Rondônia, - 16:08

 

Você está no caderno - CIÊNCIA E SAÚDE
Saúde
Pratica exercício e não consegue perder peso? Quatro estratégias ajudam
Frequenta a academia de segunda a sexta-feira e mesmo assim não vê resultados? Saiba o que deve fazer - é possível vencer esta batalha
Publicado Sexta-Feira, 8 de Novembro de 2019, às 09:21 | Fonte Notícias ao Minuto 0

 
 

 

Praticar exercício físico faz bem ao corpo e à mente, mas o problema é que, muitas vezes, o peso ideal e a tonificação desejada demoram a aparecer. E é então que se instala o desânimo, que muitas vezes leva ao abandono da atividade física. Para que isso não aconteça, a revista Super Interessante decidiu investigar por que a sua rotina de exercício não está a conseguir combater aqueles quilos a mais. 

Controlar a dieta

Não é porque treina com frequência que pode comer mais – pelo menos, se o seu objetivo é perder peso. “Não há ginástica que funcione se usar a atividade física como desculpa para exagerar na comida”, alerta o fisiologista Turibio Leite de Barros Neto, da Unifesp, em São Paulo, no Brasil, em declarações à publicação. Emagrecer é o resultado de uma contagem calórica extremamente intuitiva e fácil: se o seu corpo gasta mais calorias no dia a dia do que a quantidade que ingere na alimentação, a perda de peso é garantida. Por outro lado, se comer mais do que necessita, o excesso é armazenado na forma de gordura. O exercício é importante, mas a dieta é responsável por 70% do sucesso num programa de emagrecimento.

Fazer exercícios de força

Quem evita as sessões de musculação pode estar a prejudicar a silhueta. Essa modalidade pode, sim, ajudá-lo não só a perder peso, como a tonificar e a conseguir as curvas com que sempre sonhou. A explicação é simples: qualquer atividade física contribui para o emagrecimento, pois em todas gasta calorias durante a execução. “A queima calórica não é tão eficiente quanto a de um treino aeróbico, mas ao acrescentar exercícios com peso à sua rotina aumenta o gasto calórico total”, explica o fisiologista Fernando Torres, da Unifesp. Com o aumento de massa muscular, o organismo gasta mais energia para funcionar, mesmo em estado de repouso (ou seja, mesmo durante o resto do dia horas depois o treino ou enquanto dorme). Assim, a longo prazo, o treino nos aparelhos, aliado a uma atividade aeróbica, vai potencializar a perda de peso. 

Comer antes e depois do treino

Há quem acredite que treinar em jejum e não repor as energias depois pode acelerar o emagrecimento. Está errado. O que come antes e depois do treino é essencial para garantir a sua melhor performance e promover a recuperação muscular, contribuindo assim para conseguir um corpo 'seco'. “É verdade que, num primeiro momento, o organismo usa a gordura para obter energia. Mas por pouco tempo. Se não encontrar nutrientes, passa a utilizar massa magra e aí não queima os excessos”, explica Fernanda Frare Zanetti, especialista em nutrição desportiva, de São Paulo, também à Super Interessante. Por isso é importante ingerir alimentos com baixo e médio índice glicémico até meia hora antes de praticar exercício. “Irão libertar energia de forma lenta e contínua. Assim, o corpo não vai buscar combustível aos músculos”, revela. Ao terminar o exercício, o melhor é comer um hidrato de carbono de alto índice glicémico, que ajuda na recuperação, já que fornece energia num piscar de olhos.

Até 30 minutos antes: uma fatia de pão integral com peito de peru (ou queijo branco) ou um iogurte natural magro com duas colheres de sopa de aveia ou granola. 

Até uma hora depois: um copo de sumo de melancia ou 1/3 de uma chávena de frutos secos. 

Não deixar o treino cair na rotina

Se corre todos os dias na passadeira no mesmo ritmo ou entra na sala de musculação e não altera a sequência ou a carga dos aparelhos, pare já. Variar o nível de dificuldade do exercício é fundamental para trabalhar devidamente o corpo – e aí vale mudar a intensidade, a carga… senão o corpo recebe sempre estímulos repetidos e fica tão acostumado que já não responde como antes. Como tal, os benefícios tornam-se menores.  

 







Veja também em CIÊNCIA E SAÚDE


Homens ficam com visão azulada e daltonismo por dias depois de tomar remédio para disfunção erétil
Os médicos estão encontrando ainda mais homens com episódios estranhos de problemas de visão depois de tomar o medicamento......


Bolsonaro sanciona lei para enfrentamento do novo coronavírus
Nova lei prevê medidas como isolamento de infectados para tratamento...


Governo de Rondônia se prepara para possíveis casos de Coronavírus
Pela Agência de Vigilância em Saúde (Agevisa), o enfermeiro Sid Orleans, coordenador do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde (CIEV)...


Falta de material impede cirurgias cardíacas no Hospital de Base
O deputado foi informado que as cirurgias cardíacas também não estão sendo realizadas por falta de material....

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News