Rondônia, - 03:02

 

Você está no caderno - INTERNACIONAL
Internacional
Governo Trump divulga novas regras para restringir imigração ilegal
O governo de Donald Trump divulgou normas rigorosas que tornarão a concessão de cidadania norte-americana ou status legal de residência permanente muito mais difícil...
Publicado Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, às 17:41 | Fonte Agëncia Brasil 0
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Ap Photo/Sputnik/Greg Allen

O governo de Donald Trump divulgou normas rigorosas que tornarão a concessão de cidadania norte-americana ou status legal de residência permanente muito mais difícil para imigrantes ilegais que entram nos Estados Unidos (EUA).

O diretor interino da Agência de Serviços de Imigração e Cidadania dos EUA, Ken Cuccinelli, anunciou as novas regras nessa segunda-feira (12), em entrevista na Casa Branca.

De acordo com o novo regulamento, os pedidos levarão em conta a capacidade de satisfazer condições mínimas de renda ou educação, a necessidade de serviços de bem-estar social, como assistência médica ou de alimentação.

As normas entrarão em vigor no dia 15 de outubro.

Analistas consideram que Trump está implementando as medidas mais duras contra imigrantes ilegais como forma de conquistar o apoio de eleitores para a próxima eleição presidencial.

Oposicionistas do Partido Democrata estão criticando Donald Trump, afirmando que políticas discriminatórias incentivam crimes de ódio que têm como alvo imigrantes.

*Emissora pública de televisão do Japão

Edição: -
 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em INTERNACIONAL


Poluição extrema obriga a encerrar escolas no Paquistão
Uma enorme nuvem de poluição paira sobre a cidade de Lahore, capital da província de Punjab, obrigando as autoridades a restringirem também a circulação de veículos particulares nas ruas do centro ...


PM maltês vai continuar no cargo até investigação sobre morte de jornalista estar concluída
Garantia do primeiro-ministro maltês surge três dias depois de ter admitido que também poderia demitir-se caso se apurasse algum tipo de relação entre si e o assassínio do jornalista Daphne Caruana Galizia, em 2017 ...


Senador paraguaio é cassado após pedir morte de brasileiros
O Senado paraguaio cassou nesta quinta-feira, 28, o mandato do senador Paraguayo Cubas, acusado de incitação ao crime,.....


Johnson pede a Trump que não se envolva em eleição britânica
O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, disse nesta sexta-feira que seria melhor que o presidente dos EUA, Donald Trump, não se envolvesse na......

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE