Rondônia, - 08:47

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Irlanda do Norte legaliza aborto e casamento entre pessoas do mesmo sexo
Apesar de ter autonomia, o país tem atualmente a assembleia regional suspensa devido às divergências entre o partidos Unionista e Sinn Féinn,..
Publicado Terça-Feira, 22 de Outubro de 2019, às 08:35 | Fonte Expresso - Portugal 0

 
 

Divulgação/ Internet

Os deputados do Parlamento britânico viabilizaram o aborto e o casamento entre pessoas do mesmo sexo na Irlanda do Norte, conta a Euronews.

As mudanças iminentes naquela sociedade enfrentaram oposição. “É um dia muito triste”, defendeu Arlene Foster, o principal rosto do Partido Democrata Unionista. “Sei que algumas pessoas vão celebrar hoje, e eu diria a essas pessoas: pensem em nós que estamos tristes e acreditamos que isto é uma afronta à dignidade e à vida humanas.”

Apesar de ter autonomia, aquele país tem atualmente a assembleia regional suspensa devido às divergências entre o partidos Unionista e Sinn Féinn, impossibilitando uma coligação para governar, algo previsto como obrigatório nos termos do acordo de paz do território.

Este era o único país do Reino Unido onde ambos eram proibidos - permitia abortar apenas em casos em que a gravidez ameaçava a vida da mãe -, já que o aborto e o casamento gay são permitidos em terras vizinhas desde 1967.







Veja também em INTERNACIONAL


Covid-19: Autocarros com cidadãos retirados da China recebidos à pedrada na Ucrânia
Manifestantes temem que surto se espalhe pela Ucrânia com a chegada de um grupo de pessoas que ficará 14 dias de quarentena. Protesto violento já mereceu condenação e pedidos de compaixão...


Covid-19: Alteração do método de contagem de infetados por coronavírus gera dúvidas em Wuhan
É a sexta vez que a China faz mudanças na forma de contar infetados, o que preocupa os especialistas, por “não ajudar a [fazer] um levantamento rigoroso”...


Covid-19: “Vi coisas estranhas aqui mas isto tem sido o mês mais surreal da minha vida”: o relato da quarentena de um jornalista em Shanghai
Michael Smith é correspondente de um jornal australiano em Shanghai, na China, e esteve em quarentena durante oito dias. As regras variam de bairro para bairro e o poder vive muito nos ''exércitos de voluntários comunitários''. Afinal, como é estar...


“Que diabos foi aquilo?”. Trump critica filme “Parasitas” e cerimónia dos Óscares
Presidente sublinhou os “problemas comerciais” que existem com a Coreia do Sul e pediu o regresso de filmes como “E Tudo o Vento Levou”. Atacou ainda Brad Pitt...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News