Rondônia, - 15:07

 

Você está no caderno - Tecnologia e Vida Digital
Tecnologia
Apple proíbe a mineração de criptomoedas em iPhones e iPads
Publicado Segunda-Feira, 11 de Junho de 2018, às 18:05 | Fonte Olhar Digital 0

  
 
 

(Foto: Reprodução)

 

A Apple não anunciou durante a conferência WWDC, mas a empresa realizou algumas mudanças nas diretrizes de revisão da App Store que impedem que o iPhone ou iPad sejam usados para mineração de criptomoedas.

Segundo informações do Apple Insider, a empresa declara, na área de Compatibilidade de Hardware, que aplicativos, incluindo anúncios de terceiros, não podem executar processos em segundo plano que não estejam relacionados ao serviço do app. Ou seja, a mineração de criptomoedas não é mais permitida no ecossistema da Apple.

Além disso, a companhia afirma que os aplicativos da App Store “podem facilitar o armazenamento em moeda virtual, desde que sejam oferecidos por desenvolvedores inscritos em uma organização”, sendo que a mineração só pode ser executada na nuvem ou fora do dispositivo.

Esta não é a primeira vez que a Apple se posiciona contra as criptomoedas. Em 2013 e 2014, a Apple retirou aplicativos relacionados à criptografia da App Store, citando um "problema não resolvido" não identificado.

 







Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

ADS NEWS 5

Veja também em Tecnologia e Vida Digital


Executivos do Facebook dizem que não permitirão anúncios discriminatórios
As mudanças se referem à segmentação de anúncios por etnia, idade e gênero...


Google Maps lança recurso de criação de eventos públicos para Android
Ferramenta já funciona em alguns aparelhos, mas permite a divulgação de atrações apenas em lugares específicos...


Apple libera nova versão do iOS; veja o que muda
Suporte ao novo Apple News+, novos Animojis e outras novidades...


Assinaturas de serviços de streaming já ultrapassam as de TV a cabo em todo mundo
No entanto, as companhias de TV tradicionais ainda faturam mais...

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News