Rondônia, - 20:11

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Notícias da Amazônia
Programa disponibiliza R$ 800 mil para criação de empresas inovadoras no Amapá
Serão selecionados 15 projetos, que poderão acessar até R$ 53 mil. As inscrições ocorrem de 11 de setembro a 25 de outubro, pela internet
Publicado Quarta-Feira, 11 de Setembro de 2019, às 16:41 | Fonte Governo do Estado do Amapá 0

 
 

Divulgação/ Internet

As inscrições para o Programa Centelha Amapá abriram nesta quarta-feira, 11, e seguem até o dia 25 de outubro. O objetivo do programa é criar empreendimentos inovadores, a partir da geração de novas ideias, e a disseminação da cultura do empreendedorismo inovador.

O programa foi lançado no Amapá em julho, pelo governo do Estado e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep). A iniciativa é do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com promoção da Finep para estimular a criação de empresas inovadoras em setores estratégicos em todo o país.

Cada projeto poderá receber o valor de até R$ 53 mil. O recurso disponibilizado para o programa é de R$ 800 mil, sendo R$ 600 mil oriundos da Finep, e R$ 200 mil do Governo do Amapá. As inscrições no programa estão disponíveis em www.programacentelha.com.br/ap.

Em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa (Confap), o Centelha é operado pela Fundação CERTI e executado no Amapá pela Fundação de Amparo à Pesquisa (Fapeap).

De acordo com a diretora-presidente da Fapeap, Mary Guedes, o Centelha é aberto a todos. “O Programa abre espaço para participação de todos os cidadãos do Estado, tanto para inscrever suas ideias como para interagir com os empreendedores e consolidar uma forte rede de apoio ao empreendedorismo inovador”, pontua a Guedes.

Como funciona

Na primeira fase do Programa Centelha, os interessados deverão apresentar suas ideias de negócio e a equipe de trabalho. O objetivo é verificar se a proposta é inovadora, se traz benefícios para a região e o seu potencial de mercado. Passam para a segunda fase até 200 propostas, e os selecionados devem, então, elaborar um projeto de empreendimento, detalhando o plano de negócio executivo com o objetivo de demonstrar as chances da ideia gerar um bom negócio.

A terceira fase – pela qual passam até 100 das propostas ainda em jogo – consiste no desenvolvimento de um projeto de fomento, com apresentação detalhada do orçamento e do planejamento de execução do projeto. Ao longo de todas as etapas são oferecidas capacitações para auxiliar o empreendedor a aprimorar sua ideia e desenvolver seu negócio.

Ao final, até 15 projetos serão contemplados, cada um com R$ 53 mil em subvenção econômica, além de outros benefícios oferecidos por parceiros do programa. Durante seis meses, essas empresas passarão por um processo de pré-incubação com suporte e capacitação para transformar suas ideias em negócios de sucesso.

O Programa Centelha contribuirá para o estabelecimento da ponte entre academia e indústria no Amapá, já que muitas das ideias vêm de pessoas ainda na universidade, tanto de cursos de graduação como de pós-graduação.

Por: Rafael Aleixo







Veja também em Notícias da Amazônia


Foragido preso em RR exibia armas em redes sociais e postou até vídeo dançando com pistola
Imagens de Anderson Rodrigues de Souza, suspeito de integrar facção, chegaram até a polícia durante investigações. Ele foi preso nessa terça-feira (19)...


Governadores pedem que R$ 430 milhões sejam repassados diretamente para os estados para preservação da Amazônia
Petição foi entregue ao ministro Alexandre de Moraes na tarde desta quarta-feira, após reunião dos 9 estados com o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles...


Alunos da rede estadual participam de caminhada pela conscientização étnica-racial no Amazonas
Ação teve como o objetivo sensibilizar a população sobre a contribuição da cultura negra à sociedade brasileira ...


Prosamim recebe comitiva de arquitetos e urbanistas da França durante intercâmbio técnico de saneamento e habitação
 Um grupo de arquitetos e urbanistas franceses conheceram nesta semana as futuras áreas de intervenção e um residencial do Programa Social e......

 
      

2019 - ARIQUEMES ONLINE - Informação Sem fronteiras
© 2007 - 2019 • Ernesto & Eugenio Comunicação

E-mail: [email protected]
Fone: (69) 9 9967-8787 (Operadora Oi - WhatsApp)
Porto Velho - Rondônia - Brasil

Política de privacidade e uso






 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News