Rondônia, - 16:35

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Notícias da Amazônia
Delegado acusado de matar advogado em casa noturna é interrogado em terceiro dia de julgamento em Manaus
Crime ocorreu em 2017
Publicado Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, às 11:48 | Fonte G1 AM 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Foto: Daniela Branches/Rede Amazônica

Delegado acusado de matar advogado em casa noturna é interrogado em terceiro dia de julgamento em Manaus

O delegado Gustavo de Castro Sotero, acusado de cometer homicídio triplamente qualificado do advogado Wilson Justo Filho, em 25 de novembro de 2017, nas dependências de uma casa noturna na Zona Oeste de Manaus, foi interrogado pela Justiça do Amazonas, nesta sexta-feira (29), terceiro dia de julgamento do caso.

O júri estava marcado inicialmente para o mês de outubro, mas foi adiado após a Justiça identificar um equívoco em relação à seleção dos jurados. A expectativa do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM) é que o julgamento seja concluído em três dias.

Sotero também responde pela tentativa de homicídio contra Fabíola Rodrigues Pinto de Oliveira (esposa de Wilson), Maurício Carvalho Rocha e Yuri José Paiva Dácio de Souza, que foram atingidos por disparos durante a confusão no estabelecimento.


Além do réu e seus advogados, 14 testemunhas (entre defesa e acusação) três vítimas; promotoria e os advogados que atuarão como assistentes de acusação; jurados e servidores do Judiciário participarão diretamente da sessão de julgamento.

Roteiro
No júri, durante o período destinado ao debate, será disponibilizado o tempo de 1 hora e 30 minutos para a acusação e o mesmo tempo para a defesa. Em caso de réplica e de tréplica, o magistrado presidente da sessão concederá mais 1 hora para acusação e defesa.

No dia 27 de novembro, às 9h, foi realizada a abertura da sessão com o sorteio dos jurados e na sequência: oitiva das vítimas, das testemunhas de acusação e das que forem em comum com as de defesa.

No dia 28, a partir das 9h, ocorreu as oitivas das testemunhas de defesa, dos assistentes técnicos da acusação e da defesa.

No dia 29, ficou destinado para o interrogatório do acusado, os debates, a quesitação e prolatação da sentença.





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Aplicativo permite denúncias de crimes ambientais na Amazônia
Pelo Guardiões da Amazônia pode ser registrado local exato de queimada...


Banda Cabaré do Brega realiza segunda live show nesta sexta-feira, 10
Na primeira live do grupo, realizada em abril, grupo alcançou mais de 220 mil visualizações...


Hospital do Tapajós em Itaituba, no Pará, é inaugurado com capacidade reduzida e somente para Covid-19
A entrega do Hospital Regional do Tapajós (HRT) foi marcada por protestos nesta quinta (9)...


Coronavírus chega a Terra Yanomami e infecta 80 indígenas: 'garimpeiros levaram', diz chefe de conselho de Saúde em Roraima
Infectados estão espalhados entre as comunidades Waika, Maturaca, Inambu e Missão Catrimani. Situação preocupa Conselho Distrital de Saúde Indígena ...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE