Rondônia, - 07:23

 

Você está no caderno - Polícia
Operação PF
Polícia Federal deflagra segunda fase da Operação 4 Milhões
Advogado responsável pela fraude descoberta na primeira fase foi preso hoje
Publicado Sexta-Feira, 20 de Novembro de 2020, às 14:40 | Fonte Polícia Federal 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Recife/PE - A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (20/11) a segunda fase da Operação 4 Milhões, com o objetivo de identificar todos os membros da organização criminosa investigada na primeira fase, outros precatórios porventura sacados de forma fraudulenta, bem como o destino dos valores desviados.

Na primeira fase, foram apreendidas novas procurações fraudulentas que possibilitariam levantar precatórios que somam mais de R$12 milhões.

Participaram da deflagração 12 policiais federais, que deram cumprimento a três mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva, em desfavor de um advogado, expedidos pela 4ª Vara da Justiça Federal de Pernambuco. Os mandados estão sendo cumpridos simultaneamente em Recife/PE (2) e Moreno/PE (1).

As investigações iniciaram em outubro, quando a Caixa Econômica Federal descobriu o golpe levado a efeito por um advogado que apresentou uma procuração pública lavrada no Cartório de Moreno/PE, com base em um documento de identidade falsificado, e conseguiu levantar o precatório no valor de R$ 4 milhões, na Agência da CAIXA, localizada no TRF da 5ª Região, nesta cidade do Recife.

Os integrantes da ORCRIM são investigados pela prática dos crimes de estelionato qualificado, associação criminosa, lavagem de dinheiro e constituir/integrar organização criminosa, tipificados nos artigos 171, º3º e 288 do CPB, artigo 1º da Lei 9.613/98 e art. 2º da lei 12.850/2013. As penas previstas para os crimes, se somadas, em caso de condenação, podem chegar a 30 anos de reclusão.

O nome da operação faz referência à quantia sacada de forma fraudulenta no valor de R$ 4 milhões. Após ser ouvido na Polícia Federal, o advogado será encaminhado para o COTEL, onde ficará à disposição da Justiça Federal.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Polícia


Massagista confessa ter matado e esquartejado chargista em Campo Grande
Na terça-feira, a polícia encontrou malas com os restos mortais em um terreno, mas a identidade do cadáver só deve ser confirmada após exames de DNA ...


Nota à Imprensa
A Polícia Federal informa que a Delegada de Polícia Federal Christiane Correa Machado deixou, a pedido próprio......


PF apura crimes de comércio e porte ilegal de arma de fogo
Operação Desarma cumpre cinco mandados de busca no Goiás e um no Pará ...


PF deflagra segunda fase da Operação Chicago
Estão sendo cumpridos quatro mandados de busca e um de prisão preventiva no Espírito Santos ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE