Rondônia, - 13:57

 

Você está no caderno - Artigos
“Chegou a Banda, a Banda a Banda…
“Chegou a Banda, a Banda a Banda… A Banda do Vai Quem Quer”
Prometo que nesta coluna, não escrevei nada sobre o show “Tributo ao Menestrel” que a Funcultural vai realizar amanhã sábado, em..
Publicado Sexta-Feira, 7 de Dezembro de 2018, às 11:56 | Fonte Silvio Santos - Zé Katraka 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=357919&codDep=33" data-text="“Chegou a Banda, a Banda a Banda… A Banda do Vai Quem Quer”
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

 

Prometo que nesta coluna, não escrevei nada sobre o show “Tributo ao Menestrel” que a Funcultural vai realizar amanhã sábado, em minha homenagem.

*********

Até porque, desde ontem, estou me aproveitando da liberdade que a empresa me permite,  usando a página (não só a coluna) toda, com material de divulgação do “Tributo ao Menestrel”. Por isso acho desnecessário eu utilizar mais esta coluna, para auto me promover, divulgando o show “Tributo ao Menestrel”.

********

Apesar de que, é preciso dizer, que o ensaio de quarta feira, foi o bicho. Começou com as Pastoras do Asfaltão dando um show de interpretação para a música Porto, Velho Porto. Rapaz, o arranjo ficou nota MIL.  O diretor da participação das Pastoras, é nada mais nada menos, que o Waldison Pinheiro, no show “Tributo ao Menestrel”.

********

Júnior de Castro Alves o mago dos teclados em se falando de arranjo para toada de Boi Bumbá chegou e então o Thiago Paiva ensaiou as toadas que ele vai interpretar amanhã durante o show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Catatau um dos melhores bateristas de Porto Velho, de Rondônia, da Amazônia e do Brasil fez as bossas devidas, enquanto Silvinho fez os acordes e o Louro meteu os dedos nas cordas do cavaquinho, para o BADO começar a ensaiar a música Seu Engraxate que ele vai cantar amanhã, no show “Tributo ao Menestrel”.

**********

Aproveitando a presença do Júnior Castro Alves, Silvinho começou o solo da toada “Cultura Popular” de minha autoria e o negócio virou xaxado, ritmo que será apresentado amanhã, no show “Tributo ao Menestrel”

**********

 

Nessas alturas, até  o segurança que faz a ronda de moto, na quadra onde mora o Silvinho no 4 de Janeiro ficou parado, extasiado com os arranjos que os músicos da Banda Base estavam ensaiando para  apresentar no show “Tributo ao Menestrel”.

 

*********

Minha netinha Maria Vitória e seu irmão João Vitor filhos do Silvinho com a Dani, não paravam dançando, ao som da toada “Porto Velho Cidade Centenária” que o Thiago começou a cantar com aquele vozeirão que poderá ser  curtido amanhã, durante o show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Etmilson Macedo do contra baixo, que apesar do sobrenome, parece que não é nosso parente, (vamos ver o DNA), fez uns acodes diferentes para o Chorinho “Coisas de Boêmio” e todo mundo parou, para elogiar a criação que ele garantiu, que vai tocar amanhã no show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Eu te darei um cravo, só pra não dizer que não falei das flores. A coisa anda feia pro lado poético, não dar para escrever, falando só de amores. A lua quando sai, clareia a violência e na mesa de um bar, o papo que rola é pura hipocrisia, coisa que boêmio nunca soube explicar… O resto da letra você vai conhecer amanhã, durante o show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Lembrei que entre tantas composições, as que me levaram a ser conhecido no mundo musical, os sambas enredos, têm lugar cativo e com certeza, terão amanhã, durante o show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Nessa hora como não estavam nem o Banana Split, nem o Bainha tive que cantar sozinho. Na realidade, o ensaio dos sambas enredos foi marcado para ontem quinta feira. Essa turma que citei, está confirmada amanhã, no show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Mesmo assim, o percussionista Branco Moraes com o Catatau e a participação especial do Thiago Paiva, Louro no Cavaco, Etmilson no baixo e o Silvinho ao violão, com o aval do Alkbal no teclado, deram a nota e comecei a cantar os sambas enredos que serão apresentados amanhã, no show “Tributo ao Menestrel”.

*********

Estava chegando o final do ensaio e os percussionistas atacaram o ritmo do frevo e da marchinha, Chegou a Banda, a Banda a Banda… A Banda do Vai Quem Quer”. Música que vai ser tocada amanhã,  no final do show “Tributo ao Menestrel”.

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Artigos


A crise na Venezuela
A desertificação avança A intenção do reality show é levar o olhar do espectador ao que acontece em determinado local. Sem destoar.....


Tributação pelo Lucro Presumido
Atualmente, não é nada fácil para o empresário escolher o regime de tributação que seja mais adequado para seu negócio, de forma que possa diminuir a carga tributária e, ao mesmo tempo, obedeça a todos os critérios...


Administração pública – condomínio de um pequeno grupo político
Esse negócio de introduzir sangue novo na administração pública é conversa fiada para boi dormir, argumento falso, usado por dirigentes incompetentes...


A importância do SIMPLES Nacional
Segundo a análise de Luís Artur Nogueira, especialista em cenários políticos e econômicos, o maior equívoco dessa tese é encarar esse regime tributário especial simplificado apenas sob a ótica do pagamento de tributos. ...

 
 
 

 

Ads Emro Noticias 1



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE