Rondônia, - 01:12

 

Você está no caderno - Notícias da Amazônia
Abrace os Rios da Amazônia
Campanha ‘Abrace os Rios da Amazônia’ quer melhorar o saneamento no rio Tucunduba
Objetivo é arrecadar doações para realização da “Expedição Tucunduba” em Belém. Organização promove ações para que a população reconheça o Tucunduba como rio e pare de poluir.
Publicado Terça-Feira, 30 de Outubro de 2018, às 15:14 | Fonte Amazonia.org.br 0
http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=355993&codDep=38" data-text="Campanha ‘Abrace os Rios da Amazônia’ quer melhorar o saneamento no rio Tucunduba
  
  WhatsApp - (69) 9 9967-8787
 

Canal do Tucunduba não é reconhecido como rio pela população de Belém. — Foto: Ivan Duarte/ O Liberal

 

A Organização Social Ame o Tucunduba (AME) promove até o dia 27 de novembro a campanha ‘Abrace os Rios da Amazônia’, que tem o objetivo de arrecadar doações para realização de quatro edições da “Expedição Tucunduba”, em Belém. Essa é a segunda edição da campanha, que em 2017 arrecadou R$ 1,2 milhão e mobilizou mais de 4 mil doadores.

A bacia hidrográfica do Tucunduba se encontra em área periférica e apresenta os piores indicadores de planejamento urbano do município. Saneamento, fornecimento de água, coleta e tratamento de lixo quase não existem no local. Além disso, o Tucunduba muitas vezes não é reconhecido como um rio e por isso não é tratado de maneira mais consciente.

Diante desse cenário, a Ame o Tucunduba quer investir nos jovens para resolução desses problemas. Em 2018 a Organização foi convidada a participar da Campanha Abrace o Brasil, com a Campanha Abrace os Rios da Amazônia.

A meta é arrecadar R$ 8 mil em doações. Com o valor, será possível realizar quatro edições da Expedição Tucunduba em 2019, estimando o envolvimento de 100 jovens, e contribuir para a regulamentação da AME para potencializar o seu impacto social e colaborar no seu desenvolvimento institucional.

A Expedição Tucunduba promove o reconhecimento e a reaproximação com o curso d’água, através de oficinas práticas-teóricas e visita técnica da nascente à foz do rio. Desenvolvido desde abril de 2017, já foram realizadas seis edições, sendo ofertadas 48 horas de atividades, e envolvendo 170 pessoas.

Ame o Tucunduba

Criada em 2016, a Ame o Tucunduba acredita no potencial da juventude para transformar a realidade dos rios urbanos da Amazônia. Atualmente é uma organização formada por 8 integrantes de diversas áreas de conhecimento: oceanografia, engenharia sanitária, geologia, comunicação e arquitetura e urbanismo. A organização tem como missão realizar práticas educativas, direcionadas à juventude, para fomentar a gestão participativa na Bacia Hidrográfica do Tucunduba.

Atualmente atua com três projetos: Faça Você Mesmo, que mobiliza pessoas a serem protagonistas do desenvolvimento da sua comunidade, a partir de ações de revitalização e ativação de espaços ociosos nas margens do rio; Fala Tucunduba, um projeto de mobilização, educação e capacitação para participação social na gestão de recursos hídricos da bacia do Tucunduna; e a Expedição Tucunduba.

Mais informações sobre como ajudar a campanha na página da Ame o Tucunduba nas redes sociais ou no site.

Fonte: G1

 





Curta nossa página no Facebook ou deixe seu comentário



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

 
 
Veja também em Notícias da Amazônia


Senado debate sobre ações de autarquias federais na Amazônia
Presidida pelo senador Izalci Lucas (PSDB-DF), a audiência contou com a participação do superintendente da SUFRAMA, Alfredo Menezes, do titular da Sudam......


Assembleia Legislativa discute políticas públicas aos povos indígenas
Municipalização da saúde, demarcação e proteção dos territórios, reforço na educação, e fomento à produção agrícola em discussão....


Afinal, qual é o tamanho real da Amazônia?
A Amazônia se estica Afinal, qual é o tamanho real da Amazônia? Quem tem direito a pensar e opinar sobre ela, as formas uso, as regras.....


Mulheres Indígenas da Tradição ganham perfis em livro divulgado no Dia Internacional da Mulher
O livro, escrito pelas mulheres indígenas, é uma parceira do Centro de Cultura Luiz Freire, Cimi Regional Nordeste e Movimento de Mulheres Indígenas de PE...

 
 
 

 



 
 
 
 
EMRONDONIA.COM
FALE CONOSCO  |  ANUNCIE  |  EQUIPE  |  MIDIA KIT   |  POLÍTICA DE PRIVACIDADE