Rondônia, - 16:56

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Delta Airlines testa Wi-Fi gratuito em voos selecionados
Empresa inicia fase de testes de duas semanas de Internet gratuita, que permite enviar e-mails e mensagens, fazer compras e verificar redes sociais, mas deixa de fora reprodução de conteúdo
Publicado Terça-Feira, 14 de Maio de 2019, às 10:00 | Fonte Olhar Digital 0

 
 

 


A partir desta segunda-feira, 13, passageiros dos voos da Delta Airlines poderão navegar pela Internet gratuitamente. A empresa colocou em prática um teste de duas semanas em todas as cabines de rotas selecionadas de curta, média e longa distância. Este é o primeiro passo da companhia aérea para oferecer Wi-Fi livre como parte principal do pacote gratuito de entretenimento a bordo.

O diretor de produtos a bordo da Delta, Ekrem Dimbiloglu, explicou que a ideia por trás do Wi-Fi livre é oferecer uma experiência de conectividade de voo semelhante a outros momentos de viagens, em que as pessoas estão acostumadas a ter acesso gratuito às redes.

A fase de experimentação não permite a reprodução de conteúdo, mas passageiros ainda podem navegar, enviar e-mails e mensagens, fazer compras online e verificar redes sociais – tudo gratuitamente. O serviço de Wi-Fi para compra e o envio gratuito de mensagens móveis continuam disponíveis durante o período de testes.

Dimbiloglu afirmou que o teste é fundamental para ajustar o programa de rede gratuita, “altamente complexo, que exige muito mais criatividade, investimento e planejamento do que apertar uma tecla”. Com os resultados da experiência, a empresa vai avaliar o desempenho do sistema, bem como buscar entender as preferências e feedbacks do cliente. O executivo observou que, devido à magnitude do projeto, provavelmente serão necessárias várias outras fases de teste para poder entregar um produto completo e satisfatório.

Os trechos de voos escolhidos serão alterados diariamente. Passageiros de rotas selecionados serão informados sobre a gratuidade do Wi-Fi por meio de uma notificação por e-mail e pelo aplicativo Fly Delta.

Atualmente, a linha aérea norte-americana oferece Wi-Fi pago em quase todos os voos das redes domésticas e internacionais, que inclui mais de 300 destinos em 50 países, entre eles São Paulo, Amsterdã, Boston, Detroit, Los Angeles, Cidade do México, Nova York, London, Paris e Tóquio. A empresa tem forte presença no setor aéreo da América Latina e pretende ampliar os negócios na região. Para isso, firmou acordos exclusivos de longo prazo com a GOL, Aeroméxico e a Aerolíneas Argentinas.

Não é a primeira vez que a Delta oferece serviços gratuitos. Em 2016, a companhia foi a primeira linha aérea global a abandonar o modelo pago de entretenimento a bordo e oferecer conteúdo totalmente gratuito nas centrais dos voos (telas embutidas na parte de trás das poltronas) e nos dispositivos pessoais dos passageiros. Um ano depois, foi pioneira na disponibilização de mensagens móveis gratuitas e vem investindo bilhões de dólares para aumentar a quantidade de telas nos assentos.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


'Desmembrar o Facebook não resolve nada', afirma diretora operacional da rede social
Sheryl Sandberg também afirma que a plataforma tem planos prontos contra a interferência eleitoral para 2020...


Samsung começa as vendas do Galaxy A70 nas lojas brasileiras
Intermediário premium da gigante sul-coreana chega ao Brasil para ser o sucessor natural do Galaxy A7 e custará R$ 2.499...


Como um grupo de memes do Facebook mostrou a fragilidade de moderação da rede social
Popular grupo de memes foi banido com base em infundadas denúncias de discurso de ódio no começo da semana; Facebook voltou atrás e reconheceu o erro...


Facebook começa a desenvolver criptomoeda na Suíça, mas por quê?
Libra Networks é uma subsidiária da empresa aberta na Suíça e que deve cuidar de projetos com blockchain...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News