Rondônia, - 02:47

 

Você está no caderno - Artigos
Artigos
Gilberto da Rima conta seu drama e o de sua empresa + Bolívia tem mulher daTV na presidência + Procurador geral pede exoneração
UMA HISTÓRIA TRISTE, RECHEADA DE INJUSTIÇAS. DONO DA RIMA CONTA SEU DRAMA E O DE SUA EMPRESA
Publicado Quinta-Feira, 14 de Novembro de 2019, às 11:52 | Fonte Sergio Pires 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Divulgação/ Internet

É uma verdadeira novela, onde o vilão não é o suspeito, o preso, o acusado. Ele é sim, caso tudo o que se registrou seja verdadeiro, a maior vítima, pela injustiça que sofreu. O empresário Gilberto Scheffer, comandante da Rima Taxi Aéreo, a pedido da coluna, fez um depoimento sobre o caso. E o fez  recheado de tristeza e emoção, resumindo tudo o que está passando há longo tempo, sem que, até agora, haja qualquer prova de que ele ou sua organização tenham cometido qualquer crime. Ele resume: “desde o mês de março deste ano, venho sendo vítima de várias ações arbitrárias e ilegais cometidas pelas autoridades policiais da Draco. Primeiramente representaram pela minha prisão e fui injustamente preso, somente sendo solto após impetração de Habeas Corpus, no Tribunal de Justiça de Rondônia, que reconheceu a ilegalidade da minha prisão. Isso acabou resultando na morte do meu filho do coração, o Comandante Júnior , que era meu enteado. Tínhamos uma ligação muito forte por ele ter escolhido seguir meus passos ser piloto como eu e seria meu sucessor natural. Júnior jamais aceitou o fato da minha prisão, sem a autoridade policial nunca ter solicitado um documento da empresa ou nos intimados, para esclarecer alguma dúvida. Isso o deixou muito magoado e triste, ao me ver sendo exibido na imprensa como um criminoso, o que resultou na tragédia ocorrida 25 dias após minha prisão, quando ele faleceu. Gilberto destaca ainda que, “sobre esse inquérito, o primeiro aberto contra mim, até hoje ele não foi concluído, o que demostra que ele não tem nenhuma prova contra mim ou minha empresa”.

O empresário Gilberto Scheffer continua e desabafa: “desde lá eu e minha empresa temos sofrido verdadeira devassa. Já sofri duas buscas e apreensões de nova investigação, que estamos combatendo na Justiça, por terem sido realizadas de forma a violar a lei. Minha empresa, RIMA, já foi inclusive paralisada e, graças a Deus, novamente a Justiça, em quem sempre acreditei e acredito,  me socorreu para que voltasse às suas atividades”. Ele desabafa: “Se não fossem pelas decisões da Justiça, eu estaria com a empresa fechada e teria paralisado minhas atividades em Rondônia”. Ele fala um pouco sobre a empresa: “Hoje a RIMA, com 18 anos aqui no Estado,  gera em torno de 50 empregos diretos, todos mão de obra especializada, engenheiros, mecânicos de manutenção de aeronaves , pilotos , copiloto , diretor de operações, diretor de Segurança operacional, médicos, enfermeiros entre outros da parte administrativa, uma equipe altamente especializada e comprometida. Realizamos transporte aero médico e já salvamos  incontáveis vidas, contribuindo para a saúde dos rondonienses. Acrescentou: “há sete anos atrás,  fizemos investimento pesado no setor de transporte aeromédico , aguardando dois anos para ter autorização da ANAC , ANVISA , CRM e COREM, para operar de maneira que estamos há cinco anos com transporte de Aero médico”. 

“MAIS UMA VEZ A JUSTIÇA NOS SOCORRERÁ”!

Há várias outras informações sobre o assunto, que ainda merecerão análise mais profunda, em relação ao que está acontecendo pessoalmente contra o dono da Rima e contra o seu funcionamento. Ao menos até agora, não houve qualquer comprovação de ilegalidades. Todos os voos cobrados foram realizados. Não houve superfaturamento, até porque os preços da  Rima estão abaixo dos do mercado, relata o empresário. Ele concluiu: “No último ano passamos por auditoria internacional da IATA – a Associação Internacional das Empresas de Transporte Aéreo - que nos concedeu selo de segurança operacional, ISSA- IATA  -Stander Safety Assessment, além de auditorias periódicas da ANAC autoridade de aviação civil Brasileira .”Nunca cometemos qualquer crime e isso será comprovado no Judiciário. O que lamentamos, contudo, é essa perseguição que sofremos, sem termos culpa. Não sei o que tem levando a essa injustificada perseguição contra mim ou contra a RIMA, mas estamos combatendo essas ilegalidades e confiamos na justiça, que certamente mais uma vez me socorrerá.

