Rondônia, - 06:27

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Irmão de Pablo Escobar pede US$ 30 bilhões em ação contra a Apple
Depois de lançar um celular dobrável e supostamente inquebrável, o irmão de Pablo Escobar agora quer processar a Apple em US$ 30 bilhões,..
Publicado Segunda-Feira, 9 de Dezembro de 2019, às 10:30 | Fonte TecMundo 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação/ Internet

Depois de lançar um celular dobrável e supostamente inquebrável, o irmão de Pablo Escobar agora quer processar a Apple em US$ 30 bilhões, com o objetivo de fazer a Gigante de Cupertino devolver os “lucros obtidos ilegalmente ao povo”, segundo ele afirma em entrevista ao Digital Trends.

Ao site, Roberto Escobar disse que o motivo de processar a fabricante do iPhone é o preço que a Maçã cobra pelo seu famoso smartphone. De acordo com o irmão do narcotraficante colombiano, a empresa tem condições de cobrar um valor parecido ao do Fold 1 lançado por ele — US$ 350 — em vez de explorar o consumidor.

“Eles estão enganando as pessoas e vendendo telefones descartáveis aos consumidores a preços excessivos. Meus advogados estão prontos há muito tempo, mas antes de processá-los e devolver dinheiro às pessoas que merecem, eu queria mostrar a eles que meu produto é muito melhor”, revelou o agora empresário.

A previsão é de que a ação coletiva seja aberta no dia 6 de janeiro de 2020 na Califórnia. Conforme a publicação, o co-fundador do Cartel de Medellín já teria gastado cerca de US$ 1 milhão com advogados para a abertura deste processo.

Outras ameaças de processo
O irmão de Pablo Escobar também já ameaçou processar outras empresas. Na época do lançamento da série Narcos, por exemplo, ele enviou uma carta à Netflix exigindo o pagamento de US$ 1 bilhão pelo uso indevido das marcas “Narcos” e “Cartel Wars”, alegando ser o dono delas desde 1986. Em janeiro de 2018, o ex-contador acabou desistindo da ação.

Já em julho deste ano, o seu alvo foi a The Boring Company, de Elon Musk. A alegação do colombiano é de que um engenheiro da Tesla teria roubado a ideia de um lança-chamas criado por ele durante um encontro entre ambos, em 2017, produto lançado recentemente pela companhia. Neste caso, a indenização pedida foi de US$ 100 milhões.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Número de infectados por Coronavírus pode ser maior, aponta relatório
O Colégio Imperial de Londres divulgou relatório em que contesta as autoridades de saúde na cidade chinesa de Wuhan...


Processo de impeachment chegou ao Senado mas antes disso houve todo um ritual. Hear ye, hear ye, hear ye
Nenhum dos episódios que antecederam a entrega no Senado das duas acusações contra o Presidente Trump é novidade, mas também não é todos os dias que um......


Evo admite que não deveria ter buscado 4º mandato e partido anuncia candidato
O ex-presidente boliviano Evo Morales admitiu em entrevista à versão digital do jornal alemão Zeit que foi ''um erro'' voltar a se candidatar à presidência...


Baleares declaram guerra ao turismo de excessos
O Governo Regional das ilhas espanholas Baleares declarou guerra ao álcool aprovando um decreto pioneiro na Europa que proíbe o ''turismo de excessos'',.....

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE