Rondônia, - 19:57

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Cultura
Expedição Cultural beneficia mais de 260 pessoas em municípios do interior do AM
A “Expedição Cultural”, iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa...
Publicado Quinta-Feira, 29 de Outubro de 2020, às 14:36 | Fonte Governo do Amazonas 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Alex Maia e Joyce Beleza

Secretaria de Cultura e Economia Criativa

A “Expedição Cultural”, iniciativa do Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa, atendeu 263 pessoas, entre jovens e idosos, com oficinas artísticas em Tabatinga, São Paulo de Olivença, Benjamin Constant e Atalaia do Norte, em outubro. A ação faz parte do programa “Amazonas Cultura de Valor”, que tem objetivo de potencializar a cultura e promover o alinhamento do Estado à política nacional para o setor.

Com patrocínio da Companhia de Saneamento do Amazonas (Cosama), a programação incluiu oficinas de dança, grafite, elaboração de projetos culturais, Linguagem Brasileira de Sinais (Libras) e, ainda, uma palestra sobre a Lei Aldir Blanc, além de apresentações de dança e sessões de cinema. Todas as ações seguiram os padrões de segurança em prevenção a Covid-19.

“O interior do Amazonas é rico em cultura e talentos, e a ‘Expedição Cultural’ é um catalisador para a descoberta destes artistas e para inspirar os jovens e crianças no mundo cultural, além de proporcionar opções de desenvolvimento, como a oficina de elaboração de projetos culturais, em que os participantes podem aprender a implementar ações dentro de seus próprios municípios. O objetivo é que alcancemos cada vez mais a população no interior do estado”, afirmou o secretário de Cultura e Economia Criativa, Marcos Apolo Muniz.

Em Tabatinga, onde mais de 50 pessoas se beneficiaram com as oficinas oferecidas, a professora Tamires Furtado das Chagas elogiou o curso de Libras por ter a chance ver um professor surdo dando aula. As aulas foram ministradas pelo professor Marcelo Costa, da Assessoria de Inclusão da Pessoa com Deficiência da Secretaria de Cultura e Economia Criativa.

“Poucos cursos chegam a Tabatinga, e achei muito louvável ter uma oficina de Libras e, principalmente, ter um professor surdo, formado na área, galgando espaço na sociedade, se destacando. Trouxe até a primeira acadêmica formada na Universidade do Estado Amazonas em Tabatinga para ela se espelhar”, declarou.

A professora Juliete Farias, de São Paulo de Olivença, participou da oficina de elaboração de projetos culturais e agradeceu pela oportunidade. “O sonho da gente é expandir projetos, e o meu é criar um projeto de leitura. Devido à pandemia, muitos alunos nossos estão fora da sala de aula, então quero criar um projeto onde possamos levar a leitura até a casa do aluno, uma leitura cantada através das dramatizações. A oficina veio mostrar como montar e seguir passo a passo, veio para mostrar como tornar realidade o nosso sonho aqui em nosso município”, contou.

O jovem Lucas Nascimento, 17, realizou a oficina de dança com os integrantes do Balé Folclórico do Amazonas, um dos Corpos Artísticos do Estado. Com o objetivo de fazer o vestibular para Dança, na UEA, o paulivense declarou que nunca havia tido essa experiência.

“Eu nunca presenciei essa experiência aqui no município. Quero agradecer a todos que estão nos apoiando para crescer na vida cultural e também agradecer aos bailarinos pelas aulas. Foi algo maravilhoso para quem deseja ter a vida na dança”.

No total, as oficinas atenderam 54 pessoas em Tabatinga, 69 em São Paulo de Olivença, 77 em Benjamin Constant e 63 em Atalaia do Norte.

Ações na capital – O “Amazonas Cultura de Valor” engloba outras ações junto à população da capital, atendendo às limitações do período de pandemia, entre elas os projetos “O Artista Visita”, “Domingo Autoral”, “Bora pro Parque” e “Festival de Cultura Urbana”.

Projeto realizado com os Corpos Artísticos do Estado, “O Artista Visita” conta com apresentações de espetáculos e roda de conversa em hospitais e instituições assistenciais. Busca dar visibilidade aos espaços que precisam do apoio da sociedade, além de proporcionar ao artista ações voltadas para o contexto social.

O “Domingo Autoral”, realizado no Teatro da Instalação, tem a proposta de formar plateias para que os artistas locais possam divulgar o repertório autoral, e foi idealizado pelos artistas Celdo Braga e Nícolas Júnior. A secretaria abraçou o projeto e oferece ao público um contato com o que é produzido no estado em termos autorais.

O projeto “Bora pro parque!” visa envolver as comunidades vizinhas dos parques Jefferson Péres e Rio Negro nas atividades realizadas nesses espaços. As ações acontecerão uma vez por semana e a programação inclui resgate de brincadeiras infantis, Feiras de Produtos Regionais da Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS), feira de artesanato, apresentações musicais e de artistas circenses.

Já o Festival Cultura Urbana contará com pocket shows, intervenções de grafite, e batalhas de Break, MCs e All Style, em todas as zonas da capital. O festival, construído com a participação do movimento hip hop, vai promover o intercâmbio entre os artistas da cultura de rua e a população em geral.

Outro objetivo da ação é criar uma cadeia produtiva de empreendedores culturais, oportunizando ao artista a ampliação do acesso às comunidades por meio de manifestações urbanas, entre elas dança, artesanato e economia criativa.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Acreanos participam da 31ª Feira Nacional de Artesanato em Belo Horizonte
Será realizada em Belo Horizonte (MG), de 1º a 6 de dezembro, a 31ª Feira Nacional de Artesanato......


Boletim Informativo COVID-19: Amapá, 25 de novembro de 2020
Amapá tem 57.698 casos confirmados, 1.546 em análise laboratorial, 46.472 pessoas recuperadas e 799 óbitos. ...


Estudante amapaense apresenta projeto sobre evasão escolar em sessão on-line do Parlamento Jovem Brasileiro
Juliane Pimentel estará entre cinco selecionados para apresentarem seus projetos na próxima sexta-feira (27). Ela trabalhou o tema o sobre evasão escolar na rede pública do Amapá. ...


Governo nomeia nova defensora pública-geral do Estado
A defensora pública Simone Jaques de Azambuja Santiago foi nomeada pelo governador Gladson Cameli como defensora pública-geral......

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE