Rondônia, - 12:08

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
FAB e Governo do Pará fecham acordo
FAB e Governo do Pará fecham acordo para utilização do Porto Fluvial Brucutu
Medida facilita escoamento de cargas entre a capital paraense e a região afetada pela queda da ponte sobre o Rio Moju
Publicado Quarta-Feira, 8 de Maio de 2019, às 12:12 | Fonte da Redação 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Soldado Karlos / Ala 9

Porto Arapari, em Barcarena (PA)

A partir desta semana, o Porto Fluvial Brucutu, situado em Belém (PA) e pertencente à Comissão de Aeroportos da Região Amazônica (COMARA) da Força Aérea Brasileira (FAB), começou a funcionar como mais uma alternativa para o embarque e desembarque de caminhões com destino ao Porto Arapari, em Barcarena (PA).

A medida, fruto de parceria entre a FAB e a Secretaria de Estado de Transportes (Setran), visa facilitar o escoamento de cargas entre a capital paraense e a região afetada pela interdição da Alça Viária após a queda da ponte sobre o Rio Moju, no dia 6 de abril.

O acordo, autorizado pelo Presidente da COMARA, Major-Brigadeiro do Ar Sérgio de Matos Mello, prevê a cessão da infraestrutura do porto pela FAB para a Setran, representando o Governo do Estado. Por outro lado, o órgão paraense providencia os demais recursos para a operação, incluindo as balsas para a travessia até o Porto Arapari.

Pelas regras, o Porto Brucutu fica aberto todos os dias, durante 24 horas, incluindo finais de semana e feriados, e atende somente caminhões de grande porte. A estimativa é que o apoio se estenda por um período estimado de até três meses.

"O Governo do Estado fará todas as adequações necessárias para o embarque e desembarque no porto, além de viabilizar da maneira mais segura possível essa operação", ressalta o Vice-Presidente da COMARA, Coronel Aviador Steven Meier.

"A FAB entende que esta é uma operação emergencial. O espaço foi cedido para beneficiar a população paraense e tentar evitar a falta de itens de consumo básico, como combustíveis e alimentos", completa o Comandante da Ala 9, Brigadeiro do Ar Ricardo José Freire de Campos.

A Comissão

A COMARA é responsável por projetar, construir e recuperar pistas de aeroportos e aeródromos em regiões inóspitas e de difícil acesso na Amazônia Legal e, por isso, possui portos e balsas para transportar insumos, cargas, maquinários e pessoas para as regiões onde o acesso se dá única e exclusivamente pelo rio.

Fotos: Soldado Karlos / Ala 9





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Investigados por cobrarem propinas em obras em rodovias do AP viram réus na Justiça Federal
Ex-gestores e empresários são suspeitos de manterem esquema. Obras não eram fiscalizadas como deveriam, segundo a PF. Operação Pedágio foi deflagrada em junho...


Homem é assassinado com tiro no peito durante discussão em fazenda
Crime aconteceu em São Bento do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. Suspeito fugiu e não foi localizado pela polícia...


Idosa morre com suspeita de dengue grave no interior do Acre e Saúde investiga caso
Exame, que sai em até 15 dias, deve confirmar causa da morte. Se confirmada, essa vai ser a segunda morte por dengue grave em menos de um mês em Cruzeiro do Sul, interior do Acre...


Energia é restabelecida após pane na linha de transmissão em Tucuruí
O abastecimento foi normalizado nesta terça-feira por volta das 6h17. Sete municípios ficaram sem energia...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE