Rondônia, - 20:31

 

Você está no caderno - Agronegocios / Pecuária
Curso de Melhoramento de Gado de Corte
Inscrições abertas para Curso de Melhoramento de Gado de Corte em Porto Velho - confira a programação
O evento acontecerá no dia 6 de dezembro no auditório da Embrapa Rondônia
Publicado Domingo, 21 de Outubro de 2018, às 10:36 | Fonte Renata Silva - Embrapa/RO 0

  
 
 

Divulgação

A Embrapa traz para Rondônia o que há de mais recente em tecnologias e recomendações para o melhoramento do gado de corte. Profissionais que são referência na área estarão em Porto Velho, no auditório da Embrapa, localizado na BR 364, Km 5,5, no dia 6 de dezembro, para o Curso Concentrado e Itinerante de Melhoramento de Gado de Corte. O público-alvo é a rede de assistência técnica oficial e privada, gerentes de empreendimentos pecuários, associações de criadores e centrais de inseminação, criadores, administradores e estudantes de ciências agrárias (dos últimos anos).

As inscrições estão abertas, são gratuitas e as vagas são limitadas e distribuídas da seguinte forma: 40 vagas para técnicos atuantes na cadeia da pecuária, 30 para produtores e 30 para estudantes da área de Ciências Agrárias. Caso as vagas destinadas a cada categoria não sejam preenchidas até o dia 16/11, serão disponibilizadas aos demais interessados inscritos. As inscrições podem ser realizadas no portal da Embrapa Rondônia (www.embrapa.br/rondonia), ou diretamente no endereço: bit.ly/2P4wDOv. Mais informações no e-mail [email protected], ou no telefone (69)3219-5042.

Este curso faz parte de um projeto da Embrapa que busca levar tecnologias e inovações sobre melhoramento genético para as principais regiões produtoras de carne do País. Já passou por Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Tocantins e agora chegará à Rondônia. “A pecuária de corte rondoniense tem capacidade de aumentar muito sua produtividade. Iremos trazer neste curso tecnologias e orientações que podem melhorar a eficiência produtiva do rebanho de Rondônia”, explica o coordenador do evento e médico veterinário da Embrapa, Rhuan Lima.

O curso está concentrado em apenas um dia, oito horas, facilitando a participação integral do público alvo. Serão abordados temas que vão desde os benefícios dos programas de melhoramento genético, como conduzir o processo de seleção de animais para obter maior eficiência produtiva e avaliar o impacto econômico da adoção do melhoramento genético na propriedade. Durante o curso também será apresentado o funcionamento do Programa Geneplus-Embrapa, um serviço especializado de melhoramento genético animal colocado à disposição do criador, pela Embrapa Gado de Corte.

Pecuária em Rondônia

O rebanho bovino em Rondônia ultrapassou as 14 milhões de cabeças, segundo dados da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado (Idaron). Rondônia possui o 6º maior rebanho bovino do Brasil, é o 5º maior exportador de carne bovina e o 8º produtor de leite. Na região Norte, o estado possui o 2º maior rebanho bovino, só fica atrás do estado do Pará, e é o maior exportador de carne e o maior produtor de leite. Somente a cadeia produtiva da carne movimentou mais de 500 milhões de dólares em 2017 no estado. Dada a importância econômica da pecuária bovina para Rondônia, faz-se necessário que sejam discutidos assuntos atuais e tecnologias que estão sendo desenvolvidas para atender a esse importante setor da economia.

Conheça os palestrantes

Antônio do Nascimento Ferreira Rosa
Engenheiro Agrônomo e Mestre em Zootecnia pela Universidade Federal de Viçosa, Doutor em Ciências Biológicas – Área de Genética pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo, Campus de Ribeirão Preto. Pesquisador da Embrapa desde 1975, liderou o projeto de pesquisa que deu origem a parceria entre a Associação Brasileira dos Criadores de Zebu – ABCZ e a Embrapa que proporcionou a estas instituições o pioneirismo em avaliação genética de gado de corte no Brasil. Atualmente é Líder do Projeto de Transferência de Tecnologia do Programa de Melhoramento de Gado de Corte da Embrapa que integra o Programa Embrapa Geneplus. 

Gilberto Romeiro de Oliveira Menezes
Zootecnista, Mestre em Zootecnia e Doutor em Genética e Melhoramento Animal pela Universidade Federal de Viçosa. Pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Gestor da Carteira de Projetos e responsável pela linha de pesquisa em cruzamentos, com forte inserção no Arranjo MaisPrecoce. Líder do Projeto de Pesquisa de Avaliações Genéticas, inserido no Arranjo MaxiBife, e do programa de seleção da raça Senepol. 

Leonardo Martín Nieto
Bacharel em Genética pela Universidade Nacional de Missiones, Argentina. Doutor em Zootecnia pela Universidade Estadual de Maringá, PR. Pesquisador e Líder do Grupo de Técnicos Credenciados do Programa Embrapa Geneplus e Professor de Melhoramento Animal da Universidade Católica Dom Bosco em Campo Grande, MS. 

Luiz Francisco M. Pfeifer
Veterinário, Mestre em Ciência Animal e Doutor em Reprodução Animal pela Universidade Federal de Pelotas (RS). Pós-doutorado em Veterinary Biomedical Science, pela Universidade de Saskatchewan, Canadá. Pesquisador da Embrapa Rondônia. Há mais de 15 anos estuda os fatores que afetam a fertilidade do gado de cria. Atualmente, é diretor científico da Sociedade Brasileira de Tecnologia de Embriões (SBTE) e participa da coordenação do Grupo de pesquisa do CNPq, Amazonpec.

Programação:

Programação

Realização

O Curso Concentrado e Itinerante de Melhoramento de Gado de Corte é uma realização da Embrapa e do Programa Embrapa de Melhoramento de Gado de Corte – Geneplus.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Agronegocios / Pecuária


Viveiro Cidadão e projetos patrocinados pela Petrobras promoverão plantio simbólico em todo o Brasil nesta quinta (21)
Essa iniciativa faz parte de uma ação em conjunto que é resultado da integração de projetos patrocinados pela Petrobras.....


Piscicultura em tanques-rede: alternativa inteligente
Na concepção de alguns políticos de Rondônia — que sempre prestaram grandes desserviços a população — o adágio popular “quando uma coisa é repetida à exaustão...


Piscicultura brasileira produziu 722.560 toneladas em 2018
A tilápia é a mais importante espécie de peixes cultivados do Brasil. Segundo levantamento exclusivo da Peixe BR, a espécie teve crescimento de 11,9% em relação ao ano anterior (2017)...


Embrapa realiza Dia de Campo de Soja em Porto Velho nesta terça (19)
São apresentadas informações sobre cultivares de soja, manejo da cultura, boas práticas de produção, Sistema Plantio Direto e Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). ...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News