Rondônia, - 16:42

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Crise em Roraima
Rosa Weber faz reunião para discutir crise em Roraima
A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, se reúne nesta sexta (9) à tarde com a procuradora-geral de Roraima, Vanessa Freitas, e o senador Telmário Mota (PTB-RR).
Publicado Sábado, 10 de Novembro de 2018, às 08:51 | Fonte Amazonia.org.br 0

  
 
 

Divulgação - Internet

 

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, se reúne nesta sexta (9) à tarde com a procuradora-geral de Roraima, Vanessa Freitas, e o senador Telmário Mota (PTB-RR). O encontro ocorre no momento em que o Ministério Público pede intervenção federal no sistema prisional do estado e permanece a polêmica das autoridades estaduais na tentativa de impedir o ingresso de venezuelanos na região.

Oficialmente, a pauta é para tratar da Ação Civil Originária (ACO) 3121, impetrada pelo governo de Roraima que pede à União o fechamento temporário da fronteira entre o Brasil e a Venezuela, impedindo a entrada desordenada de cidadãos venezuelanos no estado.

A Presidência da República e a Advocacia-Geral da União se manifestaram, em agosto, contrariamente a qualquer medida que venha a impedir o ingresso dos venezuelanos no Brasil.

O presidente eleito Jair Bolsonaro também afirmou, em várias ocasiões, que é necessário ajudar os imigrantes que buscam melhores condições de vida no Brasil. Porém, em Roraima, autoridades estaduais insistem no fechamento da fronteira.

Crise

Ontem (8), a procuradora-geral, Raquel Dodge, pediu a intervenção federal no sistema prisional de Roraima por acreditar que o crime organizado domina o ambiente, impossibilitando a ação do estado. Ela sugere que a intervenção seja mantida até 31 de dezembro deste ano. O pedido está em processo de análise.

No ofício, encaminhado ao presidente Michel Temer, Raquel Dodge descreve diversos problemas constatados nos presídios locais e destaca que a situação está à beira de um colapso.

A procuradora cita ainda problemas como a interrupção do pagamento de contratos referentes à prestação de serviços prisionais e socioeducativos, falta de pagamento de pessoal e descontrole da administração das unidades, tortura, chacinas e fugas de internos.

Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Renata Giraldi e Graça Adjuto

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Notícias da Região Norte


Negócios são linha de defesa crítica contra desmatamento no Brasil, afirma consultoria internacional
Um boletim informativo divulgado semana passada analisa quatro empresas do setor privado que podem sofrer riscos materiais, financeiros, de acesso a mercados e de reputação ao se associarem com o desmatamento da Amazônia. ...


Incêndios florestais: Amajari queima com o fogo
Tomado pelo fogo, Roraima já registrou 2.690 focos de calor este ano....


Bebê morre dentro de carro esquecido pelo pai
Um bebê de 1 anos e 4 meses morreu após ser esquecido durante 3 horas dentro de um carro pelo pai....


Tocantins: Condições precárias na TO-020 dificultam tráfego de veículos e provocam acidentes
Uma mulher, que pediu para não ser identificada, fez o registro de um acidente, quando passava pelo local neste domingo (24)....

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News