Rondônia, - 14:25

 

Você está no caderno - Notícias da Região Norte
Intervenção em prisões de Roraima
Ministério Público de Roraima pede intervenção em prisões do estado
Medida foi defendida na quarta-feira pela procuradora Raquel Dodge
Publicado Sábado, 10 de Novembro de 2018, às 08:25 | Fonte Amazonia.org.br 0

 
 

Divulgação - Internet

 

O Ministério Público (MP) de Roraima divulgou nesta quinta (8) nota na qual pede intervenção federal no sistema prisional do estado.

O pedido de intervenção foi feito um dia anterior (7) pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge. Segundo a procuradora, a medida é necessária por causa das péssimas condições das unidades prisionais e da falta de atuação das autoridades estaduais.

O Ministério Público estadual informou que vem monitorando a situação por meio de um grupo criado depois das chacinas da Penitenciária Agrária de Monte Cristo (Pamc), em outubro de 2016 e janeiro de 2017, que terminaram com 33 detentos mortos. “Ocorre que, passados quase dois anos das barbáries praticadas dentro da Pamc, nenhuma providência efetiva foi adotada pelo governo estadual para o restabelecimento da ordem no sistema penitenciário.”

Frente à inação do governo estadual, continua o comunicado, as unidades são dominadas pelo crime organizado, “instalando-se um cenário de guerra, com prática de atos de barbárie, como degolamentos, esquartejamentos e mutilações, dentro e fora dos presídios”. De acordo com o Ministério Público, essa realidade se manifesta também em centros socioeducativos do estado, onde muitos adolescentes são filiados a grupos criminosos.

Na avaliação do MP, o governo estadual não deu a devida prioridade ao caso e não tomou as providências necessárias para dominar a situação e estabelecer o controle sobre o sistema prisional. Mesmo com a liberação de recursos travados por uma polêmica jurídica no dia 24 de outubro, o Ministério Público não acredita que o Executivo estadual consiga adotar as medidas necessárias.

Em nota divulgada nesta quinta-feira, o governo do estado classificou de medida extrema e sem justificativa o pedido da procuradora-geral da República .

Histórico

O sistema prisional de Roraima estado passou por uma crise no ano passado, quando uma rebelião na Pamc terminou com a morte de 33 detentos. No início deste ano, a Justiça estadual bloqueou o uso de recursos do Fundo Penitenciário Nacional que seriam destinados à construção do novo presídio.

Diante das rebeliões e das condições precárias, o sistema prisional de Roraima foi tema de uma reunião, em agosto, entre o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, e a procuradora Raquel Dodge. Na ocasião, Jungmann reclamou que os recursos repassados pelo Depen não eram usados e chegou a aventar a possibilidade de intervenção no estado, o que não ocorreu.

Ainda em agosto, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) fez uma vistoria em presídios do estado e considerou a situação preocupante. O presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia, relatou domínio de facções criminosas sobre as autoridades e disse que a Penitenciária Agrícola de Montecristo era uma “bomba-relógio”.

No dia 24 de outubro, os governos federal e de Roraima, o Ministério Público Federal e o Ministério Público de Roraima fecharam um acordo para reforma da Pamc e construção de um presídio de segurança máxima no estado.

Foram liberados R$ 17 milhões do Fundo Penitenciário Nacional que estavam bloqueados pela Justiça. A condição foi a realização, em caráter de urgência, da reforma da Penitenciária Agrícola de Montecristo. Ficou estabelecida a obrigação da obra ser objeto de relatórios mensais que serão repassados ao governo federal e aos ministérios públicos federal e do estado.

Por: Jonas Valente
Fonte: Agência Brasil – EBC
Edição: Nádia Franco

 









Veja também em Notícias da Região Norte


Com quatro casos já confirmados em Manaus, FVS instala Sala de Resposta Rápida para Surto de Sarampo no Estado
A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (Susam), instalou, na manhã deste sábado (24/03), a Sala Estadual de Resposta Rápida para Surto de Sarampo....


Subcontroladoria-Geral de Ouvidoria atende ao cidadão via WhatsApp
...


Governo reforça segurança com mais 141 novos delegados de Polícia Civil
“Hoje finalizamos todas as etapas do concurso público, mas começamos outra, que é o trabalho efetivo dos novos policiais que irão reforçar a segurança pública em todo o Estado”, destacou o delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, durante a ...


Em seis meses, Arsam registra o cumprimento de mais de 30 mil gratuidades no transporte intermunicipal
A fiscalização do cumprimento da gratuidade total ou parcial de tarifas é realizada pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos (Arsam)nas plataformas rodoviárias de Manaus e nos municípios de maior fluxo de passageiros....

 


ads2507



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News