Rondônia, - 07:00

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Macron quer NATO mais ativa contra o terrorismo
Depois das observações controversas sobre a NATO, o Presidente francês, Emmanuel Macron, ao lado do secretário-geral da aliança militar,..
Publicado Sexta-Feira, 29 de Novembro de 2019, às 11:02 | Fonte Euro News 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação/ Internet

Depois das observações controversas sobre a NATO, o Presidente francês, Emmanuel Macron, ao lado do secretário-geral da aliança militar, Jens Stoltenberg, assumiu o que tinha dito sobre o estado de "morte cerebral" da NATO e pediu à organização que se concentre em questões estratégicas, em particular na luta contra o terrorismo.

"Uma verdadeira aliança é sobre ações, decisões, não palavras. Portanto, espero que tenhamos uma verdadeira discussão entre aliados sobre o nosso compromisso concreto com a luta contra o terrorismo no Sahel e no Médio Oriente, onde a intervenção militar liderada pela Turquia há algumas semanas levantou questões que também devem ser encaradas frontalmente," afirmou o Presidente francês, Emmanuel Macron.


Macron considera que as duas últimas cimeiras da NATO, foram "dedicadas apenas a como reduzir o custo financeiro" e não foram "resolvidas" questões estratégicas sobre "paz na Europa, o relacionamento com a Rússia, o tema da Turquia" ou "quem é o inimigo?" da NATO.

Stoltenberg respondeu que, em tempos de incerteza, instituições multilaterais fortes, como a NATO, foram essenciais.

"A união europeia não pode defender a Europa, a unidade europeia não pode substituir a unidade transatlântica. Uma NATO forte e uma União Europeia forte são dois lados de uma mesma moeda, ambas são indispensáveis para a liberdade e prosperidade contínuas da Europa," declarou o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg.

Os dois homens afirmaram a vontade de "garantir o sucesso" da cimeira dos líderes dos 29 países membros da Aliança Atlântica, na terça e quarta-feira, em Londres.

SPONSORED CONTENT
Angola, país de empreendedoras
Em Angola, mais de 40% das mulheres são empreendedoras. O Business Angola foi conhecer histórias de empreendedorismo no feminino que está a ditar o desenvolvimento do país.
in partnership with Infotur
 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


75 anos da libertação de Auschwitz: Ser indiferente é ser cúmplice
Jerusalém acolheu o maior encontro diplomático e político desde a cria­ção do Estado judaico, em 1948. No “Yad Vashem — Memorial do Holocausto”, juntaram-se 49......


Trump diz-se honrado por ser o primeiro presidente dos EUA em marcha antiaborto
''As crianças por nascer nunca tiveram um defensor tão acérrimo na Casa Branca'', afirmou Donald Trump na concentração anual antiaborto, onde criticou os democratas...


Vírus: Austrália e Malásia anunciam primeiro caso de coronavírus
A Austrália e a Malásia anunciaram este sábado que detetaram os primeiros casos de uma pessoaa infetadaa com o novo coronavírus Chinês em cada um dos países...


Jeanine Áñez anuncia que será candidata nas eleições da Bolívia
A senadora Jeanine Áñez, que preside a Bolívia interinamente desde a renúncia de Evo Morales, anunciou nesta sexta-feira, 24,.....

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE