Rondônia, - 01:21

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Johnson pede a Trump que não se envolva em eleição britânica
O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta sexta-feira que seria melhor que o presidente dos EUA, Donald Trump, não se envolvesse na...
Publicado Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, às 10:55 | Fonte Diário de Notícias 0

 
 

Divulgação/ Internet

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta sexta-feira que seria melhor que o presidente dos EUA, Donald Trump, não se envolvesse na eleição britânica quando visitar Londres para uma cúpula da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) na próxima semana.

"O que tradicionalmente não fazemos, como queridos aliados e amigos, o que tradicionalmente não fazemos é se envolver nas campanhas eleitorais um do outro", disse Johnson, cujo Partido Conservador lidera nas pesquisas de opinião antes da eleição geral de 12 de dezembro.

Levantamento da YouGov divulgado nesta semana indica que os conservadores de Johnson deverão conquistar uma confortável maioria dos assentos nas eleições do mês que vem.

Analistas preveem que uma vitória conservadora dará a Johnson maiores chances de aprovar seu plano de Brexit - como é conhecido o processo para retirar o Reino Unido da União Europeia - no Parlamento britânico até o fim de janeiro.







Veja também em INTERNACIONAL


Polícia suíça acredita ter identificado dois espiões russo em Davos
Os dois homens - que apresentaram passaportes diplomáticos - diziam ser canalizadores de férias, mas o longo período em que se mantiveram num resort de luxo levantou suspeitas ...


Brasileiros e colombianos se unem para recolher lixo na praia de Deerfield Beach
No último domingo (19), um grupo de brasileiros e colombianos – liderado por Fabrício Nobre, pela escritora Danny Bastos e pelas colombianas......


Remédios já existentes podem ajudar no tratamento de câncer
Novos medicamentos para o tratamento de câncer, talvez, já estejam por aí...


Deputado iraniano oferece três milhões de dólares a quem matar Trump
Um político de Kerman, a terra natal do general iraniano Qassem Soleimani morto num ataque aéreo norte-americano, anunciou a recompensa em nome dos três milhões de habitantes da província...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News