Rondônia, - 07:33

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Procuradoria de Milão investiga alegado financiamento russo à Liga de Salvini
A investigação foi aberta depois de o portal de notícias norte-americano BuzzFeed retomar informações inicialmente avançadas pelo semanário italiano...
Publicado Sexta-Feira, 12 de Julho de 2019, às 11:27 | Fonte Expresso – Portugal 0

 
 

EMANUELE CREMASCHI/GETTY

A Procuradoria de Milão anunciou a abertura de uma investigação a um alegado financiamento da Rússia ao partido de extrema-direita Liga, do vice-primeiro-ministro e ministro do Interior, Matteo Salvini, que nega as acusações, noticiou esta sexta-feira a imprensa italiana.

A investigação, por suspeita da corrupção internacional, está a cargo dos procuradores Fabio de Pasquale, Gaetano Ruta e Sergio Spadaro, segundo fontes judiciais citadas pela imprensa.

A investigação foi aberta depois de o portal de notícias norte-americano BuzzFeed retomar informações inicialmente avançadas pelo semanário italiano L'Espresso e publicar uma gravação áudio de uma reunião, em outubro de 2018, de um colaborador próximo de Salvini e responsáveis do Kremlin sobre um esquema de vendas de petróleo para financiamento de vários milhões de dólares ao partido italiano.

Segundo o L'Espresso e o BuzzFeed, o esquema previa que uma empresa russa vendesse petróleo a uma empresa italiana por um preço abaixo do mercado e a diferença seria entregue à Liga.

Ambos os 'media' referem não ter provas de que o acordo tenha sido finalizado, que o petróleo tenha sido vendido ou que a Liga tenha recebido os fundos.

O vice-primeiro-ministro italiano, cujo partido foi o mais votado de Itália nas eleições europeias de maio, negou veementemente as acusações: "Nunca recebi um rublo, um euro, um dólar ou um litro de vodka da Rússia", afirmou na quarta-feira, após a publicação de novas informações.

Na quinta-feira, num dos vídeos em direto que publica regularmente no Facebook, Salvini voltou a negar que o seu partido tenha recebido fundos russos.

"Zero, zero. Quem disser o contrário mente. Somos incómodos para alguém, isso é óbvio para mim", disse, afirmando que desde que está no Governo, há menos de ano e meio, recebeu várias ameaças de morte.

No Parlamento de Itália, o Partido Democrata (centro-esquerda, oposição) pediu formalmente na quinta-feira a constituição de uma comissão de inquérito ao caso, na qual quer ouvir Salvini, o jornalista do BuzzFeed, o embaixador de Itália em Moscovo e o embaixador da Rússia em Roma, além de Gianluca Savoini, o membro da Liga que terá participado na reunião.

Segundo a imprensa italiana, Savini é presidente da associação cultural Lombardia-Rússia e é casado com uma russa, assegurando os contactos da Liga com personalidades russas.

LUSA
 









ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


FocusEconomics prevê estagnação económica em Angola este ano
Segundo a FocusEconomics, o crescimento angolano estará em baixa devido ao aumento das importações e da queda do setor petrolífero. Em 2020, prevê-se um aumento de 1,6% do PIB....


Coreia do Sul acusa Japão de violar lei internacional
Governo japonês restringiu exportações de tecnologia ...


Japão. Shinzo Abe garante lugar na História mas fica abaixo de votação necessária para mudar Constituição
Aquele que será brevemente o primeiro-ministro há mais tempo em funções no país tentou minimizar a importância de não ter conseguido os assentos necessários para......


Irã nega que EUA tenham destruído drone no Estreito de Ormuz
O Irã negou nesta sexta-feira a declaração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de que um navio de guerra americano destruiu um drone iraniano próximo ao......

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News