Rondônia, - 22:42

 

Você está no caderno - @realdonaldtrump Fim do Mundo
Internacional
Trump limita drasticamente pedidos de asilo de migrantes que chegam aos EUA
Os migrantes só serão elegíveis para asilo se se apresentarem nos portos oficiais de entrada. Segundo a Administração, as atuais regras incentivam a imigração ilegal e entopem as reivindicações legítimas. Mas o plano viola a lei que permite que pessoas que fogem de perseguição e violência solicitem asilo, independentemente de entrarem ilegalmente ou não
Publicado Sexta-Feira, 9 de Novembro de 2018, às 06:18 | Fonte Expresso 0

  
 
 

JIM WATSON/AFP/GETTY IMAGES


A Administração Trump divulgou esta quinta-feira novas regras para limitar drasticamente os pedidos de asilo de migrantes. As medidas proíbem os migrantes que cruzam ilegalmente a fronteira dos EUA com o México de se qualificarem para asilo.

Assim que o plano entrar em vigor, os migrantes só serão elegíveis para asilo se se apresentarem nos portos oficiais de entrada. Segundo a Administração, as atuais regras incentivam a imigração ilegal e entopem as reivindicações legítimas.

As associações de defesa dos migrantes denunciam as medidas, alegando que violam a lei existente nos Estados Unidos que permite que pessoas que fogem da perseguição e da violência nos seus países de origem solicitem asilo, independentemente de entrarem ilegalmente ou não.

TRUMP E SESSIONS EM PERFEITA SINTONIA NAS QUESTÕES DA IMIGRAÇÃO
Em junho, o então ainda procurador-geral Jeff Sessions já afunilara consideravelmente as circunstâncias em que os migrantes podem usar a violência como base para o pedido de asilo nos EUA. Sessions, que renunciou esta terça-feira ao cargo a pedido de Trump, também instruiu os juízes de imigração e os oficiais de asilo a considerarem a passagem ilegal de fronteiras como um “sério fator adverso” na decisão de um caso e a avaliarem se os candidatos poderiam ter escapado do perigo deslocando-se no interior dos seus próprios países.

Trump fez das suas políticas de linha dura para a imigração uma questão fundamental nas vésperas das eleições para o Congresso de terça-feira, enviando milhares de tropas dos EUA para ajudar a proteger a fronteira sul e repetidamente alertando para uma caravana de migrantes da América Central que atravessam o México em direção aos EUA.

Segundo a agência Reuters, o plano da Administração, que invoca a mesma autoridade que Trump usou para justificar a proibição de viajar para cidadãos de vários países de maioria muçulmana, deverá ser rapidamente contestado no tribunal.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em @realdonaldtrump Fim do Mundo


Para Donald Trump, turbinas eólicas causam câncer
O presidente americano, Donald Trump, nunca foi discreto ao dizer que não gosta das turbinas eólicas. ...


Sessão Solene: deputados vão homenagear as mulheres na próxima segunda (11)
8 de março foi adotado pelas Nações Unidas, tendo com o objetivo lembrar as conquistas sociais, políticas e econômicas...


Trump liga a doente terminal e ajuda a cumprir lista de desejos finais
A Jay Barrett foram dados seis meses de vida. Apoiante do Presidente norte-americano, foi a irmã, militante democrata, que o ajudou a ver cumprido o sonho. “És um campeão”, disse-lhe Donald Trump...


Trump diz que pretende fazer o 'acordo certo' com a China
Em comício realizado em Columbia, Missouri, o presidente dos Estados Unidos voltou a enfatizar feitos econômicos de seu governo ...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News