias reais: mesmo com a construção do novo Hospital de Pronto Socorro, os graves problemas da saúde pública não serão sanados. Haverá muitos outros desafios, muitas outras deficiências a superar...

 

PROCURANDO OUTRA LEITURA

 

Num Estado que ainda  é jovem, onde a maioria das cidades carece de quase tudo (a Capital, por exemplo, tem algo muito perto de zero de esgoto sanitário e ele corre a céu aberto, em praticamente todas as ruas), não se vislumbra uma saúde pública à altura das necessidades da população, ao menos a curto prazo.  Mas o novo Hospital é sim, vital para a coletividade. Mais que isso, ele é simbólico. Quando um Tribunal de Contas deu o seu dinheiro, conquistado à duras economias, para atender as demandas da população? Quando os deputados, a partir de cintos apertados, de renúncias a benefícios e algumas mordomias, tão inerentes ao serviço público,  que resultou numa economia de mais de 30 milhões de reais, abriram mão de muitas coisas, para ajudar o Estado a dar um passo importante na melhoria de vida da população? Marcos Rocha recém assumiu o Governo. Começou com dificuldades, ainda está aprendendo muitas coisas, mas, ao que parece, sua sinceridade, a lisura de suas ações e a humildade de dizer que precisa de todos para governar, o aproximaram dos poderes e cada vez mais da população. Temos sim, boas  notícias. Mas não se pode negar que as más captam muito mais o interesse. Então, quem não gosta de coisas boas, pode procurar outra leitura. Aqui, quando elas acontecerem, sempre serão destacadas!

 

O CLIMA ESTÁ BEM MELHOR...

 

Por falar em deputados, é notório que o clima e o relacionamento com o Executivo melhorou de forma  muito acentuada. Basta uma comparação, para se chegar a essa conclusão. Na primeira quinzena de abril, quando Marcos Rocha comemorou seus 100 dias de governo, numa coletiva à imprensa, além dos seus secretários e assessores, havia apenas dois deputados presentes. Um deles, o líder do governo na Assembleia. Nessa quinta, quando a pauta era a parceria para a construção do novo hospital, nada menos do que 12 parlamentares (o presidente Laerte Gomes e mais 11), compareceram ao Palácio Rio Madeira/CPA. Lá estiveram o próprio Eyder Brasil, líder do Governo; Alex Redano, Jair Montes, Jean de Oliveira,  Cássia das Muletas, Chiquinho da Emater, Ezequiel Neiva, Ismael Crispim, Marcelo Cruz, Rosângela Donadon e Adailton Fúria.  Ficou claro, no discurso de Laerte e na confraternização de Rocha com vários deputados, que o clima hoje é muito melhor. Quem estava satisfeito, com a presença de tantos parlamentares era o chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, que está trabalhando na melhoria das relações entre os poderes e, inclusive, foi elogiado pelo presidente da Assembleia.  

 

UM DOENTE MENTAL ENTRE AS MULHERES

Há! Enfim, algo ruim, para os adoradores das coisas ruins. E a informação não poderia ser pior. Relaciona-se com o João Paulo II, sempre superlotado, sempre hiperlotado. Nessa semana, quando os corredores voltaram a serem ocupados por um número impressionante de doentes (infelizmente a maioria eram mulheres), um presidiário, com problemas mentais, foi colocado no meio delas. E o que ele fez?  Isso mesmo que você pensou: começa a se masturbar ali mesmo, cercado por várias senhoras, todas desesperadas com a cena dantesca. Sem ser incomodado, sem ter o acompanhamento de uma autoridade policial ou um agente penitenciário, embora acorrentado à cama, o sujeito praticou o ato libidinoso em meio à várias mulheres doentes, desesperadas, porque ainda esperavam atendimento em algum lugar apropriado, já que estavam no corredor do hospital. Como se coloca um marginal, condenado e cumprindo pena, com problemas psiquiátricos, ou seja, um risco para todos, já que não estava sob vigilância correta? Tem que se investigar e ir a fundo no assunto, até para que ele jamais se repita.

 

DANIEL: CANDIDATO PELO SOLIDARIEDADE

Foram 16 anos no Partido dos Trabalhadores, o hoje encolhido PT. De 1987 a 2003. Daí, a primeira mudança, para outros 16 anos na mesma sigla, o PSB. Enfim, Daniel Pereira, ex deputado e ex governador do Estado, está mudando pela terceira vez, em mais de três décadas, de militância política e oito eleições disputadas. Convidado pelo empresário Tiziu Jidalias, de Ariquemes, até agora a principal liderança do partido, Daniel não só ingressou no Solidariedade, como ainda chega como seu principal nome e novo presidente regional. Antes de anunciar a decisão, ele tentou falar com seu amigo pessoal de longos anos e correligionário até agora o deputado federal Mauro Nazif. Não conseguiu. Informou por mensagem que tinha tomado a decisão de deixar o PSB. Recebeu uma resposta elegante, lamentando a saída, mas desejando  sucesso. Nazif sabe que seu partido perde uma liderança importante e, mais que isso, se ele, Nazif, desejar disputar a Prefeitura da Capital novamente, terá Daniel entre seus adversários. O ex governador não confirma oficialmente, até porque é muito cedo, mas ele entrará sim na disputa por Porto Velho, em 2020. Paulinho da Força, o principal nome do Solidariedade, veio nesta quinta a Capital, para dar as boas vindas ao novo membro da sigla. Daniel já tem um novo partido para chamar de seu...

