Rondônia, - 11:08

 

Você está no caderno - Rondônia
abusos da energisa em rondônia
O povo precisa continuar lutando, diz deputado sobre os abusos da Energisa em Rondônia
O povo precisa continuar lutando contra. E todos nós precisamos agir para não deixar o povo nesse problema
Publicado Quarta-Feira, 20 de Fevereiro de 2019, às 11:06 | Fonte Assessoria de Comunicação 0

 
 

É desrespeitoso e imoral o que se faz no Estado de Rondônia. A frase foi dita pelo deputado estadual Lazinho da Fetagro (PT), em pronunciamento ontem na sessão ordinária da Assembleia Legislativa ao abordar, criticamente, o aumento da taxa de energia elétrica em mais de 27 por cento.

 

Para o deputado essa situação é uma clara definição dos impactos de um modelo de governo que defende e trabalha a privatização. “O aumento da energia em Rondônia é resultado dessa política de governo”. O deputado defendeu que é preciso aprofundar o debate acerca do tema para se compreender a causa do aumento, uma vez que só se fala dos efeitos dessa política aplicada, e que é prejudicial à população.

 

O deputado Lazinho chamou a toda classe política rondoniense para união de debates e ações, bem como a população para lutar e enfrentar essa questão para uma reversão desse aumento considerado abusivo na energia elétrica.

“O povo precisa continuar lutando contra. E todos nós precisamos agir para não deixar o povo nesse problema, pois tem gente que não vai conseguir pagar a conta de luz”, afirmou.

 

Ainda em crítica ao governo, esclareceu que “se a empresa teve concessão em contrato para esse aumento abusivo é porque houve concessão do estado brasileiro para isso. A agência reguladora permitiu isso”, disse.

 

Governo federal

 

O deputado foi incisivo ao criticar o governo federal, desde a gestão de Michel Temer a atual, pelo já descrito modelo de política inserida no País que retira direitos dos trabalhadores, principalmente. Exemplificou ao pontuar o estouro no preço do combustível, a quebra na sequência do aumento do salário mínimo, o fim de políticas públicas para o campo, entre outras que, de acordo com o deputado, reflete na vida dos trabalhadores e dos municípios. Destacou ainda como irresponsável e má gestão desse governo pela proposta de reforma da Previdência Social, que impede a conquista da aposentadoria e deixa passar a que seria justa cobrança de débitos da previdência por grandes empresas.

 

“Esse governo que está aí resolveu privatizar tudo. Age a troco de concessão a grandes empresas e tira do povo. Precisamos discutir sobre esse modelo de governo. O país não cresce concentrando renda”.

 

Alertou ao atual governo que pare de falar do passado e governe para o povo brasileiro sem acabar com todas as conquistas da classe trabalhadora. E desejou que todos culpados reconheçam seus erros e os assumam. E reforçou para que o povo de Rondônia vá para rua e se manifeste contra o aumento da energia. 

 







Veja também em Rondônia


Vítima de acidente de moto, morre Wilson Evaristo do Banco da Amazônia
Evaristo pegou a estrada para negociar uma motocicleta e numa curva perdeu a direção do veículo......


Atividades presenciais no Incra em Rondônia estão suspensas
Atividades presenciais no Incra em Rondônia estão suspensas até 30 de maio...


Polícia acaba com “Corona Fest” em Vilhena, prende 5 e morador provoca: “por que você tá bravo? Não transou hoje?”
Garota de 22 anos que se passava por advogada responderá por falsidade ideológica...


Equipe de fiscalização do DER supervisiona mais de 174 ações no Estado de Rondônia
Equipe composta por engenheiros e arquitetos da Coordenadoria de Infraestrutura, Ações Urbanísticas e Serviços Públicos (Cinfra)...

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News