Rondônia, - 02:17

 

Você está no caderno - Economia
Contribuição sindical não é obrigatório
Recolhimento da contribuição sindical não é obrigatório
Contribuição sindical não é tributo e depende de autorização do trabalhador.
Publicado Segunda-Feira, 18 de Fevereiro de 2019, às 13:27 | Fonte Migalhas 0
https://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=359605&codDep=20" data-text="Recolhimento da contribuição sindical não é obrigatório

  
 
 

Contribuição sindical não é tributo e depende de autorização do trabalhador. Assim entendeu o juiz do Trabalho Fábio Trifiatis Vitale, da vara de Mogi Mirim/SP, ao negar pedido de sindicato para que fosse reconhecida a inconstitucionalidade da reforma trabalhista e, consequentemente, recolhida a contribuição sindical.

 

O sindicato dos trabalhadores nas indústrias químicas e farmacêuticas e materiais plásticos de Jaguariúna, Pedreira e Amparo ingressou com ação condenatória de obrigação de fazer contra uma indústria de plásticos para que a empresa seja condenada a recolher a contribuição sindical referente ao valor de um dia de trabalho de cada trabalhador.

 

Ao analisar o pedido, por sua vez, o magistrado destacou que a exigência de contribuição sindical afronta a ideia de liberdade sindical. "Ideal seria se as entidades sindicais fossem formadas de modo espontâneo, livre de qualquer intervenção estatal, sendo que o controle seria executado pelos próprios sindicalizados, que fiscalizariam a atuação dos dirigentes por meio de prestação de contas", destacou.

 

Na sentença, destacou que a CLT sempre disciplinou a matéria e, com a reforma, tornou facultativa a obrigação.

 

"A Contribuição Sindical não pode ser equiparada a tributo, pois não se insere em nenhuma das suas espécies: imposto, taxa ou contribuição social. Além disso, o Sindicato é uma instituição privada, não sofre fiscalização pelo Tribunal de Contas, sendo antidemocrática a compulsoriedade da obrigação. Não há, pois, exigência de Lei Complementar para disciplinar a matéria."

 

Por essas razões, afirmou não vislumbrar qualquer inconstitucionalidade nos artigos 545, 578, 579, 582, 587 e 602 da CLT, julgando improcedentes os pedidos.

 

O sindicato ainda foi condenado a arcar com honorários de sucumbência, no importe de R$ 3 mil, e custas processuais.

 

O escritório Lemos e Associados Advocacia representa a empresa.

 

Processo: 0010395-16.2018.5.15.0022







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Economia


PIB: Brasil cresceu 1,1% em 2018, diz IBGE
Destaque é o setor de serviços, que teve alta de 1,3%...


Pesquisa CDL: Seis em cada dez consumidores brasileiros devem cair na folia durante o Carnaval
No geral, 39% dos entrevistados pretendem viajar no feriado e 37% vão curtir os bloquinhos de rua...


Sucessor de Raúl Castro herdará Cuba muito diferente da deixada por Fidel
...


Apagão de março foi causado por falha humana, afirma ONS
...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News