Rondônia, - 08:14

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Justiça condena Palocci por improbidade administrativa
O juiz Reginaldo Siqueira, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ribeirão Preto, condenou o ex-ministro Antonio Palocci por improbidade administrativa cometida em 2002, quando o petista era prefeito de Ribeirão Preto (SP).
Publicado Sábado, 13 de Abril de 2019, às 12:12 | Fonte Poder 360 0

 
 

© José Cruz O ex-ministro Antonio Palocci cumpre prisão domiciliar desde novembro de 2018

 

O juiz Reginaldo Siqueira, da 1ª Vara da Fazenda Pública de Ribeirão Preto, condenou o ex-ministro Antonio Palocci por improbidade administrativa cometida em 2002, quando o petista era prefeito de Ribeirão Preto (SP). O despacho, divulgado pelo jornal Estado de S.Paulo nesta 6ª feira (12.abr.2019), é do dia 29 de março.

Palocci teve direitos políticos suspensos por 5 anos e terá que pagar cerca de R$ 2 milhões em multas por “irregularidades e atos lesivos ao patrimônio público”.

“O requerido, no ano de 2002, durante sua gestão como prefeito do Município de Ribeirão Preto, praticou irregularidades e atos lesivos ao patrimônio público”, diz o juiz, ao resumir as acusações do Ministério Público.

O petista já havia sido condenado em outubro de 2016 por corrupção e lavagem de dinheiro pelo ex-juiz Sérgio Moro na Lava Jato. Palocci cumpre pena de 12 anos em prisão domiciliar desde novembro de 2018. O político fechou acordo de delação premiada com a Polícia Federal em março do mesmo ano.

A ação de quando ele ainda era prefeito foi movida pelo MPE (Ministério Público Estadual) em 2006, após o TCE (Tribunal de Contas do Estado) analisar as contas de 2002 da Prefeitura.

A defesa de Palocci negou as acusações do MPE. “[Palocci] não praticou qualquer irregularidade ou ato de improbidade administrativa, pois além das contas do exercício de 2002 já terem sido aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, também não há prova da ocorrência dos fatos alegados nem de sua relação com o cometimento de qualquer deles”, disse em nota.

 









Veja também em NACIONAL


Justiça ouve militares acusados de atingir carro em que morreu músico
A Justiça Militar Federal ouve, na próxima segunda-feira, (26), integrantes da PM do Rio de Janeiro, testemunhas de defesa dos 12 militares do Exército acusados pela morte do músico......


Polícia Federal deflagra 64ª Fase da Operação Lava Jato
Operação Pentini cumpre 12 mandados de busca e apreensão em São Paulo e no Rio de Janeiro ...


Presidente determina ação de ministérios para combater fogo na Amazônia
Medida foi publicada em edição extra do Diário Oficial da União ...


Ibama vai contratar brigadas para prevenir e combater incêndios
A portaria autorizando a medida está publicada no Diário Oficial ...

 


ads2507



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News