Rondônia, - 02:44

 

Você está no caderno - Porto Velho
Porto Velho
Condenado a mais de 18 de reclusão homem que foi encarado pela vítima
O Conselho de sentença do 1º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho, composto por 6 mulheres e um homem, condenou Igor Silva Oziel...
Publicado Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, às 08:00 | Fonte Tribunal de Justiça de Rondonia 0

 
 

Divulgação/ Internet

O Conselho de sentença do 1º Tribunal do Júri da Comarca de Porto Velho, composto por 6 mulheres e um homem, condenou Igor Silva Oziel por ter matado, com vários tiros, Willian Costa do Nascimento. O crime foi por motivo fútil e que dificultou a defesa da vítima. A dosimetria da pena aplicada pelo juiz que presidiu o júri, Gleucival Zeed Estevão, foi de 18 anos e 6 meses de reclusão em regime fechado inicialmente. O apenado é reincidente (processo: 0012043-73.2016.8.22.0501/execução penal n.º: 0010206-12.2018.8.22.0501).

Segundo a sentença, no dia do crime a vítima estava trabalhando na casa de seu vizinho quando dois homens chegaram em uma moto e chamaram a vítima para conversar. Durante a conversa a vítima foi questionada pelo réu por que ele o encarava. Disso, iniciou uma discussão, tendo o acusado e o piloto da motocicleta ido embora. Porém, logo retornaram e Igor, que estava na garupa da moto, deu vários tiros na vítima. Segundo a sentença de pronúncia, a motivação do crime foi porque o réu sentiu-se incomodado pelo fato de Willian Costa ter lhe encarado.

Segundo a sentença condenatória, “o réu respondeu ao processo em liberdade, porém, encontra-se preso cumprindo pena pelo crime de tráfico de drogas, fato ocorrido posteriormente ao deste processo. Assim, com a devida vênia, tenho que a prisão, neste momento, revela-se adequada e a única eficaz para garantir a ordem pública, pois, em liberdade por este processo, Igor voltou a se envolver em crime, chegando, inclusive, a ser condenado definitivamente (processo: 0009861-46.2018.8.22.0501). Assim sendo, decreto a prisão preventiva de Igor Silva Oziel”.

Também atuaram no júri o promotor de Justiça Elias Chaquian Filho e o advogado de defesa Márcio Santana de Oliveira. O julgamento que iniciou às 08h30, encerrou as 14h50 desta quarta-feira.

Processo n. 0008944-27.2018.8.22.0501.

Assessoria de Comunicação Institucional









Veja também em Porto Velho


Semagric reúne apicultores para discutir projeto Mel do Porto
Trata-se de mais uma iniciativa da gestão Hildon Chaves para diversificar a produção rural ...


Reunião no MP discute criação de Rede Estadual de Ouvidorias Públicas
O Ouvidor do Ministério Público do Estado de Rondônia, Promotor de Justiça Héverton Alves de Aguiar, atual presidente do Conselho Nacional......


Representantes do Geap visitam TJRO para apresentação de planos de saúde
O presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, Walter Waltenberg, recebeu, na manhã de terça-feira, 8, a visita de representantes do Geap......


TRT da 14ª Região realizará leilão de veículos de sua frota nesta quinta, dia 10
Os veículos a serem leiloados não são provenientes de processos judiciais da Justiça do Trabalho...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News