Rondônia, - 22:51

 

Você está no caderno - Rondônia
Ji-Paraná
Ji-Paraná intensifica testes rápidos no combate à AIDS
O próximo domingo (1º), é o Dia Mundial de Combate à AIDS. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Serviço de Assistência Especializada em Infecções...
Publicado Segunda-Feira, 2 de Dezembro de 2019, às 09:25 | Fonte Prefeitura de Ji-Paraná 0

 
 

Divulgação/ Internet

O próximo domingo (1º), é o Dia Mundial de Combate à AIDS. A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio do Serviço de Assistência Especializada em Infecções Sexualmente Transmissíveis (SAE/IST), está intensificando os testes rápidos como forma de prevenção e diagnóstico precoce da doença. O exame fica pronto em 20 minutos, é gratuito e pode identificar infecções sexualmente transmissíveis como as hepatites, sífilis e HIV.

“Nós convidamos a população para ter o hábito de fazer o teste rápido. É preciso que a pessoa leve um documento com foto e o cartão do SUS”, reforçou a assistente social e diretora do (SAE/IST), Poliana Borchardt.

O SAE fica localizado na Avenida Porto Velho, em frente à Escola Estadual José Francisco, no bairro Dom Bosco, Primeiro Distrito da cidade. Os testes rápidos são oferecidos de segunda a sexta-feira das 7h30 às 10 horas. As Unidades Básicas de Saúde também realizam os testes rápidos que podem ser agendados.

Este ano Ji-Paraná registrou 64 novos casos de HIV positivo. Atualmente a unidade atende gratuitamente 1200 pessoas também de 17 municípios da região. A maior parte dos pacientes identificados com HIV é da faixa etária de 18 a 35 anos.

A diretora do SAE, Poliana Borchardt, lembrou ainda que o trabalho de prevenção é muito importante. “O número é crescente, principalmente entre os jovens. A maioria dos nossos pacientes são pessoas com idades entre 18 a 35 anos, que não usam preservativo”, explicou a diretora.

A Aids é causada pelo vírus HIV, transmitido por contato sexual sem preservativo com pessoa contaminada, por transfusão sanguínea e compartilhamento de objetos perfurocortantes.

Ser HIV positivo não é o mesma coisa que ter Aids. A Aids é o estágio mais avançado da doença, quando o sistema imunológico encontra-se bem debilitado. É uma doença que não mata por si só, mas afeta o sistema imunológico da pessoa, o que pode ocasionar doenças oportunistas, como a pneumonia. Por isso a importância da prevenção e o diagnóstico precoce. A doença é grave doença e sem cura, mas tem tratamento, oferecido gratuitamente pela Prefeitura.

 

Fonte: Ascom







Veja também em Rondônia


Advogado diz que INCRA continua sendo feudo do PT em Rondônia e vai denunciar situação ao presidente Jair Bolsonaro
Caetano Netto criticou bancada federal: “não tem representatividade” ...


Rondônia tem índice de quase 12% de mortes violentas
Segundo as Estatísticas de Registro Civil, divulgadas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2018, Rondônia.. ...


Deputado Geraldo da Rondônia confirma empenho no DER que atenderá demanda de Buritis
Durante reunião com o prefeito Roni Irmãozinho, parlamentar também anunciou liberação de emenda para 2020 ...


Não se deixem enganar! ANEEL anuncia redução no valor da conta de luz, porém Energisa assume que a tarifa vai subir!
“É um aumento vergonhoso, para um estado que é um dos maiores produtores de energia elétrica do Brasil” ...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News