Rondônia, - 21:13

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Acusada de blasfémia, Asia Bibi esteve durante oito anos no corredor da morte. Hoje, foi libertada
Asia Bibi estava detida desde 2010, num caso que provocou indignação internacional e violência no país islâmico
Publicado Quinta-Feira, 8 de Novembro de 2018, às 05:15 | Fonte Expresso 0

  
 
 

ASIF HASSAN/GETTY


A cristã Asia Bibi, que foi absolvida pelo Supremo Tribunal paquistanês há uma semana depois de oito anos no corredor da morte por blasfémia, foi libertada nesta quarta-feira, anunciou o seu advogado. "Ela foi libertada e disseram-me que estava num avião, mas ninguém sabe onde vai aterrar", disse o advogado Saif ul-Mulook, num comunicado enviado à agência France Press.
A ordem de libertação de Asia Bibi chegou hoje à prisão de Multan (no centro), onde estava detido.

Asia Bibi estava detida desde 2010, num caso que provocou indignação internacional e violência no país islâmico. "Asia Bibi foi absolvida de todas as acusações", disse o presidente do conselho de juízes Mian Saqib Nisar na leitura do veredito do Supremo Tribunal, que ocorreu no dia 31 de outubro.

A decisão sobre o último recurso de Asia Bibi estava marcada para 8 de outubro, mas o tribunal tinha adiado a decisão por tempo indeterminado. O impasse provocou a fúria de alguns círculos religiosos que há muito pediam a sua execução.

Asia Bibi, mãe de cinco filhos, foi acusada de blasfémia em 2009, após ter alegadamente insultado o profeta Maomé durante uma discussão com um grupo de mulheres com quem trabalhava. Em novembro de 2010, um tribunal paquistanês decretou a pena capital, mas a sentença só foi confirmada quatro anos depois pelo Supremo Tribunal de Lahore, capital da província de Punjab, onde ocorreu o incidente.

Em 2011, o ex-governador de Punjab Salman Taseer, que defendia publicamente a causa de Asia Bibi, foi morto a tiro por um dos guarda-costas, Mumtaz Qadri, executado anos depois. O caso de Asia Bibi teve impacto internacional e chegou a atrair a atenção dos papas Bento XVI e Francisco. A blasfémia é uma questão extremamente sensível no conservador Paquistão e mesmo acusações não provadas resultam muitas vezes em violência popular.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em INTERNACIONAL


Santa Casa da Misericórdia de Lisboa dá meio milhão de euros a Moçambique
A instituição diz estar a trabalhar com a Secretaria de Estado das Comunidades Portuguesas e com a Embaixada em Maputo para encontrar a melhor forma de efetivar essa ajuda financeira...


Tribunal das Filipinas ordena divulgação de registos sobre mortes da 'guerra' antidrogas de Duterte
O tribunal ainda tem que decidir sobre uma petição separada para declarar inconstitucional a campanha antidrogas do Presidente Rodrigo Duterte...


UE isenta britânicos de visto em estadias de até 90 dias
O texto, que será votado na quinta-feira pela assembleia europeia na mini-sessão plenária a decorrer em Bruxelas, tem ainda de ser formalmente adotado pelo PE e pelo Conselho...


Dois soldados norte-americanos mortos no Afeganistão
NATO não identifica os militares, dizendo apenas que foram mortos “durante uma operação”, sem especificar o local ou as circunstâncias...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News