Rondônia, - 00:37

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
20 detidos em Paris após escaramuças com pequenos grupos de ''coletes amarelos''
A principal ação surpresa dos “coletes amarelos” foi a ocupação por dezenas de pessoas dos armazéns Galerias Lafayette, que a convocação nas redes sociais classificava de “um templo do consumo”.
Publicado Domingo, 17 de Novembro de 2019, às 18:08 | Fonte Observador 0

 
 

YOAN VALAT/EPA

 

 

Pequenos grupos de elementos do movimento “coletes amarelos” envolveram-se este domingo em algumas escaramuças em Paris, enquanto a polícia manteve uma atitude firme com centenas de controlos e duas dezenas de detenções até ao início da tarde.

A principal ação surpresa dos “coletes amarelos” foi a ocupação por dezenas de pessoas dos armazéns Galerias Lafayette, que a convocação nas redes sociais classificava de “um templo do consumo”.

A polícia interveio rapidamente para retirar os militantes, mas a loja decidiu encerrar as portas o resto do dia.

Também foram feitas outras convocatórias, com pouca resposta, para o bairro Les Halles e a praça da Bastilha.

A prefeitura da polícia indicou na rede social Twitter que até às 13:00 locais (12:00 em Lisboa) tinham sido detidas 20 pessoas.

Até essa hora, os agentes tinham realizado 639 controlos para fazer cumprir a proibição de manifestações durante o fim de semana em grande número dos bairros centrais da capital francesa.

Para evitar mobilizações no dia em que se assinala o primeiro aniversário do início dos protestos dos “coletes amarelos”, a 17 de novembro de 2018, foram encerradas 29 estações de metropolitano e cinco de comboios suburbanos.

O ministro do Interior, Christophe Castaner, disse hoje ao canal BFMTV que no sábado foram detidas nos protestos 254 pessoas em todo o país, 173 das quais em Paris.

As autoridades indicaram que as manifestações de sábado juntaram em França 28.000 pessoas (4.700 em Paris), o que representa dez vezes menos que os primeiros protestos há um ano.

 







Veja também em INTERNACIONAL


O herói do ataque na London Bridge chama-se John, tem 48 anos e está em liberdade condicional
John Crilly foi condenado por um assalto e um homicídio em Manchester. Tinha saído da prisão em liberdade condicional no ano passado, após admitir a autoria dos crimes. Foi o herói de serviço no ataque ocorrido na London Bridge, há uma semana...


Em dia de aniversário da Constituição, PSOE e PP calam propostas reformistas para travar Vox
A prioridade é “cumprir” a lei fundamental, “ajudando a formar Governo”, defendem os socialistas. “Na atual configuração das Cortes, o que se impõe é a defesa da Constituição porque ela pode sofrer ataques sérios”, dizem os populares. Em causa está...


Turquia e Líbia devem respeitar lei internacional após acordo de fronteiras marítimas - UE
“Estamos a estudar o texto para ver as suas implicações”, salientou Peter Stano, porta-voz do Alto Representante para a Política Externa e de Segurança da União Europeia, na conferência de imprensa diária da Comissão...


Greta Thunberg e Javier Bardem lideram grande marcha pelo clima em Madrid
O ato principal da cimeira alternativa à COP25 dá início a uma semana repleta de ações para exigir medidas urgentes pela emergência climática...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News