Rondônia, - 05:43

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
DIA DAS MÃES
Mesmo com comércio fechado, pesquisa diz que 84% da população de Rio Branco vai presentear as mães
Pesquisa é da Fecomércio e foi feita pela internet com entrevistados
Publicado Sexta-Feira, 8 de Maio de 2020, às 14:29 | Fonte G1 AC 0

 
 

Arquivo pessoal

funcionária pública Francilene Moura, de 41 anos, é uma das moradores de Rio Branco que pretende comprar o presente da mãe

Dias das mães é uma das datas de maior movimentação no comércio. Com as lojas fechadas devido à pandemia de Covid-19 e o isolamento social, as opções para encontrar um presente para a mãe ficaram mais restritas.

Mesmo assim, uma pesquisa mostrou que 84% dos moradores de Rio Branco querem garantir o presente da mamãe no domingo (10).

A estudo é do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac do Acre e foi feito pela internet. A ideia era avaliar e conferir a expectativa de compras dos rio-branquenses para o Dia das Mães.

A funcionária pública Francilene Moura, de 41 anos, é uma das moradores de Rio Branco que pretende comprar. Ela diz que ainda não decidiu o que vai comprar a mãe Francisca Moura, de 65 anos, mas garantiu que a data não vai passar em branco.

“Ia dar um micro-ondas, mas pedi para minha irmã sondar com ela o que quer ganhar. Assim que me der uma dica vou comprar on-line em alguma loja que está fazendo entregas. Não vou sair por conta da pandemia e espero que dê tempo chegar para que ela se sinta mais feliz nesse momento tão difícil para todos”, explicou. 

A também servidora pública Géssica Lúcia, de 30 anos, precisou antecipar a entrega do presente da mãezona Lucirene Lúcia, de 54 anos, porque não poderá estar com a ela no domingo. Ela comprou um vaso de flores e pediu para entregar na casa da mãe, na quarta-feira (6).

“Deu flores porque ela adora jardinagem. Ela adorou. Como vou viajar a trabalho para o interior, tiver que antecipar a entrega”, resumiu. 

Compras

 

A pesquisa apontou que 30% dos entrevistados querem comprar perfumes para as mães; 29% roupas para deixar a mamãe feliz e 41% disse que prefere comprar outros presentes para o dia.

O levantamento mostrou ainda que 28% dos filhos pretendem gastar entre R$ 100 a R$ 200 no presente. Esses entrevistados também apontaram o comércio de camelô ou supermercado como lugares para adquirir os presentes

Para garantir as vendas, empresário e comerciantes estão trabalhando com delivery durante a pandemia para ter um certo lucro nas vendas em meio à crise financeira causada pelo novo coronavírus.

Foi com essa ideia que Mariana Ferreira, gerente de uma loja de bijuterias e acessórios em geral, está montando kits de maquiagens, fazendo promoções e oferecendo descontos e entregando os pedidos na casa dos clientes. “Temos uma promoção que acima de R$ 50 estamos imprimindo uma foto que a pessoa manda com a mãe, fazemos uma moldura e entregamos com uma frase para a mãe. A procura tem sido boa, graças a Deus”, contou. 







Veja também em Notícias da Amazônia


Mais 39 óbitos por Covid-19, 28 nas últimas 24 horas, elevam perdas humanas para 1.891 no Amazonas
Casos confirmados chegam a 33.508. FVS-AM informou que 26.742 pessoas já passaram pelo período de quarentena e se recuperaram da doença...


Calculando perdas de até 30% por causa da pandemia, governo discute hoje bases do retorno das atividades produtivas no Amazonas
O governador Wilson Lima (PSC), disse nesta segunda-feira (25/5)...


Governo do Amapá adota medidas para evitar aglomerações em supermercados
Superintendência de Vigilância em Saúde publicou nota técnica que determina procedimentos preventivos adotados para evitar a aglomeração em supermercados e atacadistas....


Procon flagra mercantil vendendo produtos com validade vencida
Ao todo 652 quilos de produtos foram retirados das prateleiras. Proprietários foram encaminhados à delegacia....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News