Rondônia, - 04:33

 

Você está no caderno - Polícia
Polícia
Polícia Federal envia equipes a Nova Olinda do Norte, no AM, para apurar denúncias sobre operação no Rio Abacaxis
Justiça determinou que medidas sejam adotadas para proteção dos indígenas e populações tradicionais do município e região. Pelo menos três pessoas já morreram durante operação, incluindo dois policiais.
Publicado Terça-Feira, 11 de Agosto de 2020, às 16:59 | Fonte G1 Amazonas 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Reprodução

Nova Olinda do Norte, no interior do Amazonas.

A Polícia Federal enviou, nessa segunda-feira (10), uma equipe ao município de Nova Olinda Norte, no interior do Estado, para apurar denúncias relacionadas a uma operação policial realizada na região do Rio Abacaxi. A Justiça Federal atendeu a um pedido do Ministério Público Federal (MPF), na sexta-feira (7), e determinou que a PF adote medidas cabíveis para proteção dos indígenas e populações tradicionais do município e região, considerando as fronteiras com Borba e Maués.

Uma operação policial foi iniciada na região após uma pessoa ser atingida por um disparo de arma de fogo, no dia 24 de julho, em comunidade situada às margens do Rio Abacaxis. No primeiro dia da operação, no dia 3 de agosto, dois militares foram mortos e outros dois ficaram feridos. No dia 5, outra pessoa foi morta, de identidade ainda não confirmada.

Ainda nesta segunda (10), a existência de outros três corpos foi notificada. A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM) confirmou que equipes estão em diligência para resgatar os mesmos na região. Não informaram, no entanto, a quantidade de vítimas, ou a identidade delas.

O governador Wilson Lima disse, nesta terça-feira (11), durante entrevista coletiva, que enviou reforços ao município e conta com apoio da PF na região. “A determinação que eu dei é que a polícia aja com rigor. É uma muito conflituosa, onde há interesses para tráfico de drogas, exploração mineral. Ontem nós recebemos apoio da Polícia Federal, porque aquela também é uma área indígena”, afirmou.

Segundo a SSP, os policiais mortos no dia 3 de agosto realizavam o trabalho de investigação de tráfico de drogas e formação de milícia armada nessa região. No fim da tarde, retornaram uniformizados, ainda conforme a SSP, e foram emboscados por membros do grupo criminoso.

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Ayrton Norte, embarcou no dia 4 com reforço policial para uma nova operação policial na região. As equipes também fazem buscas aos suspeitos dos crimes.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Polícia


Adolescente de 13 anos é detido por populares após assaltar casal
De acordo com as vítimas, o adolescente estava na companhia de cinco suspeitos, eles abordaram um casal simulando estarem armados. ...


PM prende suspeito de estuprar garota de 7 anos em Ananindeua, no PA
Vítima relatou que foi despida, com a promessa de que ganharia brinquedos. ...


Dois suspeitos de tráfico de drogas são presos e 2.700 pés de maconha apreendidos em Moju, no PA
Parte da carga apreendida precisou ser incinerada no local devido a dificuldade no transporte. ...


Reeducandos são presos por violarem medidas de Justiça no Orgulho do Madeira
Ação da PM em parceria com Sejus visa combater criminalidade e avanço de facções em condomínio popular de Porto Velho. Operação ocorreu nest...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE