Rondônia, - 13:08

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Irmão de Pablo Escobar pede US$ 30 bilhões em ação contra a Apple
Depois de lançar um celular dobrável e supostamente inquebrável, o irmão de Pablo Escobar agora quer processar a Apple em US$ 30 bilhões,..
Publicado Segunda-Feira, 9 de Dezembro de 2019, às 10:30 | Fonte TecMundo 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação/ Internet

Depois de lançar um celular dobrável e supostamente inquebrável, o irmão de Pablo Escobar agora quer processar a Apple em US$ 30 bilhões, com o objetivo de fazer a Gigante de Cupertino devolver os “lucros obtidos ilegalmente ao povo”, segundo ele afirma em entrevista ao Digital Trends.

Ao site, Roberto Escobar disse que o motivo de processar a fabricante do iPhone é o preço que a Maçã cobra pelo seu famoso smartphone. De acordo com o irmão do narcotraficante colombiano, a empresa tem condições de cobrar um valor parecido ao do Fold 1 lançado por ele — US$ 350 — em vez de explorar o consumidor.

“Eles estão enganando as pessoas e vendendo telefones descartáveis aos consumidores a preços excessivos. Meus advogados estão prontos há muito tempo, mas antes de processá-los e devolver dinheiro às pessoas que merecem, eu queria mostrar a eles que meu produto é muito melhor”, revelou o agora empresário.

A previsão é de que a ação coletiva seja aberta no dia 6 de janeiro de 2020 na Califórnia. Conforme a publicação, o co-fundador do Cartel de Medellín já teria gastado cerca de US$ 1 milhão com advogados para a abertura deste processo.

Outras ameaças de processo
O irmão de Pablo Escobar também já ameaçou processar outras empresas. Na época do lançamento da série Narcos, por exemplo, ele enviou uma carta à Netflix exigindo o pagamento de US$ 1 bilhão pelo uso indevido das marcas “Narcos” e “Cartel Wars”, alegando ser o dono delas desde 1986. Em janeiro de 2018, o ex-contador acabou desistindo da ação.

Já em julho deste ano, o seu alvo foi a The Boring Company, de Elon Musk. A alegação do colombiano é de que um engenheiro da Tesla teria roubado a ideia de um lança-chamas criado por ele durante um encontro entre ambos, em 2017, produto lançado recentemente pela companhia. Neste caso, a indenização pedida foi de US$ 100 milhões.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Marcadas para 18 de outubro presidenciais e legislativas na Bolívia
As eleições presidenciais e legislativas na Bolívia vão realizar-se em 18 de outubro, data que não pode ser adiada, anunciaram as autoridades eleitorais. ...


Governo afegão começa a libertar últimos 400 prisioneiros talibãs
O porta-voz do Conselho de Segurança afegão, Javid Faisal, precisou que um grupo de 80 detidos tinha já sido libertado na quinta-feira, o que vai “acelerar os esforços” para “um cessar-fogo duradouro e nacional” ...


Prefeitura de Tel Aviv é iluminada com cores da bandeira dos Emirados Árabes
O prédio da prefeitura de Tel Aviv foi iluminado nesta quinta-feira com as cores da bandeira dos Emirados Árabes Unidos...


'Escolhe as tuas próprias notas': as três alternativas que o governo britânico resolveu oferecer aos estudantes de liceu nos seus exames
A opção alcunhada 'pick your own grades' está a ser criticada por muitos professores e não parece ser suficiente para corrigir as injustiças estruturais do sistema ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE