Rondônia, - 20:03

 

Você está no caderno - Artigos
Artigos
Lixo, merda e água contaminada não é ‘missão de Deus’
Governar é missão de Deus! Disse o governador de Rondônia, Marcos Rocha, em recente evento público
Publicado Quarta-Feira, 5 de Fevereiro de 2020, às 09:37 | Fonte Osmar Silva 0

 
 

Divulgação/ Internet

Governar é missão de Deus! Disse o governador de Rondônia, Marcos Rocha, em recente evento público. A sentença é correta, segundo os princípios cristãos. O que não é certo, e se torna até criminoso, é o não cumprimento da missão.

Como pode o governante claudicar numa missão dada por Deus? Como pode o governante iludir e enganar as pessoas lhes negando o que prometera fazer, dar ou entregar? Como pode, aquele que recebeu a missão de Deus, enganar os filhos do Todo Poderoso que, por Sua indução divina, lhes escolheram e chancelaram seu nome nas urnas eleitorais?

A realidade diária nos mostra que temos sido vítimas, governos após governos, de camelôs da política capazes de dar nó em pingos d’água. De se acharem capazes de enganar até o próprio Deus. Mais: alguns até se acham Deus!

Não fosse assim, Porto Velho, a cidade maior do estado, a Capital de Rondônia, não viveria mergulhada em mazelas deixadas por governantes que não cumpriram ‘a missão de Deus’.

Quem tomou como meta e cumpriu, a implantação do serviço de tratamento e distribuição de água para cada casa da cidade? Ninguém. Por isso, a população bebe e usa águas contaminadas, fazendo filas nos postos de saúde e gastando o pouco que têm nas farmácias. Razão pela qual, entre outras, temos uma farmácia em cada esquina. Mais que padaria e bar.

Quem tomou por meta e cumpriu, implantar rede de coleta de esgotos, o famoso saneamento básico, colhendo os despejos de cada casa da cidade? Ninguém. Resultado: do mais rico ao mais pobre, estamos todos sobre os nossos próprios dejetos, emporcalhando o meio ambiente e adoecendo as pessoas. Não temos onde jogar a nossa própria merda. Então, elas vão das fossas para as águas subterrâneas e os igarapés.

Quem assumiu como compromisso e honrou, acabar com o lixão que se expande e se avoluma a cada gestão? Ninguém. Como consequência, vivemos a vergonha de vermos filhos de Deus disputando lixo com ratos e urubus, sem cidadania, sem dignidade, despatriados. E, mais uma vez, poluindo o meio-ambiente e os lençóis freáticos.

Quem decidiu e fez, a recuperação dos igarapés que serpenteiam a cidade em belos desenhos geométricos? Ninguém. O que poderia ser beleza, motivo de orgulho e atração turística, se transformou em águas mortas, fedorentas, cheias de lixo, dejetos e insetos, ratos, cobras e depósito de objetos inservíveis.

A cidade clama por uma rodoviária há mais de 30 anos. E implora por um governante que tire do chão sujo, lamacento ou empoeirado, os produtos das feiras livres que vão direto para a mesa do consumidor. Resultado: mais doenças e cenas que revoltam e envergonham as pessoas.

Então, se é missão de Deus governar, cumpram a missão que Ele lhes deu. Governador, prefeito, senadores, deputados e vereadores, devolvam a autoestima do povo de Porto Velho resolvendo, pelo menos, os problemas básicos. Senão, é de se perguntar: para que servem?

Afinal, todas as pessoas precisam de água boa na torneira, de alimentos higienizados na mesa, de rede de esgotos para onde mandar a merda, de estações de tratamento de lixo e de rede de coleta das águas das chuvas, para que não entrem na casa das pessoas, tornando mais penosa a vida dos pobres.

Sem resolver essas questões básicas, não importa o que tenha feito durante o seu mandato de governador, senador, deputado, prefeito e vereador: você não é digno de outro mandato. Você não cumpriu a missão. A missão de Deus.

Senhor governador, senador, deputado, prefeito, vereador, teria coragem de ir no lixão catar essa comida e levar casa?

Vossas Excelências acham justo e certo essa pessoa disputar lixo com ratos e urubus para poder comer?

 Governar é missão de Deus! Os senhores acham que deixar as pessoas viverem nesta condição é ‘missão de Deus? ’

 







Veja também em Artigos


O valor étnico de Rondônia como berçário Tupi-Guarani
A pesquisa realizada pelo Departamento de Genética e Biologia Evolutiva do Instituto de Biociências (IB) da USP (Universidade Federal de.....


Um Conselho da Amazônia para decidir os destinos da região
Da ficção à realidade O sonho de extrair minérios abundantes e caros das terras indígenas tromba com o pesadelo mundial de que a.....


Estado confia saúde pública aos cuidados da padroeira
O estado aposta todas as fichas na construção do novo hospital de urgência e emergência, comprovadamente indispensável...


Patrocinar carnaval é jogar dinheiro público no ralo
A declaração do prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, de que, à semelhança do ano passado, não vai repassar um centavo para ajudar as escolas de samba......

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News