Rondônia, - 05:04

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
A estranha história de quando a Microsoft enviou um peixe morto ao criador do iOS
Uma demonstração de como funcionários da indústria de tecnologia podem ser disputados no mercado
Publicado Sábado, 23 de Maio de 2020, às 10:02 | Fonte Olhar Digital 0

 
 

No mercado de tecnologia dos Estados Unidos, engenheiros são altamente disputados entre as grandes empresas. Essa competitividade deu origem a uma história inusitada, de quando Scott Forstall, que liderou o desenvolvimento das primeiras versões do iOS na Apple, recebeu um peixe morto da Microsoft. Forstall conta a história em uma entrevista durante evento virtual do Code.org. Ele contou a história de como ele foi recrutado pela NeXT em 1992, empresa que Steve Jobs fundou nos após ser forçado a se afastar da Apple e que viria a se fundir com a empresa do iPhone alguns anos mais tarde. Segundo Forstall, ele tinha um dia inteiro de entrevistas programado com vários representantes da NeXT, mas depois de 10 minutos da primeira conversa, Steve Jobs tomou conta da discussão e tirou o entrevistador da sala. Após 15 minutos de conversa, os dois perceberam sua sintonia em termos de design, o que fez com que Jobs garantisse a Forstall que faria a ele uma proposta de emprego.

“Eu sei que você ainda tem entrevistas pelo resto do dia, mas eu não ligo para o que os outros disserem. No fim do dia, eu farei a você uma proposta. Mas por favor, finja que você está interessado nas perguntas de todo mundo”, disse Jobs na ocasião, como reporta o site Windows Central.

Após aceitar a oferta, Forstall recebeu um pacote gigante da Microsoft deixado em sua porta. Sem saber o que era, decidiu abri-lo e se deparou com um peixe. Sem entender o que estava acontecendo, e com conhecimento de filmes de máfia, chegou a pensar que poderia se tratar de uma ameaça. No entanto, quando ligou para a Microsoft para questionar o ocorrido, ele recebeu uma explicação plausível. A empresa havia enviado a ele um salmão rei, ou chinook, como um lembrete do que ele estava perdendo ao optar por trabalhar no Vale do Silício, na região Sudoeste dos Estados Unidos, onde era localizada a NeXT, em vez de optar pela Microsoft, em Redmond, no estado de Washington no Noroeste do país, onde é o habitat natural do animal. A mensagem era de que Forstall, que também é de Washington, não teria mais a oportunidade de comer um peixe desse tipo tão fresco ao optar por trabalhar na Califórnia.

No fim das contas, Scott Forstall assou o peixe, aceitou o trabalho na NeXT e virou uma das figuras mais importantes da história da Apple. Algumas coisas o peixe não compra.







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Sony confirma evento para falar do PlayStation 5 no dia 4 de junho
Primeiros jogos do novo console serão enfim apresentados...


Google usa realidade aumentada para ajudar no isolamento social
Recurso 'Sodar' utiliza a câmera do smartphone para definir uma distância segura para cumprir as recomendações das autoridades de saúde...


STF suspende julgamento de bloqueio do WhatsApp pela justiça
Suspensão acontece depois de o ministro Alexandre de Moraes pedir vista dos processos...


MacOS 10.15.5 está disponível com novidades na bateria e FaceTime
Recursos devem aumentar vida útil da bateria...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News