Rondônia, - 07:35

 

Você está no caderno - Artigos
Artigo
A Ponte da Liberdade
Foi inaugurada pelo Presidente Jair Bolsonaro a ponte (1.550m) sobre o rio Madeira, na BR 364...
Publicado Terça-Feira, 11 de Maio de 2021, às 14:41 | Fonte Autor: Assis Canuto 0

 
 

Dia 07.05.2021, foi mais um dia para ser registrado na bela história de Rondônia.

 

Foi inaugurada pelo Presidente Jair Bolsonaro a ponte (1.550m) sobre o rio Madeira, na BR 364; ponte essa que o jornalista Osmar Silva, nominou de a “ponte da esperança”, com muita sabedoria e até por justiça!

 

Ora, a ligação entre o Brasil e o estado do Acre, se fez através de balsa, no rio Madeira, na localidade de Abunã, antiga e mais importante estação do trem da Madeira-Mamoré, pois ali era ponto de reabastecimento de lenha e de água, ponto de parada e de pernoite das composições que iam de Porto Velho para Guajará-Mirim ou vinham de lá para Porto Velho. Esta ligação pela balsa durou quase cinquenta anos; passei nessa balsa em 1971, passei porque consegui uma autorização especial do 5º BEC, porque tanto a estrada de Abunã para Rio Branco quanto a balsa ainda não estavam liberadas para o fluxo normal de veículos! Gastei um dia inteiro e um bom pedaço da noite para ir de Porto Velho a Rio Branco e no retorno tive que dormir dentro do carro na beira do rio madeira para passar na balsa no outro dia de manhã.

 

Isso é apenas uma pequena história das muitas que tantos têm para contar dos sofrimentos e dos dramas ali vividos.

 

Lembro-me de que em certa ocasião quase houve um acidente fatal com o ônibus do nosso amigo Ari Santos, quando ele e os Recampados voltavam de uma turnê no estado do Acre. O ônibus ao adentrar a balsa escorregou e ficou com a metade dentro da balsa e a outra metade dentro do rio, por muito pouco não submergiu naquele caudaloso rio, muito fundo e de muita corredeira!

 

Com certeza, muitas valiosas vidas e muitas cargas foram tragadas pelo rio nesses quase cinquenta anos naquela travessia.

 

Mas o dia da redenção chegou e a partir de agora muitos vão utilizar dessa ponte e poucos vão se lembrar dos dramas ali vividos por tantos no tempo da balsa. Assim se faz a história, o pioneirismo cobra um preço muito alto de seus protagonistas, mas são estes desbravadores que trazem o progresso!

 

No Brasil ainda há muitas pontes a serem construídos, principalmente, na Amazônia, são largos rios que até hoje são atravessados por balsas, sempre com muitos riscos e muitas dificuldades.

 

Só para ilustrar, citaria as pontes nos rios que cortam a Transamazônica: Madeira, Aripuanã, Sucunduri, Tapajós, Xingu, etc.

 

No Rio Paraná, na BR 277 que liga o estado do Paraná a Mato Grosso do Sul, na localidade de São José do Porto Rico, ainda existe uma travessia muito importante feita por balsa a mais de oitenta anos.

 

No rio Paraguai, na localidade de Porto Murtinho, para ligar o estado do Mato Grosso do Sul ao vizinho país Paraguai; ponte estratégica para mais uma ligação do Brasil com o Oceano Pacífico, através da estrada do “Chaco” paraguaio; passando por Santa Cruz de La Sierra, Cochabamba e La Paz na Bolívia e atravessando o Peru pela Rodovia do Desaguadero até o Porto de Ilo no Pacífico!

 

Em Rondônia mesmo, precisa-se construir pontes nos rios Ji-Paraná, na região de Machadinho, para se atingir a Transamazônica através do Mato Grosso; pontes no rio Jamari, pontes no rio Candeias (atualmente atravessado por várias e precárias pontes de madeira nas regiões de Buritis, Alto Paraíso e Rio Pardo!

 

Pontes definitivas nos rios Jaci e Mutum Paraná na BR 425 que liga Ariquemes a Guajará Mirim, e ainda a mais importante no rio Mamoré ligando Guajará Mirim a Bolívia.

 

Muitas outras pontes aqui não citadas, são necessárias e urgentes!

 

Pois esse pequeno resumo dá uma dimensão de quanto ainda precisa ser investido em infraestrutura no Brasil; em passado recente o Brasil investiu muito em países da África e das Américas, via de regra em países socialistas e “desgovernados” por títeres e ditadores de esquerda deixando de investir no próprio Brasil onde tanta coisa ainda precisa ser feita. Mas essas prioridades estão sendo estabelecidas por um governo sério cujo compromisso, é acima de tudo, com o Brasil e com os Brasileiros!

 

Assis Canuto

 

Ji-Paraná, 10 de maio de 2021.   



Veja também em Artigos


Recordando Ariquemes: Gesa Ariquemes 1981 um time vitorioso
A cidade de Ariquemes viveu uma história linda no futebol de Rondônia na década de 80, o espetáculo no campo do Gesa...


É hora de refletir sobre o voto + Há 60 anos, vivemos de esperança + Ibope diz que Hildon chaves sai bem à frente
A um mês da eleição, é hora de refletir sobre o voto e a escolha correta de prefeitos e vereadores....


O futuro do emprego: remoto x presencial
A sociedade vem passando por adaptações, especialmente nas relações de trabalho......


O dia na Historia, Bom Dia 03 de Fevereiro !
Um curto-circuito pode ter sido o motivo da explosão do quartel da Polícia Militar...

 



PUB

 
 
 
 

Ariquemes Online