Rondônia, - 06:31

 

Você está no caderno - Geral
Fábrica do fogão que produz eletricidade será inaugurada em dezembro
Publicado Segunda-Feira, 30 de Julho de 2012, às 12:14 | Fonte EMRONDONIA.COM.BR 0

 
 

Está prevista para o próximo  dia 11 de dezembro a inauguração da Energer Energias Renováveis Ltda, fábrica que produzirá mensalmente 50 unidades do Bio Micro Gerador - BMG Lux , o fogão que ao mesmo tempo cozinha e produz eletricidade suficiente para acender quatro lâmpadas e funcionar  aparelhos de TV ou de som. A fábrica estará instalada no Parque Industrial de Rio Branco, na BR 364 (sentido Porto Velho) e trabalhará no sistema modular, o que permite responder a qualquer demanda.

A fábrica está sendo implantada após um ano de experiências com o BMG Lux. O Governo do Acre apoiou a distribuição de 27 unidades em seringais da Reserva Extrativista Chico Mendes onde, segundo Ronaldo Sato,  diretor técnico da Energer, percebeu-se índice de satisfação de 75% com o desempenho do fogão. "É um resultado fantástico", comemora Sato. A experiência possibilitou inclusive a redução  de pelo menos vinte quilos no peso total do fogão, que na versão que chegou às famílias da Resex pesava mais de 80 quilos.

O diretor técnico da Energer estima que o grupo empresarial que comanda a empresa já investiu R$3,5 milhões na indústria.  O BMG Lux aproveita o calor para gerar energia.  Atende principalmente às comunidades isoladas.  Uma casa pode ser abastecida durante cinco horas com energia elétrica a partir do abastecimento das baterias.

O BMG Lux, conforme descreve Sato, é um fogão de fácil manejo, que pode ser operado por donas de casa e  que trabalha com o vapor e não com caldeira, o que afasta o risco de acidentes. O fogão retém a fuligem, que se inalada por um longo período provoca doenças pulmonares, as quais, segundo a Organização Mundial de Saúde, ocupam a oitava colocação em causas de morte no mundo.

O fogão está em exposição na Feira do Empreendedor do Piauí, organizada pelo  Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e já passou por vários testes para ser incluído no Programa Luz Para Todos como política de inclusão energética de famílias que vivem em povoados remotos.



Veja também em Geral


Câmara deverá votar ainda este mês banda larga nas escolas e igualdade das mulheres no trabalho
...


Mundo atinge nesta segunda-feira a marca de 7 bilhões de pessoas
...


Desconfianças e medos cercam projeto de Belo Monte

Desconfianças e medos cercam projeto de Belo Monte

...


Justiça nega Liminar para cooperativa implantar serviço de moto-táxi na Capital
...

 



PUB

 
 
 
 

Ariquemes Online