Rondônia, - 06:39

 

Você está no caderno - Esportes
Esportes
Toto Wolff afirma ver margem para evolução no carro da Mercedes
As cinco dobradinhas nas cinco primeiras provas da temporada da Fórmula 1 não parecem ter acomodado a Mercedes quanto ao desempenho dos carros de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton.
Publicado Quarta-Feira, 15 de Maio de 2019, às 09:33 | Fonte Gazeta Esportiva 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Toto Wolff pregou respeito aos rivais mesmo com o início de temporada arrasador (Foto: Divulgação)

 

As cinco dobradinhas nas cinco primeiras provas da temporada da Fórmula 1 não parecem ter acomodado a Mercedes quanto ao desempenho dos carros de Valtteri Bottas e Lewis Hamilton. Prestes a entrar na pista com a nova unidade de potência, a equipe alemã deve apresentar melhorias para corrigir pequenos problemas, que até então não afetaram os resultados.

Em entrevista concedida ao site Motorsport, o diretor executivo da Mercedes, Toto Wolff, revelou que há margem para evolução no carro da Mercedes a fim de melhorar ainda mais o desempenho e tentar manter a supremacia apresentada em relação aos adversários nas primeiras corridas da temporada.

“Há mais desempenho por vir com a nova unidade de potência, mas com o regulamento amadurecido, não serão avanços imensos como vimos no passado. Mas ainda assim, teremos algum ganho, fruto do trabalho que está sendo feito no motor número dois”, disse Wolff. “Nós sentimos que, com o conceito que desenvolvemos nas asas dianteiras, teremos mais potencial de longo prazo, com o risco de enfrentarmos alguns problemas no curto prazo”, completou.

Única equipe a vencer provas nos cinco primeiros Grandes Prêmios da temporada, a Mercedes é o time a ser superado no restante do ano. Porém, a diferença apresentada até então pode fazer com que os rivais, principalmente a Ferrari, mudem algo conceitual no carro. Prevendo novidades, Wolff pregou respeito aos concorrentes.

“Ambos os times têm os recursos e as ferramentas que poderiam facilmente fazê-los voltar ao jogo. Nós vimos um fim de semana em Barcelona que foi provavelmente um dos mais fortes que já tivemos em sete anos. Mas nós ainda estamos oscilando nas manchetes. Se a Ferrari tiver um fim de semana mais forte do que nós em Mônaco, todos vão dizer que eles pararam a Mercedes”, finalizou

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Esportes


Microsoft e Special Olympics organizam competição de Forza 7
Este ano o evento realiza-se online devido à pandemia de COVID-19...


França: Toulouse pode ser vendido a grupo de investidores norte-americanos
Se o processo de venda for concluído, o Toulouse tornará-se-á no quarto clube francês de propriedade americana...


Vicente Araújo é candidato único no regresso à presidência da federação de voleibol
Impedido pela limitação de mandatos de se candidatar às últimas eleições (2016/2020), Vicente Araújo, de 68 anos, irá suceder a Álvaro Lopes...


Bruno Henrique vê Palmeiras preparado para semana com clássico e estreia na Libertadores
Fora dos primeiros quatro jogos do Estadual por uma lesão no músculo adutor da coxa direita, Bruno Henrique atuará pela segunda vez no ano como titular diante do Santos...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE