Rondônia, - 05:16

 

Você está no caderno - Artigos
Artigos
Operação da PF na ALE seria a prisão do ex presidente Carlão de Oliveira + Nazif: ataques á Aneel e Energisa + Para Mosquini, foi uma vitória
OPERAÇÃO QUE CHEGOU À ASSEMBLEIA TERIA COMO META PRINCIPAL A PRISÃO DO EX PRESIDENTE CARLÃO DE OLIVEIRA
Publicado Quarta-Feira, 11 de Dezembro de 2019, às 12:05 | Fonte Sergio Pires 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação/ Internet

As ações da Polícia Federal, em parceria com o Ministério Público e o aval da Justiça, têm sido primordiais para o combate à corrupção no país. Nelas, eventualmente, surgem dúvidas que precisam ser esclarecidas, para que se  saiba exatamente o que está acontecendo e não se permita falsos detalhes  sobre a ação realizada. O exemplo mais recente é sobre a quantidade de perguntas sem fim e comentários, em função das poucas informações oficiais, sobre a Operação que a Polícia Federal realizou na Assembleia Legislativa, na semana passada. Fala-se agora, que o Parlamento não seria o alvo principal, mas sim a desesperada busca por Carlão de Oliveira, o ex presidente da Casa, que está foragido há mais de dois anos e que tem escapado de todas as incursões policiais. Uma conhecida advogada confidenciou à coluna que ouviu, dentro da PF, ao tratar da defesa de um dos suspeitos, que a PF quer mesmo é chegar a Carlão de Oliveira. Na questão da Assembleia, outra fonte da coluna foi bem clara: “o alvo é o décimo andar!”. É nele que fica o gabinete do deputado Jean Oliveira, filho de Carlão. Com relação as acusações de que teria havido ilegalidades na eleição da Mesa Diretora da ALE, o presidente da Assembleia, Laerte de Oliveira, lembrou, em nota oficial, que a eleição deste ano foi a mais transparente entre todas. O fato de ter sido eleito por 23 dos 24 deputados comprovaria essa afirmação. A menos que todos os parlamentares envolvidos na votação estivessem coniventes com a corrupção. Outro advogado que viu o processo, considerou que não há qualquer fato concreto que possa embasar uma acusação tão forte, como a que foi feita. A verdade é que a operação ainda está em andamento, mas sua missão principal (a prisão de Carlão de Oliveira), continua sem êxito.

Outra questão não esclarecida, o que provoca sempre comentários, fofocas, má informação, relaciona-se com a “rachadinha”, denunciada pelo MP e apoiada pelo Judiciário, que autorizou a operação. Até agora não se sabe quem são os pretensos envolvidos desse esquema. Sem detalhes, a verdade é que a suspeita recai sobre todos.  Como são figuras públicas, eleitas pelo povo, não seria o caso de apontar quem são os envolvidos, até para separar o joio do trigo? Enquanto isso, há reputações que já foram destruídas e, mesmo os inocentes – e será inocentada, no final de tudo, a grande maioria – ficarão com a pecha de terem sido acusados pela PF, a pedido do Ministério Público e com aval da Justiça. Espera-se que as autoridades, na medida em que tenham provas concretas e direcionadas aos reais culpados, as divulgue para que se possa separar quem cometeu crime de quem não cometeu. Sem isso, parece que todos são culpados, tanto em relação à Assembleia como em relação a outros órgãos (do Estado), em que foram feitas prisões e outras ações policiais.  A população tem, o direito de saber a verdade. Até agora, não sabe! 

 

NAZIF: ATAQUES Á ANEEL E ENERGISA

Quebrou o pau! Na reunião com a Aneel, ontem, em Brasília, o deputado federal Mauro Nazif fez o que raramente se registrou em toda a sua carreira: elevou a voz, gritou e ofendeu dirigentes da Agência Reguladora, que estavam na reunião. Apontou o dedo e disse que a Aneel é totalmente parcial na ação em relação a Rondônia. “O que vocês fizeram foi uma covardia contra a população de Rondônia”. Acusou a Energisa de “estar roubando as pessoas. Vocês são ladrões”, vociferou. Sabendo que estava sendo gravado, Nazif, experiente e malandro nas questões da política continuou seus ataques até que os dirigentes da Aneel e da Energisa abandonassem o recinto.  Novas ofensas e duros ataques foram proferidos. Obviamente o experiente Nazif sabia que sua atuação repercutiria imediatamente. Não deu outra. Pouco depois de postado nas redes sociais, o vídeo, ele bombou e levou o ex prefeito da Capital a um destaque poucas vezes visto. Nazif sabe o que está fazendo. Reforçou ainda mais sua pré candidatura à Prefeito de Porto Velho, seu próximo projeto político.

 

PARA MOSQUINI, FOI UMA VITÓRIA

Já o deputado Lúcio Mosquini, líder da bancada federal, embora considere o desconto de 0,78 por cento autorizado pela Aneel, nas contas de luz dos rondonienses, como algo muito pequeno, alegou que há sim o que comemorar. Num vídeo que gravou logo depois do encontro com a Agência Reguladora, ele lembrou que a Energisa estava reivindicado era um novo aumento na tarifa, na ordem de onze por cento .  Mas ele analisou o caso por outro ângulo. Na verdade, ao invés de novo reajuste, que significaria um novo ataque ao bolso do consumidor, houve uma pequena queda. Com a mobilização dos rondonienses (e nisso a bancada liderada por Mosquini teve papel muito importante) não só o reajuste foi negado como houve uma diminuição, muito modesta aliás, mas bem melhor do que qualquer novo percentual na tarifa para cima. “Obtivemos uma pequena vitória. Mas é importante que os rondonienses saibam”, segundo Mosquini, que “nós estamos vigilantes”. Ou seja, as ações políticas em Brasília, em defesa dos consumidores do Estado, continuarão firmes.

 

LÉO E A ESCOLHA MAIS DIFÍCIL DA CARREIRA

Quanto mais se aproxima 2020, mais aperta o sapato do jovem deputado Léo Moraes. É que, em breve, ele terá que tomar uma decisão crucial para sua caminhada na política. Recentemente escolhido como um dos deputados federais mais atuantes do país, exibindo, com toda a justiça, o troféu   conquistado, se dependesse apenas da vontade dele, Léo jamais disputaria a Prefeitura de Porto Velho, nesse momento. Seu único alvo político, ao menos até futuros projetos, é uma reeleição que pode ser considerada como muito provável. Ocorre que um político carrega consigo os interesses e sonhos de centenas, senão milhares de pessoas que o acompanham. E, no grupo que apoia Léo e que o ajudou numa carreira ascendente e com muitas vitórias, nove entre dez seguidores sonham em vê-lo na disputa da Prefeitura.  E agora? Como balançar o projeto pessoal, que está dando muito certo, com o que está clamando seu grupo de apoiadores?  É uma escolha das mais difíceis, que o jovem parlamentar terá que fazer, muito em breve. Vamos aguardar para ver qual será o caminho que ele seguirá.  

 

EXPEDITO JÚNIOR “TUCANOS EM PAZ”!

Não há crise. Os tucanos estão mais unidos do que nunca, prontos para 2020 e se preparando para 2022, sem grupos divididos, sem lideranças em conflito. O PSDB de Rondônia não tem espaço para confrontos internos. Quem afirmou tudo isso, do alto da sua liderança na sigla em que milita há muitos anos, foi o ex senador Expedito Júnior. O comentário foi feito por ele, à OPINIÃO DE PRIMEIRA, um dia depois do encontro nacional do PSDB,  em Brasília, no dia anterior. Para Expedito, os principais nomes da sigla falam a mesma linguagem, têm objetivos comuns e estão batalhando juntos pelo futuro do partido. Notícias de que estaria havendo um racha dentro do ninho dos tucanos, para Expedito, não passa de fofocas sem fundamento e de eventuais tentativas de adversários de colocar figuras de grande importância para a sigla e para a política rondoniense, uns contra os outros. Ele minimizou até a eventual saída do atual presidente da Assembleia, Laerte Gomes, outro nome importante dos tucanos para as próximas eleições. “Laerte poderá até seguir outros caminhos, mas nunca será contra o PSDB”. Para o ex senador, ele e a presidente Mariana Carvalho têm um relacionamento respeitoso e de companheiros de partido. “Não há nenhuma crise”, disse. “A não ser aquelas que inventam que existem!”, concluiu.

 

SUCESSO NA JATUARANA! DOMINGO TEM MAIS

Foi um grande evento. Para as famílias. Para as crianças. Para quem queria comprar bem, com bastante tempo para escolher as melhores ofertas, os preços mais acessíveis, as mercadorias de melhor qualidade. O primeiro Domingão da CDL deste final de ano, realizado na avenida Jatuarana, foi um grande sucesso. Durante praticamente todo o dia, milhares de pessoas circularam pela principal rua do comércio da zona sul e suas proximidades. A festa teve a participação do Sebrae, Sicoob Amazônia, Dydyo, Associação Comercial de Porto Velho e muitos outros parceiros. A presidente da CDL, Joana Joanora, dizia que só tinha a agradecer a todos pelo enorme sucesso. Nesse próximo domingo tem mais. Será na avenida José Amador dos Reis, na zona leste. Espera-se novamente grande multidão. Os Domingões da CDL encerram dia 22, na Sete de Setembro, principal centro comercial de Porto Velho.  

 

ORÇAMENTO DE 8 BI E MEIO APROVADO

O total é de 8 bilhões, 539 milhões, 766 mil reais e alguns trocados a mais. É o orçamento do Governo do Estado para o ano que vem. Será o primeiro, preparado pela equipe de Marcos Rocha, para que ele administre com as prioridades que escolher. O deste ano foi criado na gestão passada. A Assembleia Legislativa limpou a pauta ontem, incluindo a aprovação do orçamento. Os deputados só poderiam entrar no recesso depois que tal decisão tivesse sido tomada. Ou seja, agora, sessões normais, só em 18 de fevereiro do ano que vem. O parlamento, contudo, pode ser convocado para sessões extraordinárias, caso isso seja necessário para atender os interesses de Rondônia. Os mais de 8 bi e meio representam um aumento de 4,27 por cento em relação ao valor do orçamento deste ano que está terminando.  Na divisão do bolo da arrecadação, o ICMS tem fatia maior e representará 3 bi e 800 milhões. O Fundo de Participação do Estado entra com 2 bi e 500 milhões. Enfim, dinheiro para investir também vai ter. A torcida agora é que o governador rondoniense repita, em 2020, seu primeiro ano de governo com resultados bastante positivos. Agora, com o orçamento que ele mesmo projetou, as chances de fazer muito mais são, claro, bem maiores.  

 

CHEGA O 13 E UM NATAL MENOS MISERÁVEL

As famílias mais pobres do Brasil começam a receber, pela primeira vez desde que o programa foi criado, o 13º salário do Bolsa Família. A inovação, que atende os brasileiros mais carentes, surgiu no governo Bolsonaro, que não completou nenhum ano ainda. Muitos dos recursos que foram destinados a um salário extra anual aos que mais precisam do apoio do Estado, vieram de medidas drásticas tomadas contra milhares e milhares de pessoas que se beneficiavam, mesmo que, muitas delas, terem atividade remunerada, ganhavam salários altos e até por serem cônjuges de prefeitos e vereadores. Há o caso famoso de uma primeira dama que torrava o dinheiro do Bolsa Família, na compra de perfumes. Há notícias que meio milhão se servidores públicos, nos governos do PT, chegaram a receber o apoio financeiro dos cofres da Caixa, de forma totalmente ilegal.  O 13º vai chegar a um total aproximado de 13 milhões de famílias. Ao contrário das mentiras do ex presidente Lula, que afirmava que seu governo tirou 30 milhões de brasileiros da miséria, a verdade é que ela aumentou nos anos petistas. Hoje, acresça-se em 4 milhões e meio os novos miseráveis do Brasil.

 

PERGUNTINHA

Com o Hospital João Paulo II superlotado todos os dias, sem condições de atender tanta gente, não está na hora do governo Marcos Rocha anunciar o dia do começo e a data do término da obra do novo Pronto Socorro da Capital?





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Artigos


Ordem na casa + Fundo partidário + Recursos do IPTU + A conclusão da pomte
Um dos absurdos da polarização ideológica é considerar o meio ambiente como bandeira da “esquerda” e a economia como território da “direita”,.....


No 286, manhã de sorrisos
Segundona, 20 de janeiro, Dia Internacional da Paciência, 7h30, espero 20 minutos na Rua Andreia até a chegada do próximo ônibus. Lá vem ele, o 296, empoeirado,.....


MDB espera por seu candidato dos sonhos + Enrocamento da EFMM sob risco + Energisa: TJ quer ouvir governo e Ale
MDB ESPERA POR SEU CANDIDATO DOS SONHOS ENTRAR PARA O PARTIDO E DISPUTAR À PREFEITURA ...


Escolas de samba do RJ têm salários atrasados + Coquetel de lançamento da programação da BVQQ 40 anos
Vamos todos pedir a Deus, pela saúde do amigo carnavalesco, Iran Brito Mendes – O Baluarte que está internado na UTI do hospital 9 de julho ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE