Rondônia, - 20:35

 

Você está no caderno - NACIONAL
Nacional
Fim da prisão após 2ª instância pode dar liberdade a 22 mil detentos
Publicado Terça-Feira, 17 de Abril de 2018, às 05:16 | Fonte Notícia ao Minuto 0

 
 

© José Cruzr/Agência Brasil

 

Caso o Supremo Tribunal Federal (STF) mude o entendimento sobre prisão em segunda instância, em julgamento que está previsto para esta semana, 22 mil presos provisórios que ainda não foram julgados pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderão deixar a cadeia em todo o país. Os dados são do Painel do Banco Nacional de Monitoramento de Prisões (BNMP), do Conselho Nacional de Justiça. As informações são do Correio Braziliense.

Em 2016, quando o STF definiu a prisão após segunda instância como constitucional, cerca de 3,6 mil condenados foram presos imediatamente. Para o ex-secretário Nacional de Segurança José Vicente da Silva, a liberação dos presos pode aumentar a sensação de impunidade no país.

"Quem estuda e trabalha com segurança sabe que a resposta à violência é fundamental para determinar a eficiência das ações. Se o STF proibir a prisão após a segunda instância, isso vai enfraquecer o combate ao crime, não só aos envolvidos na Lava-Jato, mas a toda espécie de infrator. Aumentará a sensação de impunidade na sociedade e vai transferir para a polícia, ainda mais, a carga de se manter a ordem e a segurança", diz Vicente da Silva.

Polêmica, a decisão da Corte também pode impactar a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, detido desde o último dia 7 na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, além de outros alvos da Operação Lava Jato.

Na Câmara dos Deputados, tramita proposta que pode encerrar a discussão sobre o assunto. De autoria do deputado Alex Manente (PPS-SP), a Proposta de Emenda à Constituição 410/2018 quer autorizar de vez a prisão após julgamento do caso nos Tribunais Regionais Federais (TRFs).

 









ADS NEWS 5

Veja também em NACIONAL


Frequente na campanha, combate à corrupção ‘some’ do twitter de Bolsonaro
O combate à corrupção foi um dos principais temas no Twitter de Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral que o levou à Presidência, no ano passado....


Justiça Federal suspende processo de licitação do autódromo de Deodoro
A Justiça Federal do Rio de Janeiro suspendeu na tarde desta sexta-feira (19) o processo de licitação do autódromo de Deodoro, cuja construção foi prometida pelo presidente Jair Bolsonaro e pelo governado do RJ, Wilson Witzel, na busca de alterar o...


Congresso vai acompanhar investigações sobre grupo que ameaça Bolsonaro
Após VEJA revelar detalhes das ameaças de um grupo terrorista contra Jair Bolsonaro, seus familiares e dois ministros do governo.....


Petrobras diz temer sanções caso abasteça navios iranianos
A Petrobras informou nesta 6ª feira (19.jul.2019), em comunicado ao mercado (eis a íntegra), que o motivo de não terem sido abastecidos 2 navios iranianos ......

 




 
 
 
 
EMRONDONIA.COM

Tereré News