 

DAMARES DENUNCIA A PODRIDÃO

Cinco milhões de reais para um estudo, um diagnóstico sobre a situação dos jovens negros no Brasil. Das 41 mil crianças desaparecidas no país por ano, o sistema nacional, tão alardeado, conta com registros de apenas 69 casos. Uma escrivaninha que custou 22 mil reais. Um projeto com custo de 44 milhões de reais para a criação  de uma crypto moeda indígena, ou seja, uma moeda virtual para os índios. Cinquenta minutos para ser atendido no Disk 100, aquele número tão berrado pelo governo passado, para ser utilizado em denúncias contra maus tratos às crianças. Essa é só a ponta do iceberg da podridão, encontrado e denunciado pela ministra Damares Alves, do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. O vídeo com o que ela falou, numa comissão da Câmara, onde petistas e opositores tentavam diminuir seu trabalho, explodiu nas redes sociais. Nesta quinta, durante o programa Papo de Redação, na Rádio Parecis FM, dezenas e dezenas de ouvintes, que tiveram acesso às denúncias (você pode ver no link https://youtu.be/daejorm4trE), se solidarizaram com Damares e protestaram com veemência sobre os absurdos praticados nos governos do PT. A ministra, aliás, será entrevistada pelos Dinossauros nesta sexta, a partir do meio dia, no famoso Papo de Redação. Imperdível.

UM PRÊMIO AOS CANALHAS

É uma pena que as leis brasileiras protejam criminosos, que sejam tão moles para punir exemplarmente quem comete delitos, muitos deles covardes, usando de violência e, mesmo pegos, sempre têm penas suaves e módicas. O caso dos dois marginais (um deles dizendo-se aluno) que incendiaram o carro de um professor, semanas atrás, em frente à escola Flora Calheiros, na zona leste, é sintomático. Entristece pela falta de punição à altura do delito. Os dois que praticaram o crime foram descobertos, depois de uma investigação policial. Um deles é aluno da escola, daqueles “devezemquandário”, ou seja, vai à escola eventualmente, na maioria dos casos para infernizar a vida dos outros e esculhambar as aulas. Quando começou a conversar no celular, durante a aula e foi admoestado pelo professor, sentiu-se ofendido e partiu para a vingança. Chamou um mau caráter, igual a ele, jogou gasolina no veículo e o incendiou. Pegos, os marginais vão responder por um delito menor e em liberdade. É uma vergonha e um incentivo a outros  criminosos, que já sabem que podem fazer o mesmo, porque jamais receberão o castigo que merecem. Se poderia esperar que, ao menos a dupla de safados fosse obrigada a pagar o prejuízo que causou ao pobre professor. Claro que isso não vai acontecer. Aliás, a vítima tem que agradecer por não ser processada, por ter dado duro num meliante, dentro da sua sala de aula. É esse o nosso Brasil, cada vez pior! Lamentável

O  PSL DE OLHO NA CAPITAL

O deputado Eyder Brasil, líder do governo na Assembleia, é o presidente do diretório municipal do PSL. Ele organiza reunião para composição do partido, chamando membros e simpatizantes, num encontro agendado para o próximo dia 17, a princípio num dos auditórios da Assembleia Legislativa. Eyder sonha em ser o nome do partido de Marcos Rocha e de Jair Bolsonaro, na disputa pela Prefeitura de Porto Velho. Ele acredita firmemente que tanto o governo de Bolsonaro quanto o do Coronel terão grande sucesso e, obviamente, quem estiver ao lado deles, no ano que vem, tem grandes chances de ter a simpatia da maioria do eleitorado. Egresso do Exército, Eyder chegou a disputar uma vaga como vereador, mas não teve sucesso. Quando Bolsonaro surgiu como uma espécie de cometa, levando consigo dezenas de candidaturas, Eyder seguiu pelo mesmo caminho, conseguindo uma votação expressiva para seu primeiro mandato como deputado estadual. Agora, a intenção é unir o partido em torno do projeto de eleger o Prefeito. E, claro, é intenção dele ser o indicado para a missão. A batalha está começando agora.

PERGUNTINHA

Você acha que a ministra Damares Alves está exagerando ao apresentar tantas denúncias, apenas em sua pasta, por atos escusos que teriam sido praticados no governo passado ou acha que vem muito mais podridão por aí?  





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Artigos


Musa do festival de Praia de Costa Marques + Alunos da escola Castelo Branco na Oficina de Teatro
O Palco Giratório do Sesc 2019, que está sendo a´presentado em Porto Velho desde o último dia 7 de setembro e vai até o próximo dia 27,.....


Entenda a crise na saúde + A decisão do TSE é justa? + Contribuinte vai pagar por crime eleitoral + Um super star amigo de Rondônia
ENTENDA A CRISE NA SAÚDE, DAS EXIGÊNCIAS DOS ÓRGÃOS FISCALIZADORES, AO PONTO ELETRÔNICO E AOS BAIXOS SALÁRIOS ...


Lenha na Fogueira
Hoje é praticamente a última noite da XXXVII Mostra de Quadrilhas e Bois-Bumbás...


Mais um round sobre a guerra comercial EUA x China
Há tempos, viemos apresentando nessa Coluna diversos episódios da “queda de braço” entre os EUA x China, principalmente em função das recorrentes declarações ásperas de Donald Trump em relação àquela potência asiática......

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE