Rondônia, - 18:13

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Catalunha. Manifestações provocam 199 detidos e 289 polícias feridos numa semana
Quase 200 pessoas foram detidas e 289 agentes da polícia ficaram feridos desde a passada segunda-feira nos protestos na Catalunha contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães, segundo fontes policiais
Publicado Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019, às 08:49 | Fonte Expresso - Portugal 0

 
 

JON NAZCA/REUTERS

Desde a passada segunda-feira, dia em que começaram os protestos, a polícia regional da Catalunha (Mossos d'Esquadra) deteve 157 pessoas, a Polícia Nacional 34 e a Guarda Urbana de Barcelona oito, o que equivale a 199 pessoas detidas no total.

Dos 199 detidos, 92 foram presos em Barcelona, 27 em Girona, 37 em Tarragona e 43 em Lleida.

Ao mesmo tempo, 289 agentes da polícia ficaram feridos: 154 Mossos d'Esquadra, 134 polícias nacionais - um deles em estado muito grave - e um Guarda Urbano.

Um total de 236 polícias ficaram feridos em Barcelona, 19 em Girona, 17 em Tarragona e outros 17 em Lleida.

As manifestações ocorridas durante a semana passada na cidade de Barcelona contra a sentença que condenou 12 dirigentes políticos catalães provocaram prejuízos no mobiliário urbano, pavimento e jardins da capital catalã, que a Câmara Municipal avaliou em mais de 2,5 milhões de euros.

Fontes da Câmara Municipal de Barcelona consultadas pela agência de notícias Efe indicaram que este balanço é provisório, uma vez que estão a calcular os efeitos de seis dias de protestos, nos quais os manifestantes queimaram um total de 1.035 contentores de lixo e reciclagem.

Semáforos e sinais de trânsito, caixotes de lixo, bancos, cercas e barreiras, guarda-sóis e outros elementos do mobiliário da cidade foram arrancados, o que levará alguns dias para repor totalmente.

Também se registaram danos em passeios e calçadas, jardins, postes de iluminação e canteiros de flores, que os serviços municipais tentam recuperar o mais depressa possível.

O Supremo Tribunal espanhol condenou, no dia 14, os principais dirigentes políticos envolvidos na tentativa de independência da Catalunha a penas que vão até um máximo de 13 anos de prisão.

A sentença motivou protestos de grupos de independentistas, que começaram no próprio dia e se têm repetido diariamente em Barcelona e em outras cidades da região autónoma, tendo ficado marcadas por confrontos entre grupos violentos e as forças de segurança.







Veja também em INTERNACIONAL


20 detidos em Paris após escaramuças com pequenos grupos de ''coletes amarelos''
A principal ação surpresa dos “coletes amarelos” foi a ocupação por dezenas de pessoas dos armazéns Galerias Lafayette, que a convocação nas redes sociais classificava de “um templo do consumo”....


Grupo armado mata oito pessoas, cinco das quais soldados
Um grupo armado atacou na última noite uma aldeia do Norte de Moçambique e matou oito pessoas, cinco das quais eram soldados. Ataque faz parte de onda de violência que dura há dois anos na região....


Oposição denuncia infrações em massa nas legislativas na Bielorrússia
A oposição na Bielorrússia denunciou infrações em massa nas eleições legislativas que decorrem este domingo nesta ex-república soviética, dirigida por Alexandre Lukashenko desde 1994....


Arnaut responsabiliza Pedro Marques por atrasos no novo aeroporto
O chairman da ANA considera que o atual ministro Pedro Nuno Santos recuperou ''três anos perdidos'' e acredita que o novo aeroporto do Montijo ''vai mesmo acontecer.''...

 
      

2019 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras
© 2007 - 2019 • Ernesto & Eugenio Comunicação

E-mail: [email protected]
Fone: (69) 9 9967-8787 (Operadora Oi - WhatsApp)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Política de privacidade e uso






 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News