Rondônia, - 08:23

 

Você está no caderno - Educação
Educação
Ex-doméstica, aprovada na OAB, é a nova advogada brasileira
Uma ex-doméstica do Distrito Federal é a nova advogada brasileira
Publicado Quinta-Feira, 12 de Setembro de 2019, às 13:41 | Fonte Só Notícia Boa 0

 
 

Foto: reprodução/Metrópoles/Hugo Barreto

Cosma, a nova advogada

Uma ex-doméstica do Distrito Federal é a nova advogada brasileira.

Cosma Anastácia do Nascimento, 46 anos, se formou bacharel em direito e estudava desde novembro de 2018 para ser aprovada no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).  E conseguiu nessa terça-feira, 10.

Agora ela tenha outra meta: Cosma sonha em advogar e fazer magistratura.

“Ser aprovada é um sentimento que não consigo definir, mas que possui um significado muito grande para mim. É a realização de um sonho. Agora, tenho planos de fazer concurso público, sonho com a magistratura. O primeiro passo, porém, é advogar”, disse ao Metrópoles.

História

Cosma nasceu no Piauí e trabalhava como frentista no estado.

Ainda jovem, largou o emprego, os estudos e uma filha de apenas 10 meses de idade na cidade natal e veio para a capital federal atrás do sonho de fazer Direito.

Mas, como abandonou a escola, ela não encontrava emprego para se sustentar, voltou à sala de aula e concluiu o ensino médio aos 29 anos, em 2002.

Para se manter no Distrito Federal e financiar a graduação em direito, ela trabalhou como manicure, diarista, cozinheira, garçonete, doméstica e agente funerária.

Inspiração

Em um de seus vários empregos, Cosma pôde se aproximar da área jurídica

“Quando trabalhei como doméstica na casa de dois desembargadores, pude acompanhar de perto a rotina deles, além de admirar a postura dos dois. Esse trabalho permitiu que eu retomasse um sonho que havia guardado na gaveta, foi algo muito importante pra mim”, explica.

Aos 40 anos se matriculou em direito na faculdade Fortium.

Lá, cursou três semestres até conseguir transferência para o Instituto Público de Direito (IDP). Então, concluiu os estudos e formou-se bacharel em direito aos 45 anos, em novembro de 2018.

A área de direito penal é o campo em que ela almeja trabalhar.

A influência veio do contato com a docente Cristiane Damasceno, responsável por ministrar a disciplina.

“Minha afinidade e admiração por essa professora, com quem mais tive aulas, teve um peso muito grande na decisão. Vejo a advocacia como algo que tenho vocação e me abre outras portas. Posso dar aulas e até seguir uma carreira pública”, afirma Cosma.

Ajuda

Para chegar à aprovação, a bacharel contou com a ajuda do advogado mais jovem do Brasil, Mateus de Lima Costa Ribeiro, que recebeu sua carteira na Seccional da OAB do DF em julho de 2018, com apenas 18 anos.

Ao lado da bacharel em direito, o jovem teve a ideia de criar o reality show “Quem quer ser um advogado?”, onde acompanharia a rotina de estudos de Cosma até o dia da prova.

Deu certo. Hoje, a ex-doméstica é advogada e agradece pelo apoio.

Com informações do Metrópoles

 









Veja também em Educação


Instituições têm até 4 de outubro para atualizar cadastro do ProUni
Está aberto até as 23h59 de 4 de outubro o prazo para as instituições de ensino superior privadas atualizarem o cadastro do Programa Universidade para Todos (ProUni)...


Os adolescentes infratores que brilham na Olimpíada de Matemática
Internados na Fundação Casa, em São Paulo, tiveram boas notas e se classificaram para fase final de competição, mesmo tendo a educação interrompida em diversos momentos da vida...


Último dia para escolas definirem livros didáticos de 2020 para 6º e 9º anos
O prazo final para diretores de escolas públicas com turmas do 6º ao 9º ano do ensino fundamental indicarem quais livros didáticos serão usados nos próximos quatro......


MEC quer enviar ao Congresso em outubro texto do programa Future-se
O Ministério da Educação (MEC) pretende enviar ao Congresso Nacional, no início de outubro, texto que definirá o programa Future-se......

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News