Rondônia, - 15:34

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Mark Zuckerberg não concluiu seus desafios para 2019; relembre
O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, fez o que muitos brasileiros repetem sempre ao iniciar um novo ano: em 8 de janeiro, ele detalhou em sua página na rede...
Publicado Segunda-Feira, 2 de Dezembro de 2019, às 12:04 | Fonte TecMundo 0

 
 

Divulgação/ Internet

O CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, fez o que muitos brasileiros repetem sempre ao iniciar um novo ano: em 8 de janeiro, ele detalhou em sua página na rede social quais seriam os seus objetivos para o ano de 2019. A ideia do executivo foi muito justa, afinal ele se comprometeu a trazer discussões sobre o futuro da tecnologia na sociedade ao lado de algumas personalidades fortes do mercado. No entanto, muitos encontraram alguns problemas enquanto ele cumpria esse desafio.

"Meu desafio para 2019 é sediar uma série de discussões públicas sobre o futuro da tecnologia na sociedade - as oportunidades, os desafios, as esperanças e as ansiedades", explicou Zuckerberg na postagem que planejava o seu ano. "A cada poucas semanas, converso com líderes, especialistas e pessoas em nossa comunidade de diferentes campos e tentarei diferentes formatos para mantê-lo interessante", explicou.

O CEO definitivamente buscou cumprir esse objetivo. No blog oficial do Facebook, é possível acompanhar algumas rodas de discussões em inglês em que ele levou esse tópico para a mesa. Os problemas começam quando, em 11 meses, ele só realizou seis debates — furando uma de suas promessas de continuar esse desafio "a cada poucas semanas". O formato também não foi muito inovador: em todas as ocasiões, Zuckerberg se sentou com um ou dois representantes em conversas que seguiam o mesmo fluxo de discussão e apresentação.

O Bloomberg também criticou que, entre todas as oportunidades de conversas, houve pouca diversidade nas escolhas pelo CEO. A única exceção ficou com Jenny Martinez, uma das representantes da Escola de Direito de Stanford, que foi a única mulher entre os nove convidados. O fato só reforça que o dono do Facebook levou o tópico para executivos que eram muito parecidos com ele — homens brancos entre seus 30 a 40 anos, como reforça o site.

Apesar disso, os pontos abordados viajaram entre tecnologia biológica, jornalismo e conteúdo na internet. Zuckerberg de fato lançou questionamentos sobre as oportunidades, desafios, esperanças e ansiedades de cada uma dessas áreas, mas talvez o caminho não agradou a muitos.

Apesar disso, 2020 está chegando e, com ele, a chance de trabalhar em novas discussões e desafios. E você? O que gostaria que o dono do Facebook falassse e debatesse no próximo ano?







Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Estas bolas de musgo se mexem sozinhas e os cientistas ainda não sabem como
Em alguns lugares ao redor do mundo, existem umas bolotas de musgo espalhadas por geleiras...


Galaxy Note 20 deve ter características similares às do S20 Ultra, sugere vazamento
Se o mundo não estivesse atravessando uma pandemia, teríamos certeza de que o anúncio do Galaxy Note 20 ...


Lançado na semana passada, iOS 13.5 já tem jailbreak feito usando falha de segurança
Essa foi rápida. Neste fim de semana, o grupo hacker unc0ver lançou uma nova ferramenta que pode fazer...


Justiça holandesa determina que avó retire fotos de seus netos de página do Facebook
Parece que as proteções de privacidade da União Europeia não são apenas uma maneira útil de impedir que os Googles e Facebooks ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News