MUDANÇAS DE PARTIDOS SE AMPLIAM

As coisas estão mudando rapidamente, em relação à troca de partido de algumas das principais lideranças políticas do Estado. No PSDB, é certo que entre as possibilidades de saída da sigla, estão nomes como Laerte Gomes, num primeiro momento e Expedito Júnior, mais à frente. Não se sabe ainda a posição do prefeito Hildon Chaves, cujo nome tem sido citado na boataria que corre sobre o troca-troca de siglas, nos bastidores da nossa política. Hildon retorna de uma longa viagem à Coreia do Sul, nessa semana, é só então pode se pronunciar sobre o assunto. Não há ainda, na verdade, nenhuma confirmação oficial, mas a tendência é que no PSDB permaneça, coeso,  o grupo liderado pela presidente regional, a deputada federal Mariana Carvalho. O grupo tucano anda se dividindo há bastante tempo. A ala marianista andava em confronto, senão público, ao menos velado, com o grupo expeditístico. Não houve briga, nem troca de farpas, nem golpes baixos. A verdade é que o ninho tucano ficou pequeno demais para tantas lideranças. Por isso, o partido começa a se mexer. O PR, presidido pelo ex deputado federal Luiz Cláudio, hoje secretário municipal de Agricultura de Porto Velho, poderá ser uma das siglas a receber muitos dos nomes que estão trocando de lugar....

 

BOLÍVIA TEM MULHER DA TV NA PRESIDÊNCIA

 

Autonomeada, já que não havia quórum no Congresso, a senadora Janine Añez assumiu interinamente a Presidência da Bolívia. Segunda vice presidente do Senado, a representante da região de Beni, na fronteira com Guajará Mirim, praticamente nunca teve voz ativa na política nacional, até porque a oposição sempre foi sufocada pela militância do agora exilado ex Presidente Evo Morales. Como o presidente do Senado e o primeiro vice, aliados a Morales, também  renunciaram, temendo até por suas vidas e de seus familiares, tal a violência que estavam prestes a sofrer, a Presidência, seguindo os trâmites constitucionais, caiu no colo de Dona Jeanine. Aos 52 anos, ex apresentadora de TV numa pequena emissora da sua região,  ela é considerada uma mulher muito bonita. Inundam a internet, desde o anúncio sobre a nova Presidente, fotos suas de alguns anos atrás, em que mostram toda a sua beleza á época. Interina no cargo, ela prometeu colocar de volta a Bíblia no gabinete presidencial, retirada nos tempos do comunista Evo Morales e, ainda, convocar eleições gerais para, no máximo, 90 dias.

 

NOVO PARTIDO DE BOLSONARO EM RONDÔNIA

E o novo partido de Bolsonaro? O que está definido é que os principais nomes do PSL de Rondônia, fiquem ou não no partido, continuarão apoiando irrestritamente o governo federal. O governador Marcos Rocha, presidente regional da sigla, ainda não se pronunciou sobre o assunto. Perguntado sobre o que pretende fazer, Rocha ainda não respondeu. O que é claro que sua proximidade com Bolsonaro é cada vez maior. O vice governador Zé Jodan também não falou publicamente sobre o assunto. O deputado federal Coronel Chrisóstomo  já. Ele divulgou nas redes sociais que foi convidado pelo próprio Presidente, para comandar o novo partido, o Aliança pelo Brasil, aqui em Rondônia.  O terceiro candidato mais votado para o Senado, em Rondônia, o empresário Jaime Bagatolli, também vai correndo para o novo partido bolsonarista. Já o deputado estadual Eyder Brasil diz que permanece no PSL até que o quadro se esclareça. Quando abrir uma janela legal, que não ponha seu mandato em risco, ele muda para o Aliança. Até lá, fica onde está. A única decisão tomada é que, esteja onde estiver, Eyder estará junto com Bolsonaro.

