Rondônia, - 08:26

 

Você está no caderno - Educação
Educação
Brasileiros dividem experiências e aprendizados de curso em Israel
Jovens estudantes contam o que aprenderam no curso de verão em um dos mais importantes centros de pesquisa do mundo, o Instituto Weizmann
Publicado Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2019, às 13:44 | Fonte R7 Notícias 0

 
 

Divulgação

Leonardo Azzi Martins conquistou uma bolsa de verão

O gaúcho Leonardo Azzi Martins, de 19 anos é um jovem inquieto. Ainda estudante do ensino médio no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-rio-grandense (IFSul), onde se formou no Curso Técnico Integrado em Mecatrônica, ele desenvolveu o projeto SmartLeg, uma prótese robótica para pernas.

A inspiração veio em tentar ajudar o avô, que em 2009 teve a perna amputada devido a uma trombose e tinha dificuldade de locomoção. “Quando vi que um grupo de jovens desenvolveu um mouse para pessoas deficientes, percebi que também sou capaz”, conta. Ao lado de mais dois colegas, Arthur Prestes e Luciano Sampaio, sob a orientação do professor Diego Lima, eles desenvolveram o protótipo que foi apresentado na Febrace (Feira de Ciências e Engenharia) na USP (Universidade de São Paulo) e em competições internacionais.

Leonardo também criou um projeto de pesquisa em que estudou a percepção sensorial e os mecanismos neurais de navegação de indivíduos cegos para desenvolver um dispositivo capaz de auxiliar estas pessoas em explorar ambientes urbanos.

Ele é um dos jovens talentos que conquistou uma bolsa para participar de um curso de verão durante o mês de julho no prestigiado Instituto Weizmann de Ciências, em Israel.

Ele vai dividir as suas experiências e projetos ao lado de outras bolsistas: Constanza Maria Reis da Silva Mariano, Natalia Von Staa e Patricia Honorato Moreira, no Weizzmann Talks na próxima terça-feira (17), na Congregação Israelita Paulista (CIP), em São Paulo. O evento é aberto ao público em geral.

“O Instituto Weizmann é uma instituição de pesquisa pura, que une laboratórios de ponta com a curiosidade dos pesquisadores, sem a pressão da indústria”, explica o empresário e presidente da Associação de Amigos do Weizmann no Brasil, Mario Fleck.

Para o curso de verão são selecionados 80 estudantes de todo o mundo e o Brasil enviou quatro representantes que passaram por um criterioso processo seletivo. “Os jovens escreveram uma redação em inglês e passaram por uma banca formada por cientistas”, conta Fleck. “Ao longo dos anos, mais de 70 estudantes brasileiros já participaram do curso.”

“Foi uma experiência muito rica, trocamos experiências com pessoas de todo o mundo, com visões muito diferentes”, conta Leonardo. “Um mês que mudou a minha vida.”

Serviço:
Weizmann Talks – Bolsistas 2019 da Escola de Verão do Instituto Weizmann de Ciências
Data: 17 de setembro de 2019 (terça-feira)
Horário: Welcome Coffee 19h30 – Apresentação 20h
Local:  Congregação Israelita Paulista (CIP) -  Rua  Antônio Carlos, 653
Inscrições: Inscrição: e-mail com nome completo e RG para:  [email protected]









Veja também em Educação


Instituições têm até 4 de outubro para atualizar cadastro do ProUni
Está aberto até as 23h59 de 4 de outubro o prazo para as instituições de ensino superior privadas atualizarem o cadastro do Programa Universidade para Todos (ProUni)...


Os adolescentes infratores que brilham na Olimpíada de Matemática
Internados na Fundação Casa, em São Paulo, tiveram boas notas e se classificaram para fase final de competição, mesmo tendo a educação interrompida em diversos momentos da vida...


Último dia para escolas definirem livros didáticos de 2020 para 6º e 9º anos
O prazo final para diretores de escolas públicas com turmas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental indicarem quais livros didáticos serão usados nos próximos quatro......


MEC quer enviar ao Congresso em outubro texto do programa Future-se
O Ministério da Educação (MEC) pretende enviar ao Congresso Nacional, no início de outubro, texto que definirá o programa Future-se......

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News