Rondônia, - 00:39

 

Você está no caderno - Polícia
operação da PF
Operação Comboio investiga organização criminosa especializada em contrabando de cigarros paraguaios
PF e PRF investigam grupo criminoso que contrabandeava grandes cargas de cigarros paraguaios na região Sul
Publicado Quinta-Feira, 14 de Março de 2019, às 17:26 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

  
 
 

Viatura da Polícia Federal

Chapecó/SC – A Polícia Federal, juntamente com a Polícia Rodoviária Federal, desencadeou hoje (14/3) a Operação Comboio, para desarticular organização criminosa especializada no contrabando de cigarros paraguaios. O grupo atuava no Rio Grande do Sul e no Paraná.

A investigação teve início com a apreensão de um caminhão bitrem carregado de cigarros em Bom Jesus/SC, no dia 10/01/2018. Na ocasião, foram presas em flagrante 08 pessoas e a carga de cigarros foi avaliada pela Receita Federal em R$ 2,1 milhões.

Participam da operação 60 policiais federais e policiais rodoviários federais. Eles dão cumprimento a 14 mandados de busca e apreensão e a 9 mandados de prisão preventiva, nas cidades de Arroio Trinta/SC, Altônia/PR, Caxias do Sul/RS, Canoas/RS e Taquara/RS.

Nos autos do inquérito policial que apura os fatos, foram identificados os principais integrantes de uma organização criminosa radicada no Rio Grande do Sul que, utilizando-se de entrepostos no Estado do Paraná, transportava regularmente cargas de cigarro contrabandeado ocultas em caminhões com grande capacidade de carga.

Constatou-se que o grupo agia transportando as cargas do Paraguai até entreposto (depósito) localizado no Estado do Paraná. A partir do depósito, as cargas eram carregadas em outros caminhões, adquiridos pelo grupo especialmente para o transporte, para distribuição no Rio Grande do Sul e litoral de Santa Catarina.

O grupo criminoso, em diversas ocasiões, fez uso de caminhão baú contendo pintura e emblema do serviço SEDEX da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, como forma de burlar a fiscalização - o caminhão baú com inscrição SEDEX foi apreendido em 26/10/2018, no Município de Bituruna/PR, quando transportava 277.000 maços de cigarro contrabandeado.

Desde o início da operação, foram presas em flagrante 18 pessoas envolvidas com a organização, além de apreendidos 7 caminhões, os quais transportavam quase 2 milhões de maços de cigarros contrabandeados, mercadoria avaliada pela Receita Federal em aproximadamente R$ 10 milhões – somente em impostos sobre a importação e IPI teriam sido sonegados cerca de R$ 6,4 milhões de reais.

Os envolvidos estão sujeitos a indiciamento pelos crimes de contrabando (art. 334-A do Código Penal) e organização criminosa (art. 2o da Lei 12.850/2013), cujas penas somadas podem chegar a 13 anos de prisão.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Polícia


Operação Vitare Periculum investiga ameaça em Instituto Federal na Paraíba
A operação contou com a participação de cerca de 10 policiais federais, sendo realizado o cumprimento de um mandado de busca e apreensão...


PF combate o tráfico de drogas em São Mateus/ES
A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (17/4) a Operação Ares, com objetivo de combater o tráfico de drogas no município de São Mateus/ES....


PRF apreende quase 160 kg de cocaína pura em Ji-Paraná - vídeo
O homem confessou ter comprado a droga por R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) em Porto Velho/RO e que pretendia vendê-la...


Bebê de um ano morre após comer bolo feito pela mãe, no Acre
De acordo com a Delegacia Geral de Polícia Civil do município — que investiga o caso — a mãe da criança, Kelly Melo de Almeida Silva, contou que comprou uma massa pronta e convidou a família para lanchar. ...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News