ROCHA COM PRESIDENTE E SEIS MINISTROS

Falando no Governador, ele teve uma terça-feira que será inesquecível para sua vida pública recém iniciada. Num só dia, ele foi convidado pelo Presidente Jair Bolsonaro para participar de um evento importante, o lançamento do Projeto Previne Brasil e, ainda, da manhã à noite, reuniu-se com nada menos do que seis ministros, tratando de interesses do Estado. Acompanhado do secretário da saúde, Fernando Máximo, Rocha esteve com o ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta, tratando de investimentos no Hospital Infantil Cosme e Damião, entre outros assuntos. Do encontro, participaram ainda representantes da bancada federal (os deputados Lúcio Mosquini, Sílvia Cristina, Mariana Carvalho, Jaqueline Cassol, Mauro Nazif e o senador Acir Gurgaczs), além do prefeito de  Vilhena, Eduardo Japonês. Nas redes sociais, o Governador destacou  o convite de Bolsonaro. “Em solenidade, acompanhamos todas as autoridades da esplanada no lançamento do programa Previne Brasil. O programa tem um potencial de mudar para sempre a Saúde Pública do nosso país. Agradeço as honrarias dadas pelo Presidente e Ministro. “Em solenidade, acompanhamos todas as autoridades da esplanada no lançamento do programa Previne Brasil. O programa tem um potencial de mudar para sempre a Saúde Pública do nosso país. Agradeço as honrarias dadas pelo Presidente e Ministro”, registrou.

SEIS MINISTROS NA PAUTA

Outras reuniões importantes foram destacadas por Rocha: “conversei com o General Heleno referente às questões governamentais em auxílio do estado de Rondônia. Em conjunto com o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles e a Ministra da Agricultura, Teresa Cristina, tratamos de projetos da integração internacional, para benefício de Rondônia e da região amazônica, além das necessidades de desburocratizações em todo o Estado”.  O Governador ainda destacou que “na Casa Civil, com o Ministro Onyx Lorenzoni, tratamos da liberalização de vários recursos para a Infraestrutura e Saúde do Estado. Por fim, com o Ministro da Economia, Paulo Guedes, falamos de assuntos relacionados à Saída para o Pacífico, acordos internacionais e soluções para as questões energéticas que Rondônia está enfrentando”. Na reunião com Guedes, Rocha estava acompanhado do secretário da Sefin,  Luiz Fernando da Silva. Ou seja, vem boas notícias por aí...

 

PROCURADOR GERAL PEDE EXONERAÇÃO

 

Mudança no primeiro escalão do governo  municipal de Porto Velho. O Procurador Geral do município, José Luiz Storer Júnior, encaminhou ao prefeito Hildon Chaves, com data da última terça-feira,  pedido de exoneração do cargo. Seu adjunto, o Dr. Salatiel também teria seguido o mesmo caminho. No pedido de demissão que encaminhou ao Prefeito,  Storer Júnior escreveu que “tendo em vista que o cargo que exerço se trata de função de confiança do Senhor Prefeito e que, tendo ele perdido a confiança nesse subscritor”, estava sendo enviando o pedido “em caráter irrevogável”. Não se tem mais detalhes sobre os motivos que levaram o Procurador Geral a deixar o posto. O que se sabe é a última conversa, via telefone, já que Chaves está viajando, entre os dois, não teria sido muito amistosa. O Prefeito retorna à Capital no meio da semana que vem e somente depois disso deve anunciar o nome do substituto. Não há indícios de que possa ocorrer novas mudanças nos postos chaves (com o perdão do trocadilho!), na administração estadual...

 

 

PERGUNTINHA

 

Como você caracteriza trecho do discurso do ex Presidente Lula, recém solto da prisão, em que ele convoca seus apoiadores a lutarem “como fizeram as populações do Chile e da Bolívia”, dois países vivendo momentos de extrema violência?





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Artigos


Weintraub, um ministro que desmente a esquerda e enquadra universidades que têm plantação de maconha + Bom dia, covarde e canalha
WEINTRAUB, UM MINISTRO QUE DESMENTE A ESQUERDA E ENQUADRA UNIVERSIDADES QUE TÊM PLANTAÇÃO DE MACONHA ...


Abuso de autoridade + DNIT perde coordenador de Engenharia para o TCE + Juiz de Garantias
Recém empossado no cargo de coordenador substituto de Engenharia do DNIT Rondônia, o engenheiro André Italiano de Albuquerque foi......


Operação da PF na ALE seria a prisão do ex presidente Carlão de Oliveira + Nazif: ataques á Aneel e Energisa + Para Mosquini, foi uma vitória
OPERAÇÃO QUE CHEGOU À ASSEMBLEIA TERIA COMO META PRINCIPAL A PRISÃO DO EX PRESIDENTE CARLÃO DE OLIVEIRA ...


Edgley Acústico e as homenagens da ACRM + Parque Circuito recebe programação gratuita de Natal
A Superintendência Estadual de Turismo – SETUR em parceria com o SEBRAE realiza, na tarde desta quarta feira 11,.....

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE