Rondônia, - 09:39

 

Você está no caderno - NACIONAL
fiscalização em barragens
Marcos Rogério propõe mais fiscalização em barragens para evitar acidentes como Brumadinho
Não há dinheiro que traga de volta quem se foi; não há pagamento que alivie a dor de quem perdeu um ente querido...
Publicado Terça-Feira, 19 de Fevereiro de 2019, às 18:51 | Fonte Ludmila Lucas - Assessoria 0

 
 

Agência Senado

O senador Marcos Rogério (DEM)

Na abertura dos trabalhos na Comissão de Infraestrutura, nesta terça-feira (19/02), o senador Marcos Rogério (DEM-RO) manifestou misto de satisfação e pesar. Satisfação pela renovação no Parlamento, e pesar pelos recentes desastres ambientais. Presidente da comissão, Marcos Rogério lembrou dos acidentes com barragens nas cidades de Brumadinho e Mariana, ambas em Minas Gerais.

 



“As perdas em Mariana e Brumadinho são colossais, a dor é grande demais e a reparação é insuficiente. Não há dinheiro que traga de volta quem se foi; não há pagamento que alivie a dor de quem perdeu um ente querido; não há indenização que apague o trauma da memória dos sobreviventes”, apontou o senador.

Marcos Rogério propôs à comissão um trabalho mais fiscalizador para evitar novos acidentes ambientais. “Eu conclamo às Vossas Excelências à nos debruçarmos sobre o problema das barragens no Brasil, em especial sobre o que aconteceu em Brumadinho, de forma que possamos evitar que catástrofes como essa se repitam”, apontou.

 


O colegiado aprovou requerimento para convite ao ministro da Infraestrutura,Tarcísio de Freitas, além de representantes da ANTT, Vale e Valec, para prestar esclarecimentos à comissão. Também foram aprovados requerimentos para realização de duas audiências públicas, uma delas para discutir as Políticas Públicas necessárias para a atuação da garimpagem, Micro e Pequena Mineração no país, e a segunda para discutir a Ferrovia de Integração Centro Oeste – FICO.



A próxima reunião será realizada na próxima terça-feira (26), e deve discutir dois projetos de lei. O primeiro deles é o PL 712/18, que estimula o uso de fontes renováveis na matriz energética. O segundo é o PL 67/2018, que tem por objetivo incluir no Plano Nacional de Viação a rodovia TransCarajás, que representa importante eixo rodoviário estruturante entre a rodovia BR-153, na região de Araguaína, no Estado do Tocantins.







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 48 milhões
Nenhum apostador acertou os números sorteados pela Caixa Econômica Federal na Mega-Sena deste sábado (25), concurso 2.154. ...


Bolsonaro diz que enviará proposta de reforma tributária ao Congresso
Segundo o presidente, após aprovação da nova previdência, questão dos impostos terá a atenção do governo...


Mais da metade das aposentadorias nos Estados e municípios são especiais
Dados foram apresentados pelo secretário adjunto de Previdência, Narlon Gutierre...


Câmara não conclui votação da reforma administrativa e nova sessão é convocada
''O clima ficou pesado, achei melhor encerrar a sessão'', disse Maia...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News